Denúncias nas categorias de base do São Paulo ficam sem investigação

A oposição do São Paulo não conseguiu aprovar um pedido para que o Conselho Deliberativo investigasse denúncias sobre supostas irregularidades nas categorias de base do clube. O requerimento nem chegou a ser votado na reunião do órgão no último sábado.

Tércio Molica, autor da manifestação, retirou o pedido após pronunciamento de José Carlos Ferreira Alves, presidente do Conselho. Alves explicou que dois funcionários supostamente envolvidos em suspeitas levantadas pelo site Tricolornaweb entraram com uma ação contra o responsável pela página. Assim, o presidente do Conselho sugeriu que o pedido de investigação só fosse apreciado após o resultado do processo na Justiça.

“Depois de ouvir isso, decidi retirar o pedido. Se eles votam por esperar o resultado dessa briga judicial, ficaríamos anos sem poder mexer nesse assunto. Diriam sempre que o caso está atrelado ao processo. Vou pensar o que fazer”, disse Molica ao blog.

Como mostrou reportagem de Renan Prates no Uol Esporte, de acordo com a denúncia, atos ilícitos estariam minando o trabalho de René Simões, responsável pelas categorias de base do clube. A diretoria nega irregularidades. E a oposição crê numa manobra para travar as investigações.

Para o bem do clube, o conselho deveria abrir as portas do CT de Cotia para as investigações, sem entraves burocráticos. Afinal, transparência não é imoral e não engorda.

Fonte: Blog do Perrone

 

Nota do PP: nos próximos dias farei um editorial com o posicionamento do Tricolor na Web sobre o assunto. Mas de antemão digo:

1) Não retiro absolutamente nada do que foi publicado;

2) Não recebi, até agora, qualquer comunicação de processo;

3) Se vier, será muito benvindo;

4) Agradeço o apoio do Perrone no final de seu texto: “Para o bem do clube, o conselho deveria abrir as portas do CT de Cotia para as investigações, sem entraves burocráticos. Afinal, transparência não é imoral e não engorda.”

5) Mais uma vez estranho a atitude do nobre Conselho do São Paulo, que optou por não “investigar”, mas deixar por conta da Justiça. Será que investigarão depois???

Um comentário em “Denúncias nas categorias de base do São Paulo ficam sem investigação

  1. Caro Paulo Pontes, acompanho você desde os tempos da Bandeirantes e seu o quão íntegro você é. Não se misture a essa corja que administra o nosso tão amado São Paulo Futebol Clube. Sou do tempo em que para ser presidente do São Paulo o cidadão tinha que ter conduta ilibada e que a roupa suja era lavada em casa. Mas tenho certeza que você terá como desmascarar toda essa situação. Grande abraço e meus respeitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*