Cuca pode mudar o São Paulo para o segundo jogo da semifinal

Cuca tem em mente algumas mudanças no time do São Paulo para o duelo contra o Palmeiras, no domingo, às 16h, na arena do rival, pela partida de volta da semifinal do Campeonato Paulista.

O jogo marca a estreia do técnico no retorno dele ao Tricolor – Cuca comandou o São Paulo pela primeira vez em 2004, quando chegou à semifinal da Libertadores da América.

A primeira alteração que deve ser feita é a entrada de Everton na vaga de Everton Felipe. Essa troca é muito mais tática do que técnica, já que Cuca gosta de pontas com mais velocidade.

Muito embora Everton Felipe esteja em evolução (foi titular nos dois jogos das quartas de final e no primeiro duelo da semifinal), Everton agrada mais a Cuca e é mais experiente, o que pode pesar.

Outra opção para a vaga do meia-atacante é Nenê, que entrou no segundo tempo no jogo de ida. Nesse caso, a forma com que o São Paulo atua seria totalmente diferente, com dois jogadores de armação – Nenê e Igor Gomes.

No ataque, Pablo está com dores nas panturrilhas e não participou dos treinos na terça e na quarta-feira. Mas inicialmente não há preocupação de um possível desfalque do centroavante. O mais provável é que o jogador esteja à disposição.

Em um cenário no qual Pablo não tenha condições de jogo, o atleta com característica mais próxima seria Gonzalo Carneiro, recuperado de lesão e liberado de suspensão.

Uma alteração provável é na zaga. Anderson Martins teve uma tendinite na coxa esquerda e retornou aos treinos apenas na última quarta-feira. Para o seu lugar, Cuca deve optar por Arboleda.

O zagueiro equatoriano, inclusive, é o mais cotado para garantir lugar no time com o novo treinador. Cuca gosta de zagueiros com a característica de Arboleda: alto, que chega bem na área adversária para cabecear e de vigor físico.

Os cruzamentos na área foram uma das grandes armas do técnico no título brasileiro do Palmeiras em 2016. Assim, o possível São Paulo contra o Palmeiras é o seguinte:

Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Antony, Everton (Nenê) e Pablo.

O jogo de ida entre São Paulo e Palmeiras terminou 0 a 0. Com isso, o Tricolor precisa de uma vitória simples para ir à final do Paulistão. Um empate leva a decisão para os pênaltis. Quem avançar, enfrenta o vencedor de Corinthians e Santos.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.