Cortez é liberado para treinar com bola em reapresentação tricolor

A vitória sobre o São Bernardo amenizou a pressão exercida sobre o São Paulo. A equipe principal se reapresentou com uma atividade regenerativa nesta quinta-feira e só os reservas chegaram a trabalhar com bola. Os suplentes ainda ganharam a presença de Wellington, que estava suspenso na última rodada do Paulista, e Cortez, liberado pelo departamento médico para treinar com bola.

O lateral esquerdo foi diagnosticado com um problema no joelho direito e se ausentou das duas últimas partidas disputadas pelo Tricolor no Paulistão. Substituído por Thiago Carleto nas vitórias sobre Oeste e São Bernardo, o jogador voltará a trabalhar nesta sexta-feira para retomar a briga por uma vaga no time titular. Já a disputa pelo lado direito poderá ganhar um novo personagem, uma vez que Paulo Miranda também se exercitou sem qualquer limitação.

A presença de Lúcio nas movimentações dos reservas também foi destaque nesta quinta-feira e reforçou o pensamento de Ney Franco após o seu último compromisso no Estadual. Otreinador espera dar uma nova sequência para o time armado no esquema 4-4-2 e dificilmente optará por uma alteração na dupla Edson Silva e Rafael Toloi. Com essa ideia em mente, o técnico deixa até Rhodolfo sem uma previsão de volta aos titulares – o atleta ainda se recupera de uma contusão.

Uma das únicas alterações possíveis para a formação tricolor poderá ser a volta de Wellington para o meio-campo. O jogadorestava suspenso pelo terceiro amarelo e disputará com Maicon o posto ocupado ao lado de Denilson. A sua presença na intermediária é uma forma de intensificar a marcação e possibilitar a manutenção de Jadson e Paulo Henrique Ganso no setor de criação.

O próximo jogo do São Paulo no Campeonato Paulista será disputado contra o Bragantino, às 18h30 (de Brasília) deste sábado, no estádio do Morumbi. O clube ocupa a liderança do torneio, com 29 pontos, e utilizará este duelo como um novo teste para a grande decisão do dia 4 de abril. A partida em questão será realizada na altitude boliviana, contra o The Strongest, e será crucial para a sequência do Tricolor na Copa Libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*