Com pena, Emerson ironiza situação do São Paulo: “Nós passamos”

Emerson Sheik precisou de poucos minutos em solo brasileiro para mostrar seu lado provocador. Depois de ser um dos destaques da vitória do Corinthians no Majestoso de domingo, o atacante foi irônico com a complicada situação do São Paulo na Copa Libertadores da América, após a derrota por 2 a 1 para o Strongest, em La Paz.

No desembarque da delegação corintiana no Aeroporto Internacional de Guarulhos, animado com o triunfo sobre o Millonarios, o Sheik comentou a fase do rival. Com o revés desta quinta-feira, o Tricolor precisa, desfalcado, vencer o Atlético-MG no Morumbi e, ainda assim, não depende de si.

“Sem querer polemizar, mas eu nem vi nada (do jogo são-paulino), porque estava preocupado com outras coisas, como fazer compras. Que pena… Nós passamos”, afirmou, sorrindo, no fim da noite desta quinta.

O bem-humorado atacante voltou a brincar sobre as compras feitas na viagem do Timão ao exterior e garantiu ter gastado pouco para não prejudicar as finanças com a proximidade da aposentadoria. “Pior que não fiz muitas compras. Estou em uma época de economia, chegando ao final da carreira, já com 34 anos. Sabem como é a história de jogador de futebol, que para cedo e tem de guardar”, declarou, sem esconder os artigos do free shop no carrinho.

Deixando as brincadeiras de lado, o camisa 11 do Parque São Jorge resolveu falar do momento vivido pela equipe na temporada. Depois de início oscilante no Campeonato Paulista e de tropeços na Libertadores, os jogadores conseguiram resgatar o espírito vencedor dos últimos anos para assegurar a classificação antecipada às oitavas de final da competição continental.

“Nós sempre acreditamos. Esta é a filosofia aqui no Corinthians. Em nenhum momento passou pela nossa cabeça a eliminação. Claro que existe o respeito com todos os adversários, mas sempre confiantes”, sentenciou Emerson Sheik.

Fonte: Gazeta Esportiva

 

Nota do PP: só publiquei essa matéria para não passar sem conhecimento do nosso leitor. Mas é um marginal falando e, portanto, não deve ser levado em conta.

Um comentário em “Com pena, Emerson ironiza situação do São Paulo: “Nós passamos”

  1. a gente se encontra na recopa,ai vamos ver oque que as draguetes do parque sao jorge vao falar,provavelmente nada,so vao deitar debaixo do cavalo e segurar na lança.kkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*