Chavez prevê São Paulo jogando “de igual para igual” contra o Santos

Apesar da distância entre as duas equipes na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o atacante Andres Chavez classifica o clássico contra o Santos, marcado para esta quinta-feira, no Pacaembu, como uma oportunidade para o São Paulo reagir na competição. O argentino ainda prevê um Tricolor jogando “de igual para igual” com o Peixe.

“Eu joguei vários clássicos na Argentina. Aqui com o Palmeiras também. São diferentes os clássicos. É uma situação rara, ninguém quer ver a equipe nessa situação. Mas todo mundo sabe que São Paulo é grande, pode estar à altura de qualquer um. Tomara que possamos reverter uma situação dessas, e é uma linda oportunidade para começar contra o Santos”, analisou o camisa 9 em entrevista coletiva concedida após o treino desta terça-feira.

A nove rodadas para o término do torneio nacional, o São Paulo ocupa o 14º lugar, com 36 pontos, apenas três a mais que o Internacional, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O Santos, por sua vez, aparece na quarta posição, com 51 pontos, no grupo das seis equipes que se classificam para a Copa Libertadores da América de 2017.

Andres Chavez refutou favoritismo santista para o clássico desta quinta-feira (Foto: Djalma Vassão/ Gazeta Press)
Andres Chavez refutou favoritismo santista para o clássico desta quinta-feira (Foto: Djalma Vassão/ Gazeta Press)

Tal panorama, no entanto, não intimida o atacante tricolor. “Clássico sempre repercute um pouco mais e te dá um pouco mais de força para sair dessa situação, que é mal. Estamos muito abaixo do Santos, e vai ser importante como foi contra o Flamengo. A equipe demonstrou que pode estar à altura de qualquer equipe grande daqui. Vamos encarar como um clássico e tentar sair com um bom resultado”, explicou.

Questionado se o favoritismo do Santos é inquestionável, Chavez refutou essa condição ao ressaltar que em um clássico as forças se equivalem. “Não diria isso. Em um clássico, tudo pode acontecer. Vamos procurar jogar de igual para igual. Esperamos o apoio da torcida para que possamos conseguir um bom resultado”, concluiu o argentino, que não marca gols há seis jogos.

Depois de perder por 3 a 0 no primeiro turno, o São Paulo reencontra o Santos nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Pacembu, com mando tricolor. O duelo será válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Chavez prevê São Paulo jogando “de igual para igual” contra o Santos

  1. para quem saudade do grande treinador bauza kkkkkkkkkkk veja o que diz a imprensa argentina sobre ele kkkkkkkkkk

    Argentina se fue derrotada de Córdoba. Otra pobre imagen del equipo de Edgardo Bauza. Carente de juego, de ideas. Flojito a nivel colectivo e individual. Y el que lo renoció fue Sergio Agüero, que erró un penal. “No hay excusas. Se jugó mal. Hay que levantar cabeza. Esto puede pasar. Otra no queda. Tenemos que dar vuelta todo. Se jugó muy mal”.

    pra sempre soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*