Carleto agradece apoio da torcida: ‘É sinal que o trabalho tem dado certo’

O lateral-esquerdo Carleto pode desbancar o titular da posição, Cortez. Pelo menos é o que pensa a maioria dos torcedores são-paulinos, que tanto nas redes sociais como nos jogos no Morumbi vaiam o camisa 6 e pedem a entrada de seu substituto na equipe.

Para Carleto, que já tem três assistências na temporada mesmo sendo reserva, o reconhecimento da arquibancada é fruto de seu trabalho realizado em campo e se diz pronto para assumir o posto caso Ney Franco opte por sacar o titular.

– Tenho me doado, tentado mostrar para o Ney que tenho condições. Se a torcida vê isso fora de campo, é um sinal de que meu trabalho tem dado certo. Mas não posso pensar só em mim, o São Paulo é um grupo muito forte e se o professor optar por mim, estou pronto e vou retribuir – disse o camisa 16, após a vitória sobre a equipe de Itápolis, neste domingo.

Apesar da liderança no Paulistão, o Tricolor corre risco de não se classificar à próxima fase da Copa Libertadores. No dia 4 de abril, o clube do Morumbi viaja até La Paz para encarar o The Strongest (BOL), no jogo do ano para o time em 2013. Até lá, a equipe ainda faz cinco partidas pelo Paulistão.

De acordo com Carleto, o tempo até o jogo na Bolívia poderá ser proveitoso para realizar ajustes mas, se pudesse, anteciparia a data do duelo para acabar com a ansiedade e melhor logo a situação no torneio continental.

– Acho que, com certeza se o jogo contra o The Strongest pudesse ser hoje (domingo) ao invés do Oeste, entraríamos em campo com o único pensamento de ganhar. Sabemos que temos um tempo, temos que respeitar esse tempo. Alguns clubes como Fluminense e Grêmio tiveram tempo para trabalhar. Agora teremos esse tempo, mesmo com os jogos do Paulista. O professor Ney vai ter esse tempo e a partir do jogo com o São Bernardo vamos começar a pensar de novo na Libertadores. O professor Ney vai escolher os melhores para estarem em campo e representarem bem o São Paulo – completou o lateral.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*