Bruno Peres e Rojas podem brigar por vaga no São Paulo

Apresentados na última segunda-feira, o lateral direito Bruno Peres e o meia-atacante Joao Rojas podem acirrar a concorrência no São Paulo. Isso porque, embora atuem em posições diferentes, os dois correm o risco de brigar pela mesma vaga no time titular.

Para isso, contudo, Bruno Peres teria que trocar de posição, algo que não seria problema para ele, que disse ter adquirido tal polivalência durante os quatro anos no futebol europeu – vem de passagens por Torino e Roma, da Itália.

Afeito à ofensividade, o jogador de 28 anos se coloca à disposição até para fazer a função de Rojas, contratado junto ao Talleres, da Argentina, para suprir as saídas de Marcos Guilherme e Valdívia.

“A minha função é a de lateral, mas se ele precisar que eu jogue no meio, de volante, de ponta aberto pela direita ou esquerda. A Europa me ensinou ser polivalente. Estou à disposição para executar o que for pedido”, ressaltou o lateral.

A princípio, no entanto, Bruno Peres concorrerá com Éder Militão, atual titular da lateral direita. Os dois, aliás, possuem características marcantemente distintas. Enquanto o primeiro é conhecido pelo apoio ao ataque, o segundo se notabiliza pela força defensiva.

“A briga tem que ser saudável. É menino do bem. A gente vai trabalhar para quem estiver melhor entrar e ajudar o São Paulo, que é o foco mais importante. Ainda não tive essa conversa com o (Diego) Aguirre por eu estar fazendo um trabalho separado”, disse Peres, que estava de férias na Itália.

“Sou um jogador agudo, gosto de ir para frente. Na Itália, aprendi a marcar, que era uma coisa que eu não tinha. Esses quatro anos me ensinaram, mas são estilos de jogo diferentes. Vamos deixar na mão do treinador para quem estiver preparado”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Bruno Peres e Rojas podem brigar por vaga no São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.