Após 30 anos, São Paulo pode ser campeão paulista sem vencer clássicos

Neste domingo, na Arena Corinthians, o São Paulo vai em busca de retomar o caminho dos títulos podendo erguer a taça do Campeonato Paulista e, ao mesmo tempo, quebrar um tabu de nunca ter vencido o Corinthians na Arena de Itaquera até então. Mas caso o Tricolor termine como campeão nos pênaltis, empatando no tempo normal, pode repetir um feito alcançado há exatamente 30 anos.

Na edição de 1989, o São Paulo conquistou o 16º título Paulista de sua história vencendo o São José na grande decisão. A curiosidade, no entanto, é que o Tricolor ergueu a taça sem vencer um clássico sequer. Ao todo, foram três embates com rivais e o retrospecto foi de duas derrotas, para Santos (1 a 2) e Corinthians (0 a 2), e um empate contra o Palmeiras (1 a 1), em jogos ainda na primeira fase.

Pelo regulamento, a competição foi disputada em quatro fases. Na primeira, os 22 clubes foram divididos em dois grupos, com os quatro melhores de cada chave se classificando, além dos outro quatro times com mais pontos, sem levar em consideração a divisão. Posteriormente, foram disputadas semifinal e a decisão. Os clássicos, porém, aconteceram apenas nas duas fases iniciais.

Depois de avançar como um dos quatro melhores colocados sem levar em consideração os primeiros de cada grupo, o São Paulo foi líder de sua chave na segunda fase. Na semifinal, o Tricolor passou pelo Bragantino com duas vitórias. Na decisão, os dois jogos foram disputados no Morumbi e, depois de vencer o primeiro por 1 a 0 e empatar o segundo em 0 a 0, o time são-paulino se sagrou campeão.

A conquista, aliás, conta com outras curiosidades. Isso porque dois titulares do São Paulo na decisão do Paulista de 1989 seguem no clube: Raí e Vizolli. Enquanto o ex-meia e um dos grandes ídolos do Tricolor desempenha a função de executivo de futebol, o ex-volante é o atual treinador da equipe sub-23 do clube do Morumbi.

Na atual edição, o São Paulo pode repetir o feito conquistado há 30 anos. Até agora, o São Paulo disputou seis clássicos na temporada, todos válidos pelo Paulistão. Na fase de grupos, perdeu todos. E obteve três empates sem gols desde então: dois nas semifinais contra o Palmeiras e na primeira partida da decisão, no último domingo, no Morumbi. (veja os resultados abaixo).

27/01 – Santos 2 x 0 São Paulo (Pacaembu)
17/02 – Corinthians 2 x 1 São Paulo (Arena)
16/03 – São Paulo 0 x 1 Palmeiras (Pacaembu)
30/03 – São Paulo 0 x 0 Palmeiras (Morumbi)
07/04 – Palmeiras 0 (4) x 0 (5) São Paulo (Allianz Parque)
14/04 – São Paulo 0 x 0 Corinthians (Morumbi)

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Após 30 anos, São Paulo pode ser campeão paulista sem vencer clássicos

  1. Em 1989 , empatamos com a Portuguesa que , até o início deste século , era , também , com toda justiça , considerado clássico. Volta , querida Lusa . Acredito que , uma das maiores zebras no futebol , se não , a maior , ocorreu em 1990 , quando o São Paulo , com o mesmo time que em 1989 foi campeão paulista e vice brasileiro , terminou em 15º lugar no campeonato paulista , mesmo vencendo o Santos , a Portuguesa , empatado com o Corinthians e só perdendo para o Palmeiras nos clássicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.