Anderson Martins se sente pronto, após 52 dias parado

Nesse sábado, Anderson Martins voltou a jogar pela primeira vez depois de 52 dias. Por conta de uma sequência de problemas na região dorsal o zagueiro ainda não tinha atuado sob o comando de Diego Aguirre. Mas o jogador sente que agradou no empate por 2 a 2 diante do Atlético-MG, no Morumbi, e espera por mais oportunidades no São Paulo.

– Em time grande, quando a oportunidade aparece, você tem de estar preparado. Se o professor optar por mim nos próximos jogos, vou procurar dar o meu melhor, na medida possível, para ajudar os meus companheiros – comentou o camisa 4, ressaltando o nível da partida.

– Não foi um jogo fácil. O Atlético-MG tem muita qualidade, grandes jogadores, de alto nível. É nesse tipo de jogo que checam a sua condição, tanto na parte física quanto na técnica. Na medida do possível, tentei dar o meu melhor. Sei que tenho ainda muito a evoluir, pelo tempo que fiquei parado, mas é continuar trabalhando. As oportunidades aparecem quando menos se espera e tenho de procurar agarrar.

Anderson Martins soube de última hora que seria titular, já que MIlitão foi vetado pouco antes da partida devido a um incômodo muscular. Mas o zagueiro, contratado do Vasco sob exaltação de diretoria e torcida em janeiro, já vinha sendo relacionado e, por isso, se sente pronto para ajudar mais.

Sua última partida tinha sido em 14 de março, na vitória por 3 a 0 sobre o CRB, em Alagoas, pela Copa do Brasil. Foi exatamente o último jogo antes da estreia de Aguirre, que estava nas tribunas vendo aquela partida que teve André Jardine comandando a equipe porque o uruguaio ainda precisava regularizar seu visto de trabalho para estar no banco.

Além de sua missão defensiva, Anderson Martins saiu do Morumbi no sábado feliz por ter ajudado também ofensivamente. O zagueiro apertou a marcação e participou diretamente do gol de Everton, que abriu o placar a favor do São Paulo, aos 25 minutos do primeiro tempo.

– Foi um lance que o professor sempre cobra, para estarmos próximos e fazer a marcação forte. Fui feliz na antecipação e consegui dar um bom passe para abrir na direita e sair o cruzamento para o gol. Espero evoluir cada vez mais para ajudar meus companheiros. Mas precisamos conquistar uma vitória o mais rápido possível – indicou.

 

Fonte: Lance

 

Faça sua inscrição no nosso canal de vídeo do YouTube clicando aqui. 

6 comentários em “Anderson Martins se sente pronto, após 52 dias parado

    • Kkkk parabéns ,RC só vai ser bom para o SPFC se for vendido por uma nota preta ,fora isso fraco, zagueiro magrelo q não é rápido , zagueiro q tem mais falhas q acerto ,ele deveria é ser palestrante ,fala demais pra pouca bola , ainda ajuda o time mais ajudado do mundo ,,,,,vai toma no meu cu mesmo ,do cúritia eu quero é ganhar é roubado sempre

  1. Ele foi um dos destaques na defesa do Vasco, e acho que recuperado e com ritmo de jogo deve se firmar junto com Arboleda e mais um zagueiro.

  2. Pra mim está longe do ideal, ainda nao justificou sua contratação apesar do pouco tempo no clube, não podemos queimar nenhum jogador antes de pelo menos um ano no clube. Quando se queima, a parte financeira se complica, e quem o indicou tb deve ser avaliado tb…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*