Aliados de Leco entregam documento pedindo reestruturação forte no SP

A base aliada do presidente de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, presidente do São Paulo, formalizou através de um documento o pedido de forte reestruturação no departamento de futebol do clube. Os grupos políticos entendem que para ajudar o Tricolor a sair dessa grave crise é preciso de mudanças consideráveis pelos lados do CT da Barra Funda.

Os grupos políticos “Vanguarda”, “Sempre Tricolor”, “Participação” e “Legião Tricolor” foram os responsáveis pela formulação do documento. Juntos, esses grupos que funcionam como espécies de partidos políticos representam nada mais, nada menos que 82 conselheiros.

A falta de resultados e decisões tomadas fora das quatro linhas foram o estopim para que essa reformulação fosse requerida pela base aliada do presidente Leco. A saída do atual diretor de futebol do São Paulo, Raí, não está incluída no documento, embora a pressão externa e até mesmo de quem participa da política tricolor seja grande.

Entre as questões que constam no documento estão a avaliação do custo-benefício de cada setor e de cada funcionário do clube. Os grupos políticos também acreditam que é preciso de uma avaliação para saber se há sobreposição de funções e também a necessidade de adequação ao orçamento.

Esse tipo de auditoria seria feito possivelmente pelo Conselho de Administração do São Paulo ou pela própria diretoria. Os grupos políticos que solicitaram essas mudanças estão dispostos a colaborar com esse processo de reformulação do departamento de futebol tricolor.

Dentro de campo, o São Paulo volta a entrar em ação no sábado, quando visita o recém-promovido Avaí, na Ressacada, em Florianópolis, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Depois, haverá somente o duelo com o Atlético-MG, novamente fora de casa, antes da pausa para a Copa América.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

11 comentários em “Aliados de Leco entregam documento pedindo reestruturação forte no SP

  1. Não acreditem… conheço a maioria deles. É só fumaça para agradar o eleitorado. De concreto não acontecerá nada… nadica de nada mesmo! As ervas daninhas tomaram conta do nosso jardim!

  2. Ai vem o Lecú e cala a boca de todo mundo com benesses, política implantada pelo cachaça safado que nos levou à essa situação vexatória que passamos nessa década.
    Enquanto a turma do Juvenal estiver no poder, competência ficará em segundo plano, primeiro eh negociações!!!

    • Sempre estará no poder. É muito conselheiro a favor com poder de voto. Tem que acabar com a indústria dos vitalícios. Isso é uma praga.

    • Colega, não existe “turma do Juvenal”. Vide qdo o Aidar traiu o JJ quem ficou ao lado dele. Meia dúzia apenas. O Conselho do clube é o real problema. Lá não tem lado. Tem ambição pessoal.

  3. blá,blá,blá….
    na verdade eles não querem mudança alguma.É só barulho….
    Querem ajudar de verdade?
    Mudem o estatuto, por exemplo permita que o sócio torcedor tenha direito a voto, transforme o São Paulo em um a empresa com capital aberto..
    Busque um CEO experiente e competente e dê a ele liberdade de administrar…

    • sim, sim. É só fumaça pro eleitorado. Vai continuar igual.
      Não podem mudar o estatuto ou contratar um CEO porque perdem muito poder e teta de vaca.
      Sinto muito será assim o ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.