Aidar promete lutar por liberação de garotos da Seleção: “É um castigo”

O técnico Muricy Ramalho não poderá contar com o zagueiro Rodrigo Caio e com o atacante Ademilson perto da Copa do Mundo. Isso porque eles foram convocados para defender a seleção brasileira sub-21 no torneio de Toulon, na França, entre os dias 21 de maio e 1 de junho. O lateral-direito Auro e o meia Lucas Evangelista, pouco usados pelo treinador, vivem a mesma situação. Mas o clube promete pedir a liberação dos dois primeiros.

A apresentação do elenco será na próxima sexta-feira, para treinos no Espírito Santo. Com isso, o quarteto perderá os cinco jogos que restam até a parada para o Mundial. O presidente Carlos Miguel Aidar diz que o clube está sendo castigado e garante que conversará com a CBF para que Rodrigo Caio e Ademilson sejam dispensados.

– Ainda não falei com o (José Maria) Marín (presidente da CBF), mas vou insistir com ele porque o São Paulo está sendo castigado, e o jogador tem de entender a importância dele para o clube. A convocação dos dois é preocupante, porque eles farão muita falta. É um castigo. Quando eu era presidente no passado, teve uma eliminatória que o São Paulo perdeu 11 jogadores e na Copa foram oito. Só não caímos porque o time se sustentou – afirmou.

Rodrigo Caio é titular absoluto da defesa desde o segundo semestre do ano passado. Mesmo com algumas atuações irregulares, o defensor tem bastante crédito com o técnico Muricy Ramalho. Ademilson também atua frequentemente e aparece como o terceiro artilheiro do clube em 2014, com cinco gols. Auro e Lucas Evangelista integram o grupo profissional, mas são pouco aproveitados.

– Ao mesmo tempo em que valoriza o jogador e o clube, mostrando que está fazendo o correto, também castiga o clube por ter bons jogadores, o torcedor, é um dilema. Vamos pedir ao Marín a compreensão e a liberação. É preocupante, é um castigo que se dá ao clube que quer ter bons jogadores – disse.

Caso não sejam liberados, os atletas do Tricolor perderão os jogos contra Flamengo, Fluminense, Grêmio, Atlético-PR e Atlético-MG.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*