Agora no Furacão, velhos conhecidos do São Paulo reencontram ex-clube

O São Paulo reencontrará velhos conhecidos nesta quarta-feira, no duelo com o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Trata-se do volante Wellington e do goleiro Léo, ambos revelados nas categorias de base do Tricolor e que por muito tempo integraram o elenco profissional do clube do Morumbi.

Campeão da Copa Sul-Americana de 2012, último título da história do São Paulo, Wellington permaneceu no Tricolor por dez anos como jogador profissional antes de assinar com outra equipe. Neste período, ele chegou a ser emprestado para o Internacional e Vasco da Gama, e, ao fim do seu vínculo com o clube do Morumbi, assinou com o Cruzmaltino para seguir em São Januário antes de se transferir para o Furacão em 2018.

Wellington vem sendo titular do Athletico-PR na atual temporada (Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial)

Pelo Athletico-PR, Wellington voltou a vencer a Copa Sul-Americana, torneio que já havia vencido com o São Paulo de Ney Franco. No ano passado, o volante participou de todos os jogos mata-mata do Furacão no torneio continental, incluindo os dois confrontos da decisão contra o Junior Barranquilla, da Colômbia. Na atual temporada, vem sendo titular sob o comando de Tiago Nunes.

“Não podemos mudar o nosso estilo de jogo. Historicamente, o Athletico é sempre muito forte em casa. Vamos respeitar os grandes atletas que estão no São Paulo, mas vamos procurar colocar o nosso ritmo para buscar os três pontos”, disse Wellington projetando o grande jogo desta quarta-feira.

Atualmente Léo tem 28 anos e é reserva no Athletico-PR (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Já o goleiro Léo chegou ao São Paulo em 2004, quando tinha apenas 15 anos. Promovido ao profissional em 2008 e contemporâneo de Wellington, ele foi por muito tempo a terceira opção no banco de reservas e chegou a ser emprestado ao Toledo-PR, em 2009, Linense, em 2014, Paraná e Athletico-PR, em 2017, antes de dar fim à sua trajetória no Tricolor.

Fora do São Paulo, Léo assinou com o Athletico-PR em 2018 e foi emprestado ao Atlético-GO para disputar a Série B e ter mais rodagem, entretanto, o goleiro teve poucas oportunidades no Dragão e acabou retornando a Curitiba neste ano sem atingir seu principal objetivo, que era ganhar minutos em campo.

Na atual temporada, Léo foi titular do Athletico-PR no Campeonato Paranaense, torneio que o Furacão disputou com o time sub-23. Ao todo, o goleiro disputou 14 jogos no Estadual e, inclusive, defendeu o pênalti decisivo na final contra o Toledo, assegurando o título ao clube rubro-negro. Desde então, o goleiro Santos é o dono da meta rubro-negra.
Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.