Técnico para 2020

Quem você acha que seria o melhor nome para assumir o São Paulo em 2020? Claro que entre as possibilidades deve estar presente a permanência de Fernando Diniz.

65 comentários em “Técnico para 2020

  1. É, o problema é treinador mesmo, isso aí, parabéns, troquem mais um esse ano, e ano que vem ja abram conversas com mais uns 4 pra garantir o ano todo com treinador… só esse ano já foram 4, e estranhamente continuamos na MERDA… PQ SERÁ NÉ ?!?!?!?! hahahaha continuem dando soco em ponta de faca,, vamos longe assim.

  2. Melhor pagar 1,5 milhão pra um técnico top que vai planejar, indicar jogadores (dentro das nossas possibilidades), treinar, escalar o time do que pra um jogador que oscila muito como o pato por exemplo.

    O leco deveria ter feito o simples contratado um técnico top, dado 3 anos de contrato e falado temos o orçamento de X dinh pra contratar por ano e você vai ter que se virar nele, topa? E completava o grupo com a nossa base. O Grêmio foi campeão da libertadores com jogadores como Maicon, Leo Moura, etc.

    Mas não o incopetente do leco passou não soube planejar e contratar e passou a gestão dele contratando e dispensando técnicos no sp.

  3. Li com atenção a sopa de opiniões aqui postadas. Mixando tudo isso, a minha opinião é curta e grossa: QUALQUER TÉCNICO QUE VENHA DO EXTERIOR e, portanto, não esteja contaminado pelos maus hábitos, malfeitos e compadrio que caracterizam nossos técnicos. Daqui do Brasil: NINGUÉM… nem da nova safra e muitos menos os de safras mais antigas.

  4. Traz o técnico do River, que já faz um bom trabalho por anos consecutivos e na final, com um elenco inferior, jogou de igual pra igual com o Flamengo, perdeu o jogo em dois lances no final do jogo, além de ser financeiramente mais viável que qualquer técnico da Europa

  5. Se eu sou o Leco, primeiro ato seria a saída do Raí e a contratação de um novo diretor de futebol: Muricy, ou Mac ou Diego cerri do Bahia.

    Depois seria a saída do Diniz é iria atrás de um nome diferente, europeu, de língua espanhola ou portuguesa. No Brasil, técnico top de linha ganha entre 700k e 1.5mm por mês, salários similares a treinadores europeus de nível médio pra cima.

    Eu iria atrás do Leonardo Jardim, técnico do Mônaco q fez trabalhos brilhantes mas está mal há 2 temporadas (ele ganha 350 mil euros). Se não desse certo, iria atrás do Unaí emery que fez ótimos trabalhos no Sevilla e regular no psg e q caiu do arsenal, o ex técnico do Valencia q tá desempregado, acho q se chama Marcelino Toral, ou Quique Setien, ex técnico do Betis, ofensivo, joga bonito e desempregado (porém ano passado ganhou do Barça e real madrid). Caso nenhum desses de certo, aí sim miraria a América do sul: becacecce, coudet, Ariel holan, gareca, pekerman

    Villas boas está voando no marseille, pochettino e gallardo esquecem, tem mercado nível top de Europa.

      • Leonardo Jardim ganha 350k em euros, o que da algo proximo de 1.5mm reais. Marcelino Toral e Quique Setien ganhavam, com toda certeza, menos que Leonardo Jardim. Além disso: aqui no Brasil uma boa parte desse salário é PJ, que tem alíquota menor que o IR de 27%. Lá na Europa o desconto do IR no salário dos caras é acima de 30%.

        Galera que não acompanha muito futebol europeu, mas talvez não saiba: Jorge Jesus ganhava mais do que o atual 1.2mm que ele ganha no Flamengo lá no Benfica, Sporting e Al Hilal. Ele inclusive teve sondagens de times médios da Premier League, que tb pagaria mais por ele. Ele já era considerado um técnico de alto nível na Europa, e aceitou vir aqui ao Brasil. Agora, pq Jardim (1 camp frances, 1 grego e boas campanhas em Portugal, além de ter nascido na venezuela), Marcelino e Quique Setien não aceitariam vir ao Brasil? Ainda mais os últimos 2 q estão desempregados?

  6. Os melhores nomes são Rogerio Ceni e Aguirre(mas como é impossivel), fora disso só se pintasse um gringo salvador da pátria.

    De tudo podemos esperar dessa diretoria.

  7. No Brasil não tem um único técnico que presta.
    Se for para trazer essas porcarias retranqueiras – e que por sinal estão desempregadas – melhor deixar o Diniz.
    Quando ele veio, escrevi aqui: se ele não mexer na defesa que está sólida e fazer o meio e o ataque jogar estamos no lucro.
    Infelizmente Diniz inventou de tocar a bola na pequena área da defesa, trazendo o adversário para dentro do nosso gol. Ridículo. Parece que o meio está jogando e o ataque perdendo muitos gols.
    Com uma boa pré-temporada dá para arrumar isso.
    Ah, e o crônico problema físico. O problema não é tanto o departamento médico, o problema é o físico que se desgasta muito facilmente e os jogadores se machucam aos borbotões.

  8. O técnico perfeito para o SP se chama Rogério Ceni… infelizmente não vem por causa do Leco.

    Depois de duas excelentes temporadas no Fortaleza, seu nome já é uma realidade. Athletico PR e Santos vão fazer oferta ao fim do brasileiro.

  9. Considerações e constatações sobre os comentários abaixo, todos bem fundamentados.
    – Há uma quase unanimidade nos comentários a respeito do esgotamento profissional dos técnicos brasileiros. Fica claro que nem Tite ou Renato, se quisessem vir, serão bem recebidos pela torcida. No Brasileiro, Jesus e Sampaoli ficaram escandalosamente em primeiro e segundo lugares. A defasagem é enorme.
    – Quem quiser competir – nem falo em ganhar, só em competir – precisa trazer um técnico classe mundial.
    – O River Plate tem um elenco do nível do SP. Só é o que é por causa do técnico. Técnico bom de verdade faz muita diferença hoje em dia.
    – Excetuando Gallardo, os técnicos bons estão na Europa. Precisamos procurar o próximo técnico na Europa.
    – Osório não é desse nível. É bom. Melhor que os brasileiros todos. Mas não é nível europeu.
    – O argumento “estamos falidos” é uma meia verdade. O São Paulo é o terceiro orçamento do Brasil. O problema é gastar mal. Por exemplo: com o dinheiro de Pablo e Raniel dava para ter montado um ataque com Bruno Henrique e Gabigol. (Obrigado, Raí).
    – O melhor exemplo é o Santos. Com muito menos dinheiro, mas um técnico bom, foi vice-campeão brasileiro. O Santos humilha diariamente o planejamento de Raí e Leco. Com o River Plate é a mesma coisa. Um orçamento muito inferior ao São Paulo. Mas o time é bom porque tem um técnico competente.

  10. Temos que pensar no São Paulo atual e não nos esquadrões vencedores que já tivemos.
    O nosso clube tem que ser reconstruído e para tal precisa de tempo, o que não temos.
    Alguém consegue imaginar o Pablo finalizando com a precisão do Gabigol ? O Pato correndo igual o Bruno Henrique ?
    O Flamengo tem elenco encaixado com as características que o técnico gosta de treinar.
    Sendo assim e com um ataque inofensivo, não adianta ir pra frente igual um louco.
    Tem que arrumar a casinha, dar um padrão tático para o time, ganhar clássicos, resgatar a confiança para depois pensar em “ser ofensivo”.
    Basta olhar os dois últimos bons trabalhos que tivemos por aqui: Bausa e Aguirre. O time era bem treinado, dava pra ver a mão do treinador no time. Fechado, rápido.
    Tem que trazer um treinador moderno e vencedor, mas que não seja suicida igual o Osório ou mesmo o Sampaoli.
    Tem que investir em um treinador europeu (Italia, Espanha ou Inglaterra) ou Argentino.
    Que joguem com raça e façam a camisa voltar a pesar.
    Salário ? Vende 3 moleques, arruma a casa, monte um time competitivo que vai sobrar dinheiro.
    Esse é o perfil de um técnico para o São Paulo, um nome ? Não sei, mas imagino que um time profissional tenha gente gabaritada para tal, peça para pesquisarem e levantarem 5 bons nomes com esse perfil e faz uma oferta proporcional ao currículo do treinador.
    Ele vem, pagando bem vem sim, aqui tem estrutura, camisa e sim, um bom elenco que aliás precisa ser reforçado mas pra isso precisa já ter o treinador contratado para contratar jogadores com o perfil que o treinador está acostumado.
    Fora isso será mais um ano perdido….Diniz, Luxa, Felipão…..não da mais.
    Muricy ? Titular ou na meia direita ou como gerente de futebol, como treinador não da mais também

  11. Boa noite tricolores,
    Vejo da seguinte maneira: para quem quer um técnico vencedor, Felipāo.
    Para quem quer um estrangeiro: Osório.
    Para quem quer um linha dura: Abel.
    Para quem quer um pragmático: Mano.
    Ou seja tem pra todo gosto, mas o mais importante, independente do técnico, é o elenco, sem bons jogadores pode vir quem for que não conseguirá nada, alguns poderão dizer, o Sampaoli fez o Santos jogar e eu perguntarei: ganhou o que? Sem boas contratações não iremos a lugar algum e pelo que sei não teremos recursos para tal, ficaremos atrás do Bragantino que, pelo que tenho lido, terá uma mala de dinheiro para contratações, aliás já estamos atrás uma vez que eles já iniciaram o planejamento para 2020, estamos atrás dos Curicas que já contrataram o técnico que já está planejando 2020, estamos atrás da porcada que já demitiram o treinador e começaram o planejamento para 2020, só estamos empatados com o Santos que também estão penando pela péssima administração ou seja alguém em sã consciência acredita que será melhor o ano que vem?

    • O elenco não é bom, pode ter certeza que Osório ou Diniz não passarão de março no comando, caso estas sejam as opções.

      Se for para mudar o patamar do time, tragam o Renato, ou Marcelo Galhardo, senão a opção é Mano menezes, Felipão, ou Antonio Carlos Zago.

  12. A torcida do São Paulo perdeu a noção, a carência está afetando o discernimento. O que Osório fez no São Paulo, ou em outro lugar, para ter seu nome clamado para voltar?

    Osório é horroroso, nunca ganhou nada, é Fernando Diniz com grife.

    Se for para mudar o patamar, tragam Renato Gaúcho ou Galhardo. Agora se for para iniciar 2020 com as enganações Osório ou Fernando Diniz e perder mais um ano, que tragam Felipão ou Mano Menezes.

  13. Não sei o porquê alguns morrem de amor pelo Osório….

    Pra quem não se lembra o time tomava 3 gols por partida…

    Me lembro bem de SP x Ceará

    Perdemos de 2×0 em pleno Morumbi enquanto o Ceará estava na TERCEIRA DIVISÃO se segurando para não cair para Quarta divisão!!!!

    Esse Osório nunca ganhou nada!!!

    O melhor nome hoje são dois…

    Luxemburgo ou Ricardo Tarefa que vem fazendo até na seleção do Perú jogar bola!!!!

    ANTES DE CRITICAR MEU COMENTÁRIO PENSE NA TERRÍVEL SITUAÇÃO FINANCEIRA DO CLUBE…

    ESTAMOS QUEBRADOS!!!!

  14. Hoje é a dívida que escala o tricolor. Os técnicos são obrigados a colocar os jogadores da base. Mesmo eles não tendo rendimento digno da camisa titular do São Paulo. Com Cuca foi assim e agora com Diniz também. Nenhum técnico com vontade de vencer se sujeitará à essa ingerência da diretoria.

    Sampaoli, Galhardo e Renato Gaucho não aceitariam o papel de marionete que Leco et caterva desejam. Por isso, penso que a solução seria trazer o Osório de novo. Ou vamos acabar na mão de algum retranqueiro tipo Mano ou Aguirre.

    • Faz sentido. Tem-se contratado técnicos obedientes e sem voz ativa incapazes de se oporem aos desmandos da diretoria. Sem a devida independência e/ou autonomia a possibilidade de insucesso é tamanha.

  15. Tem Que ficar o Diniz porque temos um padrão de jogo, não adianta trazer Aguiire w sua retranca, o Sampa tem uma tradição de jogar pra frente, acho um retrocesso tirar o Diniz,temos q ter calma e deixar ele arrumar o time

  16. Eu vinha de Aguirre, saiu de Forma Injusta,Panelinha queimou ele, Apesar de muitos não gostarem, Bauza também bom nome, nos levou a Semi da Libertadores com Time muito inferior ao Atual, mas sabemos que muito pode acontecer e trazer um Pé de Pano, se for para Trazer QQ porcaria, deixa o Diniz.

  17. Fórum sobre quem será o próximo técnico, que será substituído em abril de 2020. Parabéns pelo pensamento “Lequista” da torcida. Depois entra outro até agosto e termina em dezembro mais um ciclo para novo técnico em Janeiro de 2021 e gira gira…

  18. Concordo com comentário feito abaixo de que o sarrafo subiu.
    Ao invés de pagar milhões para Juanfrans e Danis Alves, melhor gastá-los com um treinador que consiga fazer seu elenco jogar. Juanfrans e Danis Alves, como resta provado, não acrescentam nada em um time sem direção. Hernanes, Pato – e outras tantas contratações que tumultuam a folha de pagamento e só agradam a saudosistas sem conhecimento sobre futebol, ajudam a enterrar qualquer time por estas bandas em desenvolvimento. Então está na hora de investir em quem planeja; escolhe; treina; sabe mandar e seja vencedor. Se gastam 1,5 milhões/mes com um jogador por causa de seu nome, porque não gastar umas duas vezes mais com alguém que possa resolver e fazer o time jogar?
    Me falta conhecimento e oportunidade para saber quem dos cobras que estão sem trabalho poderia e gostaria de vir treinar no Brasil; entretanto, acho que já está passando da hora de uma tentativa de arrumação nesse clube chamado SPFC. . .

  19. Sampaoli, Gualhardo, Osorio, fora esses os brasileiros sao todos iguais, Renato guacho seria uma boa mas ele gosta de jogador que chega junto, e no nosso time nao tem esse perfil, Mano Menezes pegou um rabo de foguete, mas razoavel se puder trabalhar direito quem sabe, felipao sei la.

    • Cara, não sei não o Felipão, acho que seria um tremendo fracasso, muito identificado com a porcada, imagina ele com o agasalho do tricolor? Simplesmente não combina.

  20. Sampaoli seria o nome ideal, seria o cara para chegar e mudar o SPFC de patamar, tem que ser um cara diferente, o SPFC não pode arriscar mais. Vejo o Ceni também como um ótimo nome, porem sabemos que com Leco ai nada vai para frente.

  21. Sampaoli seria minha primeira opção, pois o time do Santos não é tudo aquilo e ele fez render. O Renato Gaúcho é arrogante, mas o futebol que o Grêmio joga é redondinho, o contrato acaba este mês, neste caso, não teríamos concorrência das Pepas que querem o Sampaoli. Osório seria minha terceira opção.

  22. le KU & conselheiros + confie em mim
    enquanto esse povo estiver mandando
    nem Tele, Cilinho, Feola ou mesmo meu pai
    darao conta.
    Obs, esses jogadores atuais sao mesmo o que presenciamos, mierda pura.

  23. OSORIO.
    – conhece o clube e o futebol brasileiro ;
    – futebol ofensivo, criativo, ” prá frente ” ;
    – consegue trabalhar com os jogadores disponíveis ;
    – pratica um futebol atual, antenado com o mundo ;
    – contratação possível e viável ;
    – tem experiência, competência, comando e sucesso na profissão ;

  24. Quem eu gostaria? Sampaoli ou Osório

    Quem irá vir (eu acho péssimas opções, mas acredito que será um destes)? Luxamburgo, Mano Menezes ou Felipão.

    • Jesus e Sampaoli são campeão e vice do Brasileirão. Um sucesso estrondoso e irrefutável, que escancarou a desatualização dos treinadores brasileiros. O caminho sem volta é investir pesado num técnico gringo. Ou ficar na mesmice perdedora. Há uma dúzia de portugueses bons espalhados por times médios europeus (Shaktar, Everton, Mônaco, Olympiacos). Pelo idioma, seriam a alternativa mais viável. Portugueses são uma onda porque a Universidade do Porto virou um centro avançado de formação em futebol. Eu buscaria um desses caras.
      Mas há pelo menos dois italianos bons disponíveis: Luciano Spaletti e Massimiliano Allegri. Acho que eles se viram com português e Hernanes pode começar uma carreira de intérprete se for o caso.
      Há dois caras livres com muito mercado na Europa: Unai Emery e Maurício Pochettino. Eu gastaria os tubos pra trazer o argentino, que estava em campo pelo Newells na final da Libertadores de 92.
      Se Sampaoli e Jesus deram certíssimo, eu partiria para dobrar a aposta num técnico de nível europeu.
      Com os brasileiros disponíveis, e mesmo com Osório, seguiremos rodando em falso.
      Minha única concessão seria Renato Gaúcho, lembrando que ele foi humilhado por Jesus.
      Enfim, minha aposta seria na competência e, se possível, na competência com experiência. Para voltarmos a ser grandes, precisamos começar a pensar grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.