Nenê

Quando um Nenê tira o sono do treinador sem chorar

A temporada 2019 começou para valer e o Tricolor deixou uma boa impressão em sua estreia, afinal, é sempre bom começar com uma goleada, mesmo diante do fraco Mirassol.

Melhor do que o placar elástico, foi o que o São Paulo produziu, principalmente no segundo tempo da partida. A bola parada funcionou, a jogada aérea foi decisiva na construção do placar e alguns jogadores começam a se apresentar decisivos neste início de temporada.

Arboleda foi sério e seguro, Reinaldo fez boa partida e começou com um belo gol em jogada trabalhada, Pablo fez o seu primeiro gol em linda cabeçada e se mostra um atacante inteligente com muitos recursos fora da área, sem contar que corre o jogo inteiro dando combate nos zagueiros adversários quando não tem a bola.

Mas quero falar especialmente do Nene! Nosso camisa 10 foi importante num determinado momento de 2018, mas também foi protagonista de maus momentos no final da temporada, seja dentro de campo ou fora dele. Muitos são-paulinos chegaram a preferir o jogador fora do Morumbi para essa temporada, principalmente depois da chegada de Hernanes. Afinal, a volta do Profeta era forte indicador que Nene iria para o banco de reservas, lugar que ele não aceitou estar no ano passado e passou a se comportar como um nenê mimado.

De repente, apareceu um interesse do Fluminense e a saída do jogador começou a ficar próxima de acontecer. Enquanto isso, Nene trabalhava na pré-temporada nos EUA, onde foi bem e até marcou gol por lá. Na volta, contou com um atraso na documentação do Hernanes para ser titular na primeira partida oficial do ano.

Sim, o Nene de sábado no Pacaembu, eu quero no São Paulo! Começou o ano sabendo que seria reserva, continuou trabalhando de maneira profissional, sem biquinho, não forçou saída do clube, usou as chances que teve para jogar bola e colocou uma dúvida na cabeça do treinador.

Nene comandou o Tricolor diante do Mirassol, correu atrás de bolas impossíveis, bateu falta no travessão, cobrou escanteio que resultou em gol, deu assistência e terminou a partida como um legítimo camisa 10.

Para quinta-feira, diante do Novorizontino, gostaria de vê-lo jogando ao lado do Hernanes. Talvez aberto pela direita, na vaga do Helinho. O camisa 11 tem velocidade, mas tem sido pouco efetivo neste início, talvez seja arma interessante para entrar no decorrer da partida.

Que Nene é um grande jogador, todos sabemos. Ele só precisa querer, pois bola ele tem para nos ajudar na temporada.

 

***Apresentador e idealizador do programa esportivo Garotinhos F.C. da Rádio Metropolitana de Mogi das Cruzes(SP), Fred Rezende iniciou na emissora mogiana em fevereiro de 2015, quando criou o projeto em homenagem ao locutor Osmar Santos, “Pai da Matéria” e padrinho do programa. Também faz parte do quadro “Resenha” do Esporte D na TV Diário, afiliada da Rede Globo no Alto Tietê, onde faz aparições falando sobre o São Paulo Futebol Clube, usando sempre uma abordagem divertida e bem humorada.

3 comentários em “Nenê

  1. É muito bom começar o ano vencendo e bem ainda.
    Foi apenas o Mirassol é vdd, porém uma estréia ruim traria mais pressão em cima do elenco e da comissão técnica.
    Concordo com tudo o que disse sobre o Nenê e tenho certeza de que ele vai ajudar muito o SPFC , assim como o Diego Souza.
    O que mais me deixa esperançoso pra 2019 é que pela primeira vez em muito tempo o SPFC não se desfaz de quase todo o time do ano anterior e realmente reforça o elenco de verdade.
    Não nego que tenho um certo receio com o Jardine por sua inexperiência , porém não vou ficar gorando jamais e quero que ele supere o rival Carille como técnico iniciante que obtém conquistas importantes, vestiu a camisa do SPFC é apoio 100%.
    E apoio 100% é o que o SPFC vai precisar do torcedor neste ano pra vencer a desconfiança e oa adversários.

  2. Olá Fred,

    Sim queremos o Nenê pois é um ótimo jogador. Porém, para que ele tenha um bom desempenho tem que ser escalado na posição onde rende mais, como meia armador centralizado.
    Deslocá-lo para a ponta direita fará com que seu desempenho seja prejudicado e criará uma oportunidade para que os “sempre insatisfeitos” voltem a criticá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*