Não merecemos derrubar a Chape

O futebol é apaixonante e encantador, mas a bola também sabe punir quando não tratada com carinho. E é isso que o São Paulo vem fazendo nos últimos jogos, maltratando demais a “redonda”.

O destino colocou no caminho do São Paulo três equipes que lutam desesperadamente contra o rebaixamento nas últimas rodadas do Brasileirão. Ajudamos o Vasco, que estaria no Z4 se não tivesse ganhado da gente, deixamos o Sport em condições de escapar na última rodada e agora temos a Chapecoense na saideira. Ahh, e vale lembrar que só precisávamos de um empate contra o Vasco ou um triunfo diante do Sport, ontem no Morumbi, para voltarmos ao G4. Mas… FALHAMOS!

Diante dos péssimos recentes resultados e da incompetência de se alcançar as quatro primeiras posições na tabela, com toda sinceridade, o mais justo é que a Chape fique na primeira divisão. Não somos merecedores de uma vitória na Arena Condá.

A tragédia com o avião da Chapecoense foi, sem dúvida, o episódio mais triste que acompanhei no futebol. O mundo chorou, povos se abraçaram, pessoas e clubes se solidarizaram para reerguer aquele clube que se tornara o assunto mundial. Quando a CBF divulgou a tabela do Brasileirão, olhei para esse confronto final e imaginei que ele pudesse trazer algum ingrediente decisivo. E ele trouxe, vale Fase de Grupos da Liberta para o Tricolor e permanência na primeira divisão nacional para a Chape.

Pois bem, diante do futebolzinho que o São Paulo vem jogando e com tudo que envolve o drama recente da equipe catarinense, que a Chape fique na elite do nosso futebol.

Não merecemos derrubar a Chapecoense!!

 

***Apresentador e idealizador do programa esportivo Garotinhos F.C. da Rádio Metropolitana de Mogi das Cruzes(SP), Fred Rezende iniciou na emissora mogiana em fevereiro de 2015, quando criou o projeto em homenagem ao locutor Osmar Santos, “Pai da Matéria” e padrinho do programa. Também faz parte do quadro “Resenha” do Esporte D na TV Diário, afiliada da Rede Globo no Alto Tietê, onde faz aparições falando sobre o São Paulo Futebol Clube, usando sempre uma abordagem divertida e bem humorada.

6 comentários em “Não merecemos derrubar a Chape

  1. Concordo em gênero, número e grau, sou São Paulino e mais um ano estou decepcionado com o São Paulo. Já estou cansado de viver de passado, passado glorioso diga-se de passagem, mas precisamos voltar a ser grande, ou melhor, GIGANTE, pois é isso que somos, um clube com a história do São Paulo não pode ficar nessa situação, de mero coadjuvante, sempre tive orgulho e prazer em ver meu São Paulo jogar, mas nos últimos 10 anos não tá fácil não, espero e torço pra que 2019 realmente seja o retorno do GIGANTE TRICOLOR DO MORUMBI, porque 2018 eu quero esquecer.

  2. TB acho que já que não ganhamos de Vasco e sport melhor nem força contra a chape .tá bom aonde estamos a preparar libertadores e a nossa realidade já tá bom de mais .

  3. Fernando, para mim, a maior decepção este ano foi o Raí, dirigente que no decorrer do ano fez contratacoes caras, exceto Everton, que decaíram no decorrer do ano. Treinadores engolidos pelo elenco, desrespeitados, caíram, eram ruins? Provou se que nem tanto. Dorival com um elenco mais farto levou o flamengo ao vice campeonato, Aguirre com um elenco enxuto fez um otimo primeiro turno, entao, temos que aceitar que os jogadores sao 80% da responsabilidade de estarmos nesta situação, sem atitude e sem intensidade fomos nos apequenando…O Raí nao teve palavra com Dorival e nem com o Aguirre, eu acho que o Aguirre deveria ficar até o final e ano, e nao mais, o time ficou previsível demais, mas foram as faltas de peças de reposição o nosso maior pecado! E esta questao passa pela Diretoria e pelo Raí, que foram incompetentes e amadores nas demissões dos treinadores! Venceu a mentalidade recorrente no SPFC, a impulsividade deste inseguro de Leco que a todo custo quer a agradar seus asseclas, anciãos que nao sabem nem o que é Premier League! Vivem no anos 70 com seus julgamentos retrógrados! E Rai sucumbiu a empafia do Leco, que ama aparecer somente nos momentos bons, nos ruins esse desposta nos preside se esconde! Uma gestão que vende jogadores promissores a preço de liquidação e que todo final de semestre estamos no vermelho, inexplicável e indesculpável porque a folha de nossos rivais sao mais altas que as nossa e sempre estamos com déficit tecinco, financeiro e político!

    • Agora é mais facil julgar as contratações algumas das quais tbm fui contra.
      Acho que o Raí teve 3 erros crassos:
      1° Não demitiu o Dorival assim que assumiu esperando 3 meses pra isso, mostrando que não sabia o que era o correto naquele momento.
      2° A demissão do Aguirre faltando 5 jogos para o fim do campeonato, sendo que o SPFC está nesta posição e esteve líder graças ao bom trabalho do Aguirre , que realmente decaiu e muito no 2° turno.
      3° A efetivação do auxiliar técnico como técnico para comandar o SPFC em 2019.

      Só lembrando que quem oficializou a efetivação do Jardine foi o Leco, o dedo podre do Morumbi, e só aí as chances desta empreitada dar certo diminui bastante.
      Tirando o Helinho que aparenta ser acima da média, os outros garotos da base são jogadores comuns ou abaixo disso ainda.
      Como sabemos que as contratações serão de refugos e de quem não tem mais mercado nem na China, a expectativa é sombria.
      Não torço contra o SPFC mas quero que a Chapecoense fique na série A, até pq um time meia boca e sem brio como o SPFC não merece mandar a simpática Chapecoense pra série B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*