Modernização do Morumbi

Você acha que o Morumbi deve passar por alguma reforma para modernização? Ou ele deve permanecer como está? Se tiver que reformar, o que você entende que deve ser feito?

14 comentários em “Modernização do Morumbi

  1. Bom dia galera.
    Vou ao Moruntri, desde os tempos em que cantávamos (OLE, OLE, OLA GERSOM PEDRO ROCHA, TONINHO E PARANA ). Fui assistir SPFC x A.paranaense, fique
    nas cadeiras superior vip, paguei RS 86,00 lugar maravilhoso, cadeiras confortáveis, espaçoso, visão ótima, banheiro razoáveis.
    Fui assistir show na arena da W.Torre, fiquei na arquibancada desconfortável e apertada vc bate o joelho na cadeira da frente, vale lembrar que sou um pouco mais alto que o MAC e muito abafada devido a cobertura, tive problema para estacionar deixei no shopping e tive dificuldade na saída.
    É muito oba, oba da imprensa.
    Concordo que temos que melhorar sempre, mas nosso estádio esta bom.Nota 7

  2. Acho que meu ponto de vista é bastante diferente. Pertencendo a uma família de arquitetos gostaria de acrescentar esses pontos.
    – A estação de Metrô está para ser inaugurada (a conferir). Ela mudará radicalmente a experiência de ir ao Morumbi. Para 90% das pessoas, será muito mais conveniente que ir de carro. Inclusive eu, que pegava o Jardim Colombo na frente da fábrica da Brahma, no Paraíso nos anos 80.
    – As reformas sonhadas – cobertura, arquibancada que desce do anel intermediário até o campo – são caríssimas e além do alcance da realidade do clube. Basta lembrar que os clubes que modernizaram suas casas pagaram um preço alto por isso. Ou sacrificaram o elenco, ou estão endividados ou se envolveram em falcatruas. Ou todas as alternativas acima.
    – Antes de falar em modernização, gostaria mesmo é de falar em restauração. As pseudo-modernizações desde a era Juvêncio fizeram do estádio um verdadeiro barraco. O Morumbi está cheio de puxadinhos mal-construídos, com pontos cegos para assistir a partida e vários prejuízos para a circulação, que era ótima, com corredores estreitados e excesso de grades e divisórias. A construção está desconfigurada. Fora o material de segunda, que já causou inclusive o acidente no anel inferior. Aqueles toldinhos onde ficavam a geral são ridículos. Vamos melhorar o que existe antes de mexer mais.
    Fora o esquema de acesso patético que a PM do Geraldinho arma e que trata o cidadão como gado.

    • QUANTO AOS PUXADINHOS CONCORDO PLENAMENTE COM VOCÊ, SÃO HORRÍVEIS, ACHO QUE DEVERIAM TIRAR O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, QUERIA MUITO SABER QUEM É O RESPONSÁVEL PELAS OBRAS E MANUTENÇÃO DO MORUMBI POIS ESSE PROFISSIONAL ESTÁ DEIXANDO MUITO A DESEJAR NA MINHA OPNIÃO.

    • Só para lembrar, como início de conversa, o Estádio é um projeto do grande arquiteto e professor da FAU, Vilanova Artigas. Isso posto, deixo expressada a minha total convergência com a argumentação do Murilo. Faz umas duas semanas, eu ouvi do correspondente do Estadão na Suíça – agora não me lembro seu nome – que é torcedor do Tricolor, que no livro de memórias a ser lançado pelo Josef Blatter, ex-Presidente da FIFA, o Morumbi era o Estádio escolhido para sediar jogos do campeonato mundial aqui em São Paulo. Só não o foi em razão da interferência da CBF e do “honorável” e hoje reeducando, Pres. Lulla, um notório torcedor do time da zona leste. Parece que a decisão pela construção do Itaquerão, decorreu da convergência de interesses políticos e, principalmente, financeiros. O Juvenal foi “embrulhado” e enrolado pelo Lulla, que ele acreditou, defenderia o Morumbi como sede. O Juvenal, na época, chegou até a encomendar um projeto de adaptação para o Arq. Ruy Othake. Aliás, esse projeto acabou sendo pago, portanto, deve estar acomodado em alguma gaveta da sala do atual Presidente.

  3. O que o Morumbi precisa, urgentemente, “para ontem”, é de estacionamento. Com isto atrairia mais público, aumentando a renda e cobrando um preço justo pelo estacionamento, teria uma receita extra, usando-a para fazer as melhorias necessária.

    • 100% de acordo.
      Com um bom estacionamento teríamos de 50.000 a 60.000 em qualquer jogo, e lotação máxima nos jogos decisivos. Já nos anos 70 meu pai não ia ao Morumbi por não ter onde estacionar com segurança. De lá para cá a situação só piorou.

  4. Boa tarde pessoal!
    Também sou frequentador do Morumbi desde a metade da década de 70, também fui muito de CMTC desde o Anhangabaú, costumava chegar com 2h de antecedência, gostava muito de ir em grandes jogos onde os menores públicos rondavam 60/70 mil, por incrível que pareça meu jogo inesquecível foi uma derrota para o Flamengo por 4 a 3 em 1982, como jogamos aquele noite, é lógico que é necessário uma modernização, não sei opinar quais, não sou especialista, mas que muita coisa deve ser feita isto é notório. Abraços à todos.

  5. Frequento o Morumbi desde 1980 , e claro que hj modernidade não pode ser atribuída ao estádio.
    Falando em reformas, acho que todas seriam caras e talvez de pouca efetividade para causar um crescimento do público.
    Mas um estacionamento com preços justos já deveria existir.
    Lembrando que time bom e ganhando títulos atrai bom público.
    Claro que uma cobertura e uma aproximação das arquibancadas ao gramado seriam bem vindas, só acho que o custo disso beira construir outro estádio.
    Uma coisa que vai melhorar mesmo o público é a estação de metrô pra se chegar ao estádio.
    Contra o Botafogo mesmo eu não fui por causa do embrólio da gasolina, mas se tivesse o metrô …
    Para reformar tem que ver se vale a pena o valor gasto, pois lembro de falarem em 200 milhões só pra fazer uma cobertura, mais um pouco sem superfaturamento, faz um estádio novo.
    Agora se a cobertura e a proximidade ao gramado custar algo em torno de 50 a 100 milhões, pode ser pensado, fora disso teríamos que pensar em construir um novo.
    Particularmente gosto do Morumbi como é, só detesto as malditas cadeiras.

  6. Quando falamos no Morumbi não podemos pensar só no público do futebol. Recebemos shows para mais de 70.000 pessoas e o nosso setor de maior capacidade, a arquibancada, apresenta péssimas condições com relação aos banheiros, especialmente para o público feminino, e opções de alimentação – na verdade inexistentes. Tratam-se de obras emergenciais e não é necessário grande investimento. Bastaria adaptar na arquibancada o mesmo padrão de banheiros e quiosques de alimentação que estão funcionando no nível intermediário (cativas e cadeiras superiores), garantir a manutenção e a operação adequada (reposição de papel, sabonete, limpeza regular) nos dias de eventos. Quando uma pessoa que pagou mais de R$ 300 em um ingresso de show publica reclamações na internet sobre a péssima qualidade de nossos banheiros isso é um ponto a favor do estádio concorrente na disputa pelos melhores eventos.

  7. OLÁ, FUI FREQUENTADOR ASSÍDUO DO MORUMBI POR VÁRIOS ANOS, SEM PERDER UM JOGO SE QUER, MINHAS BOAS LEMBRANÇAS DE VER O ZÉ SERGIO JOGAR, (PARA MIM O MELHOR PONTA ESQUERDA QUE JÁ JOGOU NO TRICOLOR), TER QUE SAIR SEMPRE 3 MINUTOS ANTES DO FINAL DA PARTIDA PARA PODER PEGAR O ÔNIBUS DA CMTC PARA CONSEGUIR VOLTAR AO ANHANGABAU E DE LÁ CRUZAR A PE´A RUA DIREITA DESERTA E COM UM MEDÃO DE SER ASSALTADO ATÉ CHEGAR A PRAÇA DA SÉ E PEGAR O ELÉTRICO PARA MOOCA, QUE SAUDADES . . .
    POR VÁRIOS MOTIVOS ACABEI DEIXANDO SE IR COM CONSTÂNCIA AO MORUMBI (IDADE, FAMÍLIA, O ABSURDO COBRADO PARA DEIXAR O CARRO NA RUA, A DIFICULDADE PARA COMPRAR O INGRESSO, A TORCIDA INDEPENDENTE QUE QUANDO FICAVA NO MEIO DO ESTÁDIO ASSISTIAM OS JOGOS EM PÉ DESRESPEITANDO OS TORCEDORES E CRIANDO SEMPRE BRIGAS E OLHA QUE VIAJEI MUITO COM A INDEPENDENTE PARA TODOS OS LUGARES DESTE PAIS) MAS AS VEZES CONSIGO IR AINDA AO MORUMBI.
    O MORUMBI É A NOSSA CASA E ACREDITO QUE ASSIM COMO O TIME PRECISA DE CONSTANTE REFORMA E MUITAS MELHORIAS.
    COMO SUGESTÃO:
    OS NOSSOS BANHEIROS SÃO MUITO RUINS PRECISA DE REFORMAS SIGNIFICATIVAS, TRAZER PARA O PRIMEIRO MUNDO, CONHECI ALGUNS ESTÁDIOS NA EUROPA E JURO ME DA VERGONHA VER OS NOSSOS;
    PRECISAMOS E RÁPIDO DE UM ESTACIONAMENTO DECENTE, PERDEMOS A CHANCE DE COMPRAR O TERRENO AO LADO DO MORUMBI QUE HOJE É UM CONDOMÍNIO DE PRÉDIOS ANTES ERA UM ESTACIONAMENTO TOMADO EM DIAS DE JOGOS, TEMOS QUE RESOLVER ISSO PRA ONTEM;
    NOSSO ESTÁDIO PRECISA ACABAR COM OS PONTOS CEGOS E ISSO PELO QUE VÍ É POSSÍVEL NO MORUMBI;
    SEI QUE JÁ TEM UM PROJETO DE TRAZER A ARQUIBANCADA INFERIOR ATÉ PRÓXIMO AO GRAMADO MAIS JÁ PASSOU DA HORA DISSO ACONTECER;
    DESDE MUITO TEMPO SE FALA NA COBERTURA DO MORUMBI MAIS ISSO SEMPRE É DEIXADO PARA TRAZ SERÁ QUE É TÃO DIFÍCIL ASSIM, COM AS TECNOLOGIAS HOJE EXISTENTES NÃO TERIA NENHUMA EMPRESA PARA FAZER UMA PARCERIA, ACHO QUE FALTA VONTADE POLITICA NESSE ITEM;
    ESSAS SÃO SÓ ALGUMAS SUGESTÕES.
    UM ABRAÇO.
    ALVANDIR

    • Fui muihos anos ao Morumbi de CMTC, saía do Sapopemba Até a Praça dos Correios w de lá Anhangabaú rumo Morumbi.

      Que saudades desta época, Zé Sérgio, Serginho, Getúlio, Oscar e Dario, o saudoso e vitorioso Valdir Perez, Renato…uma infinidade dw bons jogadores.
      Zé Sérgio ainda é meu ídolo, seus dribles desconsertavam os defensores e o Serginho fez muitos gols com assistências do Zé Sérgio.
      Era pra estar na tão lembrada seleção de 1982, mas uma contusão o tirou da copa, onde provavelmente seria titular, afinal no mundialito dw 1981, foi eleito o melhor jogador do torneio , deixando Zico e Sócrates no chinelo.

      • OLÁ JAIRO,
        BEM LEMBRADO O GRANDE VALDIR PEREZ, QUANTOS MILAGRES EU VÍ ELE FAZER NO MORUMBI.
        O SERGINHO SÓ PRECISAVA EMPURRAR A BOLA PRA DENTRO O ZÉ SERGIO FAZIA TUDO, O MELHOR JOGADOR QUE VÍ NO SÃO PAULO DEPOIS DO RC.
        UM ABRAÇO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*