Cotia x DM

Depois de mais uma rodada do Brasileirão, mais precisamente a terceira, o torcedor São-Paulino vive uma divisão de sentimentos. Algumas situações para se comemorar e outras para se preocupar.

   Vamos começar com as boas notícias. Estamos na parte de cima da tabela e é muito importante somar pontos nesse início, ainda não perdemos no campeonato, o técnico Cuca tem demonstrado ofensividade em suas formações e, o principal, a molecada de Cotia vem ganhando oportunidade, sendo decisiva e deixando ótima impressão.

   Diante do Flamengo, o São Paulo iniciou a partida com quatro jogadores formados na base, Liziero, Antony, Toró e Walce, este último, fez sua estreia e atuou de maneira segura e com personalidade. Além disso, terminamos a partida com Hernanes e Helinho, outras duas crias do São Paulo Futebol Clube. Ou seja, finalizamos o jogo com mais de meio time formado nas categorias de base do Tricolor.

   Mas ainda temos algumas situações para se lamentar, pois a série de lesões que vem assombrando a equipe é algo impressionante. Já não temos o Pablo, que fez muita falta na reta final do Paulista, agora não temos Luan, Arboleda e perdemos Alexandre Pato numa entrada criminosa do beque de fazendo do Atlético-GO, ops, Flamengo.

   Os desfalques que hora ou outra se apresentam, fazem com que Cuca tenha que improvisar jogadores e formações. Percebo que algumas improvisações são equivocadas, mas na maioria das vezes o time vem se comportando bem na arte de se reinventar.

   Temos um elenco forte e estou bem curioso para saber como será o novo São Paulo com todos os jogadores à disposição. Logo vem a parada da Copa América, que talvez seja interessante para recuperarmos jogadores lesionados e sem condicionamento, mas antes disso, teremos mais seis rodadas pelo Brasileirão e jogos decisivos pela Copa do Brasil, portanto, é hora de superarmos o momento de perdas e ir somando triunfos no início das duas competições.

***Apresentador e idealizador
do programa esportivo Garotinhos F.C. da Rádio Metropolitana de Mogi das Cruzes(SP), Fred Rezende iniciou na emissora mogiana em fevereiro de 2015, quando criou o projeto em homenagem ao locutor Osmar Santos, “Pai da Matéria” e padrinho do programa. Também faz parte do quadro “Resenha” do Esporte D na TV Diário, afiliada da Rede Globo no Alto Tietê, onde faz aparições falando sobre o São Paulo Futebol Clube, usando sempre uma abordagem divertida e bem humorada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.