São Paulo se manifesta e ameniza efeitos dos estragos no Morumbi

Após as imagens e a repercussão dos estragos na sede social do clube ganharem a mídia e as redes sociais, o São Paulo se manifestou em nota oficial sobre o ocorrido nas últimas horas devido às intensas chuvas que caem na capital paulista desde a madrugada desta segunda-feira. No texto, o Tricolor ameniza os efeitos do temporal e alega já ter começado a limpeza.

Em imagens aéreas mostradas pela TV Globo e pela Record TV, além de vídeos que circularam nas redes sociais, foi visto que as piscinas do clube ficaram cheias de lama e algumas áreas internas do complexo social do Morumbi foram afetadas pelo excesso de água. Em comparação com o que ocorreu em março de 2019, porém, o São Paulo diz que os estragos foram bem menores.

Confira a nota divulgada pelo Tricolor na íntegra:

“O São Paulo FC informa que já trabalha para limpar as áreas afetadas no Complexo Social após as chuvas desta madrugada. Os danos são significativamente menores em relação ao episódio do ano passado graças às obras de prevenção realizadas.

As piscinas do clube sofreram com a sujeira, mas não há estrago estrutural identificado até o momento. O Complexo Social registrou algumas avarias e houve entrada de água em parte do Concept Hall que afetou alguns cessionários. Tais danos, porém, foram em grau muito menor do que os registrados anteriormente.

Já a parte de vestiários e área de imprensa do estádio estão intactos e não sofreram prejuízo. O clube já inciou o trabalho de limpeza dos locais afetados”.

No próximo sábado, o São Paulo recebe o Corinthians, no Morumbi e, a princípio, os problemas causados pelas chuvas desta segunda-feira não terão interferência no clássico, segundo a nota oficial do clube. No ano passado, o estádio precisou ficar interditado para a realização de obras para reparos dos estragos e o time mandou suas partidas fora de sua casa.

 

 

Um comentário em “São Paulo se manifesta e ameniza efeitos dos estragos no Morumbi

  1. Essa direção do clube é frouxa até nisso…
    Deve ter vindo ordem de alguém para não ficar expondo a incompetência das administrações estaduais e municipais no combate às enchentes…
    O prejuízo fica com a viúva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.