São Paulo e Bragantino ficam perto de fechar empréstimo de Helinho

O São Paulo encaminhou com o Red Bull Bragantino uma negociação de empréstimo de Helinho até o fim de 2021. A informação foi publicada inicialmente pelo site “Futebol Interior” e confirmada pelo ge.

O acordo pode ser definido entre terça e quarta-feira. Se a negociação for de fato fechada, o São Paulo receberá R$ 3 milhões pelo empréstimo, com opção de compra fixada em R$ 25 milhões por 65% dos direitos econômicos de Helinho.

Os valores incomuns para um empréstimo se devem ao olhar do mercado internacional em Helinho, algo de que o Bragantino tem conhecimento. O clube do interior tem interesse no atacante são-paulino desde 2019.

Helinho é reserva no São Paulo. Ele fez dez jogos e um gol na temporada. Sua última partida foi no dia 20 de outubro, quando o Tricolor venceu o Binacional por 5 a 1 no Morumbi no jogo de despedida da Libertadores.

Revelado na base, o jogador de 20 anos iniciou a temporada como titular, em meio às ausências de Antony, hoje no Ajax, e Igor Gomes (à época convocados pela seleção sub-20).

No último domingo, Helinho sequer foi relacionado para a vitória por 4 a 1 sobre o Flamengo, no Maracanã.

 

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “São Paulo e Bragantino ficam perto de fechar empréstimo de Helinho

  1. Garoto de muito talento, um dos mais talentosos que vieram da base, emprestaria sim porém sem opção de compra, o que alguns não entendem é que tem jogadores que demoram mais para se firmar, vide o Brenner que tá a 4 anos no profissiona.
    O Helinho tem boa finalização, passe e drible, falta ganhar massa muscular, e um pouco de sequência

  2. Melhor coisa a se fazer. O Helinho precisa de um choque de realidade. Cresceu em Cotia e está acostumado ao Spa da Barra Funda. Agora a ficha irá cair e ele perceberá onde estava jogando e dar mais valor a oportunidade de ser atleta do Tricolor.

    • Olha, as vezes nem seria um choque de realidade que faria ele e muitos que lá estão jogarem bola…

      Contra natureza não há quem possa meu amigo, RESORTE de cotia tem muitos que não tem condição de jogarem bola em alguns times da séria “A e B”, porém esse muitos tem empresários fortes que afirma para a diretoria e técnicos que esses mesmos são craques e tem que jogar e o resultado que temos visto são esses “meia bocas” jogando (muitos nem isso) e ganhando (muitos assim) no Tricolor….

      Essa é a dura realidade atual de um clube outrora campeão e respeito pelo mundo afora, o que não se tem mais visto hoje em dia!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.