Luciano afasta desconfiança da torcida e participa de 12 gols em 16 jogos

Quando Luciano foi envolvido na troca por Everton, hoje no Grêmio, parte da torcida do São Paulo criticou a tomada de decisão da diretoria.

Para estes, era um erro se livrar de um atacante que já tinha um bom tempo de clube e ainda podia render pelo futebol apresentado, principalmente em 2018, para ter um jogador de carreira instável e que já havia passado pelo rival Corinthians.

Mas foi necessário pouco tempo para Luciano acabar com qualquer desconfiança e mostrar que nesta troca o maior beneficiado foi o São Paulo.

Em 16 jogos com a camisa do Tricolor paulista, o atacante participou de 12 gols. Foram sete gols, cinco assistências e a condição de titular absoluto de Fernando Diniz.

Enquanto isso, no Grêmio, Everton não consegue encontrar a sua melhor versão, e nos dez jogos disputados até aqui fez um gol.

Mais do que a comparação com Everton, pesa a favor de Luciano a entrega dentro de campo. O centroavante teve algumas atitudes que agradaram à torcida, como não desistir das jogadas, ter um estilo provocador com o adversário e não se conformar com as derrotas.

Somados todos esses fatores, Luciano se transformou em unanimidade no clube. Quando o jogador não pode estar em campo, seja por lesão ou suspensão, há sempre uma desconfiança de como o time vai se comportar ofensivamente.

Dupla com faro artilheiro

 

A boa fase de Luciano também passa muito pelo entrosamento adquirido com Brenner. Juntos, os dois já somam 21 gols na temporada com a camisa do São Paulo e vivem um momento especial no clube.

Quatro gols de Brenner, inclusive, foram marcados após assistências de Luciano. Eles também têm a similaridade de marcar praticamente todos os gols de dentro da área e com apenas um toque na bola.

Nas redes sociais, torcedores apontam a dupla como uma das melhores do São Paulo nos últimos anos. O clube, por sua vez, brincou com uma foto dos dois juntos no Twitter:

– O carisma e a malandragem do gol – escreveu o perfil oficial do São Paulo na rede social, em menção a Brenner e Luciano, respectivamente.

Para o duelo contra o Lanús, na quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Morumbi, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, a dupla é esperança de gols do Tricolor. O time precisa vencer.

Após a derrota por 3 a 2 na Argentina, o São Paulo pode vencer por um gol de diferença (até 2 a 1) para avançar. Se vencer por 3 a 2, a vaga será decidida nos pênaltis. E vencer por um 4 a 3, por exemplo, está eliminado pelo critério do gol fora de casa.

Fonte: GLobo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.