São Paulo define nova camisa e acerta detalhes para lançamento

Nas próximas semanas, o são-paulino conhecerá a nova camisa feita pela Adidas, com quem o Tricolor acertou contrato até dezembro de 2023. O clube mantém mistério, mas já definiu o modelo que adotará com a fornecedora alemã e os detalhes do evento de lançamento do uniforme estão em fase final de definição.

O contrato com a nova fornecedora de material esportivo, substituta da Under Armour, passa a valer em julho. Antes disso, será conhecido o uniforme principal do clube, e o número dois deve ser apontado pouco depois. Dirigentes do Tricolor e da Adidas também acertam o lançamento de camisas comemorativas ao longo da temporada.

A nova camisa começou ser debatida no início do ano, quando a diretora aceitou a proposta da Adidas. Depois disso, o acordo foi aprovado pelos conselheiros, dando mais liberdade para discussão do contrato. Luiz Fiorese, diretor executivo de marketing do São Paulo, inclusive, esteve em Buenos Aires recentemente para conhecer a operação da fornecedora alemã com o River Plate – a parceira com os argentinos já dura 35 anos.

Além da camisa, o Tricolor pretende explorar outros detalhes, tendo como um dos focos ampliar o acordo para a distribuição de lojas oficiais do clube. A distribuição dos uniformes foi um dos principais pontos que gerou a rescisão com a Under Armour.

A expectativa da diretoria é de que o valor pago pela empresa alemã seja de, ao menos, R$ 20 milhões anuais. O contrato prevê a cessão de 26% dos royalties, podendo chegar a 30% em caso de metas de venda atingidas, além de bônus por objetivos conquistados pelo time. Já foi combinado um adiantamento de R$ 3 milhões por parte dos alemães.

O contrato atual com a Under Armour teve sua rescisão acertada no ano passado. Como acordado no acerto, o compromisso do clube com a empresa norte-americana acaba no final deste semestre.

 

Fonte: Lance

Um comentário em “São Paulo define nova camisa e acerta detalhes para lançamento

  1. Pode se dizer que devido o atual momento está dentro do mínimo possível, a marca realmente é forte, tem uma responsabilidade comercial que está muito acima dos americanos.

    Mas mesmo assim ainda está muito aquém da grandeza da marca São Paulo Futebol Clube. Espero que o Departamento de Marketing consiga elaborar e ampliar ações no sentido de popularizar e fortalecer o clube junto aos torcedores espalhados por todo o país, e assim aumentar a receita advinda desse negócio com a Adidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.