São Paulo de Diniz sofreu 14 gols em 5 jogos mata-mata neste ano

O São Paulo de Fernando Diniz não conseguiu corrigir nesta quarta-feira os erros cometidos em outros jogos mata-mata que disputou neste ano. Com a desclassificação na segunda fase da Copa Sul-Americana mesmo após vencer o Lanús por 4 a 3 no Morumbi, o Tricolor chegou aos 14 gols sofridos em cinco jogos eliminatórios em 2020.

A primeira eliminação do São Paulo neste ano aconteceu nas quartas de final do Campeonato Paulista. Apontado como grande favorito ao título estadual, o Tricolor não conseguiu confirmar seu favoritismo contra um Mirassol que teve de lidar com um desmanche durante a pandemia do novo coronavírus e montar um novo elenco às pressas, perdendo por 3 a 2 em pleno Morumbi.

Depois foi a vez de o São Paulo novamente mostrar deficiências na defesa agora pela Copa do Brasil. Na partida de ida das oitavas de final, contra o Fortaleza, no Castelão, empate em 3 a 3. Já no jogo de volta, no Morumbi, mais uma igualdade, 2 a 2, somando cinco gols sofridos em dois confrontos.

Na semana passada, iniciando sua trajetória na Copa Sul-Americana, na Argentina, contra o Lanús, até então sem disputar uma partida oficial já sete meses, o São Paulo entrou em campo com o objetivo de ser mais consistente na defesa, mas saiu de campo com mais três gols sofridos.

Bastava ao Tricolor uma simples vitória no jogo de volta, nesta quarta-feira, no Morumbi, para reverter a vantagem do Lanús, mas, a exemplo das outras partidas de mata-mata que disputou no ano, o time comandado por Fernando Diniz mais uma vez concedeu três gols ao adversário, escancarando sua sistemática fragilidade defensiva.

Há mais de um ano à frente do São Paulo, Diniz segue vivo nas disputas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, competição na qual voltará às disputas na próxima quarta-feira, quando terá o jogo de ida das quartas de final. Mais uma oportunidade para o Tricolor mostrar uma maior eficiência no sistema defensivo.

 

Fonte:  Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.