São Paulo aposta em Hernanes voando após a pandemia

O São Paulo acredita que Hernanes será um dos exemplos mais positivos do elenco na volta aos treinamentos, ainda sem data para ocorrer, após a paralisação por conta da pandemia de coronavírus.

O profissionalismo de Hernanes, a estrutura na casa do jogador de 35 anos, com academia e campo de futebol, entre outros espaços, e o aprendizado com experiências do passado reforçam essa ideia a Pedro Campo, preparador físico do São Paulo.

– É um cara que se cuida muito. Tem uma estrutura muito boa em casa. Não à toa consegue desempenhar sempre em alto rendimento. Acredito que vai chegar em um nível muito bom, pela experiência que teve no ano passado e pela estrutura que tem na casa dele. Vai estar muito bem nesse retorno. Acho que (o Hernanes) é um desses aí que podemos esperar em um bom nível – disse Pedro Campos.

Em 2019, Hernanes fez 39 jogos e cinco gols pelo São Paulo. A temporada ficou marcada por lesões e problemas físicos. Em entrevista recente ao podcast “Ge São Paulo”, o Profeta explicou o que aconteceu no ano passado.

– Veja só que engraçado. Eu me lembro quando tinha 20 anos e jogava com um jogador que tinha 33 ou 34 anos. A gente dava uma ou duas voltas para aquecer, e o cara falava assim: “Caramba, depois dos 33 anos é duro até essa máquina aquecer”. Eu tinha 20 e na minha cabeça não fazia sentido o que ele estava falando. Aí pensei: “Poxa, quero ver quando chegar aos 33 como vai ser”. Por incrível que pareça, aos 33 eu estava me sentindo melhor do que aos 20. Essa foi a grande pegadinha do meu corpo –disse Hernanes.

– Em 2018, quando acabei a temporada na China, estava numa forma física impressionante, estava me sentindo muito bem, como nunca antes, de força e capacidade física, porque tinha encontrado a medida. Que tipo de treino fazer, o que comer, como dormir. Tudo perfeito. Encontrei aquela fórmula. Falei: “Pô, estou feito”. Encontrei o ponto que sempre quis.

Neste ano, Hernanes iniciou como titular no time de Fernando Diniz, em meio à convocação de Igor Gomes para a seleção sub-20, e depois perdeu lugar na equipe. Foram 11 jogos e um gol, mas sem nenhuma lesão.

– E aí veio 2019. Qual foi meu erro? Foi justamente isso. Acabei a temporada com uma lesão, e aí não me cuidei. Passei dois meses de férias. Quando voltei, não esperava que a negociação com o São Paulo fosse dar certo, então tinha programado mais dois meses de preparação. Eu ia me recuperar da lesão e me condicionar para a temporada. Deu certo (a negociação) – disse Hernanes.

– Só que para mim eu tive essa prepotência de achar o que eu já tinha que fazer. “Eu não estou recuperado ainda, mas durante os campeonatos e os jogos aqui eu consigo dar um jeito”. Eu fui muito prepotente. Achei que estava no controle demais da situação, e meu corpo me pregou uma peça. Mas aprendi a lição.

Hernanes tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2021.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “São Paulo aposta em Hernanes voando após a pandemia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.