Refugo do São Paulo está brilhando no México

Em cinco meses de São Paulo ele pouco fez. No México, no entanto, Dorlan Pabón está em grande fase desde que retornou no segundo semestre deste ano. Prestes a enfrentar a concorrência de Ronaldinho, o colombiano que virou reserva com Muricy Ramalho é referência no Campeonato Mexicano: artilheiro e destaque do Monterrey, no topo da tabela.

Pabón participou das sete partidas disputadas pela equipe e marcou sete gols. Na lista de artilheiros, seus concorrentes mais próximos têm três gols a menos. Além disso, o colombiano foi responsável por 70% dos gols do Monterrey.

Como seu time divide a liderança com o América (estão empatados com 16 pontos), Pabón já viu seu nome nos jornais locais ser ligado a uma expressão que nos tempos de São Paulo soaria como piada: “Pabondependencia”.

Quando foi contratado pelo clube do Morumbi em janeiro deste ano, o atacante vinha de fase apagada no Valencia, da Espanha, mas chegava credenciado por ter sido vice-artilheiro da Libertadores de 2012. Muricy decidiu apostar nele e deu chances entre os titulares.

Pabón, no entanto, não correspondeu e logo foi parar na reserva. Em 18 jogos com a camisa tricolor, ele fez apenas dois gols: um de pênalti e outro de falta, contando com falha do goleiro. Por isso, em junho, o São Paulo avisou que não exerceria a opção de prolongar o vínculo do atual artilheiro do Campeonato Mexicano.

“Estou muito feliz por estar brigando pela artilharia, mas ainda falta muito. Vou continuar trabalhando muito para continuar em primeiro, que é o meu objetivo”, disse o colombiano, que nos próximos dias passará a ter como rival ninguém menos que Ronaldinho, novo reforço do Querétaro.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.