Pato e Hernanes se unem para entender ano ruim e projetar 2020 no SP

Alexandre Pato e Hernanes reconhecem que fizeram uma temporada abaixo das expectativas no São Paulo. Após momentos de tensão em 2019, descobriram durante uma conversa que encaravam aflições semelhantes. Foi a senha para tentarem se unir para combater esses problemas e voltar para 2020 em melhor forma.

A dupla não foi utilizada pelo técnico Fernando Diniz na reta final do Campeonato Brasileiro. O jogo contra o Fluminense — derrota por 2 a 0, no Morumbi — foi um marco para o treinador. Em desvantagem no placar, decidiu lançar os nomes de maior peso e técnica, mesmo que não estivessem no melhor momento.

Diniz não gostou do que viu e de ignorar convicções próprias, e, então, decidiu tomar uma atitude mais drástica. Pato e Hernanes seriam menos utilizados. A intenção era poupá-los de uma reta final desgastante em quantidade de jogos e pelo clima de apreensão pelos maus resultados e a chance de não avançar de novo para a fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Depois desse jogo contra o Flu, Hernanes só atuou por mais cinco minutos. Pato, a princípio, não gostou disso. O atacante chegou a demonstrar essa insatisfação a Diniz, que pediu paciência. Até que em uma conversa entre jogadores, Hernanes fez Pato observar a situação de forma diferente.

O Profeta pediu que os colegas de time não entendessem mal sua ausência nas partidas e que não encarassem essa decisão de Diniz como algo problemático. Hernanes disse que, apesar da ânsia por querer ajudar o São Paulo em campo, estava consciente de que seu momento era pior do que o de Igor Gomes, por exemplo. Ou seja, era preciso entender o melhor para a equipe, passando por cima das ambições individuais.

Pato concordou com Hernanes e os dois passaram a debater a temporada irregular que viveram. Assim, descobriram que tinham sensações parecidas de falta de força, de explosão. E comparando o que passaram no futebol chinês e o que não tiveram de pré-temporada no São Paulo em 2019, concluíram que seria possível ter um 2020 melhor.

 

Fonte: Uol

 

2 comentários em “Pato e Hernanes se unem para entender ano ruim e projetar 2020 no SP

  1. Entender é simples. Sao 2 jogadores em decadencia fisica e tecnica, um pela idade e outro pela desinteresse. Ambos ganham muito dinheiro e tem pouca cobrança interna (o mesmo vale pro ex-lateral que pensa que é meia). Ou eles 3 descem do pedestal ou vao sair do SP pelas portas dos fundos pq uma hora a cobrança da arquibancada chega na porta do CT e dos condominios de luxo onde moram

  2. O “Profeta” não jogou nada (como eu esperava já que não conseguia jogar nem no futebo Chinês); entretanto, temos que reconhecer o grande homem e profissional que é, humilde e companheiro acima de tudo. O que ele fez ficando na reserva do Igor Gomes foi muito bonito da parte dele e não deixou que o ambiente se tumultuasse.
    Quem sabe neste ano ele não compensa fazendo grandes partidas e ajudando o S.Paulo a ser campeão, nem que seja de truco . . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.