Melhor time para Muricy, Cruzeiro se torna exemplo por planejamento

Atual campeão brasileiro, o Cruzeiro é favorito a conquistar o título novamente nesta temporada. A equipe mineira manteve a base do ano passado, contratou reforços pontuais, e tem um elenco mais qualificado do que aquele que foi campeão em 2013. Este planejamento a longo prazo se tornou exemplo para as demais equipes, como, por exemplo, o São Paulo de Muricy Ramalho.

Chamado para tirar o Tricolor do Morumbi da briga contra o rebaixamento, o atual comandante foi obrigado a reformular o elenco, teve dificuldades no começo e só agora conseguir fazer a sua equipe jogar bem. Desta forma, o São Paulo assumiu a segunda colocação do Campeonato Brasileiro e pode entrar na disputa pelo título neste domingo, quando encara justamente o Cruzeiro.

Em caso de vitória diante da torcida no Morumbi, o São Paulo diminui a diferença para quatro pontos, mas Muricy Ramalho ainda é cauteloso com relação a isso. Apesar da evidente melhora de sua equipe, o treinador vê o Cruzeiro à frente, principalmente pelo planejamento traçado há dois anos. Com Marcelo Oliveira no comando durante este período, os mineiros agora é espelho para o Tricolor.

Divulgação

O trabalho feito por Marcelo Oliveira nos últimos dois anos é citado como exemplo (Crédito: Washington Alves)

“O diferencial do Cruzeiro é o entrosamento, pois é um time que esta há quase dois anos junto e foi bem planejado. Enquanto os outros ainda estão procurando um time, como o nosso caso, que estávamos tentando montar desde o início do ano e só agora chegamos. A diferença do Cruzeiro é essa, mantiveram o planejamento, contrataram bons jogadores, e por isso é o melhor time”, disse Muricy.

 

Tricampeão brasileiro com o São Paulo, o comandante tricolor sabe reconhecer quando uma equipe faz campanha para levar o título. Desta forma, ao falar sobre o adversário deste domingo, Muricy Ramalho é claro: os mineiros são constantes neste Campeonato Brasileiro, e, até quando não jogam bem, contam com outros fatores que os credenciam como principais favoritos.

“Não podemos negar que o Cruzeiro está jogando bem, e se existe o fator sorte, não jogou bem algumas partidas, e também ganhou. Neste ultimo jogo o Bahia estava bem, mas perdeu um jogador. O Cruzeiro se preparou para isso, futebol não se faz do dia para noite. Estamos em uma reformulação desde o ano passado, então o Cruzeiro leva essa vantagem grande”, concluiu o comandante são-paulino.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.