Goiás tem 10 casos de Covid-19 no elenco

Bomba no Goiás poucas horas antes da partida contra o São Paulo, válida pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, às 16h, na Serrinha. Os resultados dos testes de Covid-19 realizados no elenco esmeraldino para o jogo foram divulgados ao clube, segundo a assessoria de imprensa, somente nesta manhã.

De 26 exames realizados em jogadores, 10 testaram positivo para o novo coronavírus, sendo oito titulares.

O São Paulo, que embarcou para Goiânia com 40 pessoas na delegação, está ciente do problema e ainda analisa qual medida tomar. Todos membros do Tricolor Paulista testaram negativo para a Covid-19. A CBF ainda não se manifestou.

A diretoria esmeraldina corre contra o tempo para tentar refazer os testes e ter os resultados antes da partida contra o Tricolor. O técnico Ney Franco tem poucos jogadores à disposição para o confronto e existe a chance de o Goiás pedir o adiamento do jogo.

Os testes foram refeitos em todos os jogadores por volta de 11h, e o clube espera que os resultados saiam até as 14h30. De acordo com o vice-presidente esmeraldino, Mauro Machado, o Goiás quer entrar em campo, mas só disputará a partida se puder relacionar um mínimo de jogadores, independente de serem titulares ou não.

Problema nos testes
O Goiás informou que houve problemas na realização do primeiro teste, feito na quinta-feira. De acordo com nota do clube, a própria CBF pediu para invalidar o teste com alegação de que o laboratório escolhido “falhou no acondicionamento das amostras”.

Os testes foram refeitos na sexta-feira, mas os resultados foram entregues somente às 8h30 deste domingo. Ao todo, 26 jogadores estavam concentrados – dois para cada quarto. Dos 26, 10 testaram positivo para a Covid-19.

A situação é semelhante à do Vila Nova, que estreou na Série C no último sábado. O presidente do clube, Hugo Jorge Bravo, revelou já em Manaus que os resultados dos testes só haviam saído no dia da partida, com a delegação já na capital do Amazonas. Pelo menos um jogador testou positivo. O clube também precisou refazer os testes durante a semana após a primeira coleta.

Veja o que diz o Goiás:

Os exames feitos pela CBF nos 23 convocados para o jogo, na quinta-feira, foram invalidados pela própria CBF, alegando que o laboratório escolhido por eles em Goiânia para fazer a coleta falhou no acondicionamento das amostras. A CBF pediu para refazer os testes na sexta-feira. Depois da coleta de sexta-feira, a CBF, que precisava entregar os resultados até 24h antes da partida, não apresentou os resultados ao Goiás. Os resultados foram entregues às 8h30 deste domingo. Resultado: 10 contaminados na equipe de 26 testes realizados e concentrados para a partida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.