Filha de Aidar ironiza resposta de Juvenal Juvêncio em carta aberta

Enquanto o time do São Paulo goleava o Botafogo por 4 a 2 em Brasília, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, a diretoria do clube deu sequência à briga política iniciada na última quarta-feira. Após o ex-presidente Juvenal Juvêncio publicar carta rebatendo acusações feitas por Carlos Miguel Aidar, a filha do atual mandatário ironizou a resposta do agora rival político.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Aidar alegou que recebeu o São Paulo após as eleições de abril em estado crítico financeiramente e parado no tempo, além de fazer duras críticas a Juvenal. Por volta das 23h da última quarta, o ex-mandatário e atual diretor de futebol amador divulgou carta à imprensa para se defender e contra-atacar o antigo aliado.

Mariana, no entanto, parece não ter acreditado que Juvenal publicou a defesa por vontade própria. Afastada há duas semanas do cargo de assessora da presidência após se incomodar com boatos sobre envolvimento em negociações de atletas, a ex-agente Fifa usou de ironia para atacar José Francisco Manssur, conselheiro do clube e braço direito do Juvenal.

“O Manssur, ops! O JJ respondeu ao Aidar…”, publicou Mariana em seu perfil na rede social Twitter. Os ataques feitos à filha são apontados por cartolas como uma das razões para que Carlos Miguel resolvesse bombardear Juvenal Juvêncio.


Fonte: Lance

3 comentários em “Filha de Aidar ironiza resposta de Juvenal Juvêncio em carta aberta

  1. Alexandre K,
    Para transformar o clube em empresa ele precisa do apoio do Conselho Deliberativo coisa que seria difícil antes dessas declarações, agora é impossível.
    Carlos Miguel errou em expor publicamente suas críticas, ele deveria ter resolvida isso internamente, na surdina.

  2. O casamento do JJ com CMCA durou menos que os casamento entre artistas em Holywood. Na verdade, trata-se de uma guerra de egos e de interesses pessoais/familiares, cujas dimensões vão muito além dos muros do clube!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.