Diniz fala sobre Pato preterido por Carneiro e comenta situação de Hernanes

Neste domingo, o São Paulo até começou bem no jogo, porém foi derrotado por 2 a 1 pelo Vasco e viu a pressão por melhores resultados crescer novamente. Alexandre Pato, que foi barrado do time titular do Tricolor para a entrada de Liziero, novamente não foi utilizado por Fernando Diniz, que optou por Gonzalo Carneiro em São Januário.

Na coletiva concedida após o apito final, o técnico explicou a preferência pelo atacante uruguaio em relação a Pato.

“Nesse momento, como sempre faço, estou buscando colocar aqueles que cada jogo pede. Como o Carneiro vinha treinando bem, tínhamos o Paulinho aberto, o Helinho e o Igor Vinícius, teríamos mais bolas alçadas na área, que era a intenção nossa. Um jogador com a estatura dele nos ajudaria a ter mais vantagem para conseguir fazer os gols que precisávamos para pelo menos empatar”, disse o treinador.

Diniz reiterou a importância de não rotular os jogadores. O treinador acredita que cada jogo pede uma análise própria, considerando as características do adversário e as circunstâncias da partida.

“A questão nunca é jogador jovem ou experiente. Eu coloco os melhores para jogar em relação ao que eu acho no momento, vou procurar sempre o melhor para o São Paulo. A variação tática eu acho que a gente tem. Quando a gente joga com o Boia, por exemplo, que é um jogador mais rápido, de drible. Quando coloca o Helinho, que é outro jogador de velocidade, quando coloca o Carneiro junto com o Pablo”, afirmou o comandante do Tricolor.

Por fim, Diniz comentou brevemente sobre a situação de Hernanes no São Paulo. Na última terça-feira, a Gazeta Esportiva publicou a informação de que o meia está insatisfeito com a reserva e busca uma maneira de rescindir amigavelmente com o clube.

“Isso do Hernanes foi algo noticiado pela imprensa, mas eu procuro tratar internamente, de uma maneira mais justa. O Hernanes teve uma lombalgia e está voltando gradativamente, fazendo um trabalho de transição para se colocar novamente à disposição para jogar”, finalizou.

Com o tropeço em São Januário, o São Paulo estacionou nos três pontos, na 11ª colocação do Brasileirão. Na próxima rodada, a equipe recebe o Bahia, no Morumbi, na quinta-feira, às 20h.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.