Diniz diz que repercussão da queda do SP para seu trabalho é “péssima”

O São Paulo viu o sonho de conquistar o Campeonato Paulista acabar nesta quarta-feira, depois de ser derrotado por 3 a 2 pelo Mirassol, no Morumbi, pelas quartas de final da competição. O Tricolor não conseguiu repetir o desempenho apresentado antes da paralisação e perdeu a segunda partida após o retorno do futebol.

Após o apito final, Fernando Diniz comentou sobre o impacto da eliminação em seu trabalho. O treinador destacou que o time precisa responder positivamente dentro de campo na próxima partida que disputar.

“A repercussão é péssima. Não tenho muito o que dizer sobre isso, porque o torcedor merecia muito mais do que a gente apresentou no jogo contra o RB Bragantino e hoje. Então, não tem repercussão para ter, a gente precisa aceitar aquilo que vem e, quando o São Paulo for jogar de novo, responder de uma maneira positiva dentro do campo. Não tem outra coisa para fazer no momento, pedir desculpa para o torcedor e seguir”, afirmou o técnico.

Diniz também falou sobre o que espera ouvir dos torcedores após a eliminação. O treinador acredita que as últimas duas derrotas do time são injustificáveis.

“Não dá pra você prever totalmente como será a relação com o torcedor. Ele tem todo o direito de reagir, e é isso que fará agora, com insatisfação, cobrando o time como tem que ser cobrado. A gente tem que saber suportar isso e trabalhar mais. Temos que dar resultado dentro de campo. Não tem muito o que falar agora, como justificar o jogo contra o Bragantino, assim como o de hoje, a gente tem que trabalhar e mostrar coisas diferentes dentro do campo”, finalizou Diniz.

Com a eliminação no Paulista, o São Paulo voltará a campo apenas no dia 9 de agosto, quando enfrentará o Goiás, fora de casa, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Diniz diz que repercussão da queda do SP para seu trabalho é “péssima”

  1. Não tem e nunca terá coragem de colocar o Daniel no banco. Está jogando com o nome e ou passando férias no Brasil. Reinaldo andando em campo, Pato sem comentários, mas ele não vai colocar eles no banco nunca! Não tem coragem para isso! Volpi falha toda hora! Três jogos duas falhas, mas o professor não vê isso. E para finalizar manda o espanhol de volta para casa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.