Diniz diz que opção de reservas foi para ir mais forte na Libertadores

Após perder para o Botafogo-SP por 1 a 0 em Ribeirão Preto, o treinador Fernando Diniz comentou, em entrevista coletiva, sobre o desempenho da equipe neste domingo e ressaltou a importância do jogo da próxima quarta contra a LDU pela segunda rodada do grupo D da Copa Libertadores, no Morumbi.

– Não temos que pensar nos dois jogos. O jogo em Juliaca foi uma partida em que tivemos as chances de definir no primeiro tempo. Mesmo no segundo tempo jogamos melhor que o Binacional. São jogos distintos. Hoje foi outro jogo. O time tem jogado constantemente bem. Sabemos que nossa posição no Paulista era para ser outra, muito pelos erros de arbitragem. Agora é focar no jogo da LDU. Teremos nossos jogadores mais frescos para conseguir a vitória. – destacou.

Além disso, o comandante tratou o confronto contra os equatorianos como uma verdadeira decisão após derrota contra o Binacional na primeira rodada, no Guilhermo Briceño.

– O São Paulo vive de decisões. Quando você está em um time desse tamanho, é sempre uma decisão. Encaramos o próximo jogo como uma grande decisão. O jogo contra a LDU é uma grande decisão, perdemos pontos no Peru. – destacou.

Sobre a derrota deste domingo, Diniz elogiou a entrega dos jovens que jogaram. Ao todo, foram quatro jogadores relacionados pela primeira vez para o time principal: o lateral-direito Lucas Sena (18 anos), o volante Marcos Júnior (20 anos) e os atacantes Galeano (19 anos) e Gustavo Maia (19 anos).

– Tão na mesma pegada, mas tem um porém muito grande. Os jogadores estão muito tempos em jogar. A gente não esperava que alguns tivessem cãibra, o número foi maior. Faltou resistência de aguentar o jogo todo. Essa valência física nos faltou hoje. Tem algumas maneiras de explicar. Uma delas é a falta de ritmo somado ao calor, ao campo seco. – e, em seguida, acrescentou.

– Os jogadores tiveram muita vontade, estão se entregando muito nos treinamentos. O calor estava excessivo, o campo estava pesado. Até onde eles conseguiram foram bem. – finalizou.

Com o resultado, o time dirigido por Fernando Diniz segue na liderança do grupo C da Campeonato Paulista com 15 pontos e agora pensa em se recuperar na Copa Libertadores.

Na próxima rodada, o São Paulo joga o clássico contra o Santos, às 19h, sábado. Antes, na quarta-feira, o Tricolor Paulista recebe a LDU, às 21h30, no Morumbi, e tenta se recuperar pela segunda rodada do Grupo D da Copa Libertadores.

Fonte: Lance

4 comentários em “Diniz diz que opção de reservas foi para ir mais forte na Libertadores

  1. Tudo bem se poupou para que contra o time do LDU o sao paulo voe baixo e meta uns 2, 3 ,4 gols neles eu ate perdoa, mas acho que nao vai dar nao, apesar que Morumbi vai estar lotado, ja tem 30 mil ingressos vendidos, espero que os jogadores façam a sua parte sei que a torcida fara , mas logico vao ter paciencia ate quando, nao sei.
    Pega seu Antony errando muitos gols, e dentre outras coisas bizarras que esse time faz, ai a torcida perde a paciencia e vai vaiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.