Diniz comenta sobre relação com atletas: ‘Pilar central do trabalho’

O técnico Fernando Diniz, do São Paulo, destacou o relacionamento que mantém com os jogadores para explicar o sucesso do time no Campeonato Brasileiro.

Nesta quarta-feira, o Tricolor venceu o Botafogo por 4 a 0 no Morumbi e disparou na liderança do torneio, agora com 50 pontos, sete a mais do que o Atlético-MG, vice-líder.

– Sempre disse e vou repetir: o pilar central do trabalho é como me relaciono com os jogadores. Tem espaço para brigar, brincar e se divertir. A aproximação não tem receio, jogadores carecem de atenção. Minha preocupação com os jogadores é que melhorem em campo e fora dele – disse o treinador, após a partida no Morumbi.

Durante o jogo, as câmeras flagraram um momento descontraído de Diniz com o atacante Luciano, em que o jogo tentou jogar água no chefe.

– Quando (o atleta) para de jogar futebol, ele tem que estar bem financeiramente, e se nós que estamos perto conseguirmos ajudar, é um prêmio que damos para o jogador. Quando é jogador, acha que aquilo vai ser para sempre, mas não é – falou Diniz.

Diniz elogiou o desempenho do time contra o Botafogo, especialmente no primeiro tempo, quando abriu 3 a 0 antes do intervalo. Mas voltou a repetir que vê possibilidade de melhora na equipe.

– Nunca se chega no ideal. Se chega no ideal, é que está para abaixar. Hoje fizemos um dos melhores primeiros tempos desde que estou aqui. Fomos muito compactos, não cedemos contra-ataque. No segundo tempo, oscilamos para baixo. O ideal é melhorar sempre. E vamos fazer isso – analisou.

Na próxima rodada o São Paulo terá pela frente o Corinthians, em clássico que será disputado domingo, às 18h15 (de Brasília), na Neo Química Arena.

– Não tem muito segredo. É encarar o jogo como uma final. Temos final contra o Corinthians, é saber descansar, trabalhar e colocar a energia em prol do time. Não tem mágica e motivo nenhum para empolgação. Tem muitos jogos pela frente e muitos concorrentes pelo título – completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.