Diniz aposta em Cotia para, enfim, construir equipe à sua maneira

Fernando Diniz, enfim, terá uma pré-temporada para poder dar a sua cara à equipe do São Paulo. Depois de assumir o Tricolor no decorrer de 2019, o promissor técnico contará com uma estrutura de dar inveja até mesmo a equipes europeias e que já se mostrou bastante útil ao seu antecessor, que também apostou no complexo das categorias de base para elevar o patamar do elenco.

O São Paulo se reapresenta na manhã desta quarta-feira no CT da Barra Funda, mais precisamente às 10h (de Brasília), quando fará o primeiro treinamento do ano. Posteriormente, no período da tarde, o elenco segue rumo a Cotia, onde às 16h participará de uma nova atividade, desta vez no CFA Laudo Natel, onde ficará hospedado por alguns dias.

Com parte da pré-temporada sendo realizada no complexo das categorias de base do São Paulo, os atletas irão conviver uns com os outros e interagir durante dias seguidos, concentrados, longe de qualquer badalação. A mesma receita deu certo durante a pausa para a Copa América, período em que Cuca e seus atletas utilizaram a estrutura da garotada tricolor para se preparar para o segundo semestre.

E foi após a pausa para a Copa América que o São Paulo chegou a se firmar como um dos postulantes ao título nacional. Depois de um empate em 1 a 1 com o Palmeiras, no Morumbi, o time chegou a embalar uma importante sequência de cinco vitórias, chegando a ficar a apenas dois pontos da liderança do Campeonato Brasileiro.

A estreia do São Paulo no Campeonato Paulista está marcada para o dia 22 de janeiro, às 21h30 (de Brasília), contra o Água Santa, no Morumbi. São 14 dias que separam o elenco tricolor do seu primeiro jogo oficial de 2020, duas semanas completas para Fernando Diniz consolidar a mentalidade que julga necessária para os desafios deste ano, que não são poucos, já que o time está de volta à Libertadores, competição com a qual o clube tem uma conexão especial.

O período em Cotia também será importante não só para evoluir o padrão de jogo da equipe, mas também para a comissão técnica decidir quais atletas que voltam de empréstimo poderão permanecer e ganhar alguma oportunidade no São Paulo. Brenner, Shaylon, Tréllez, Jonatan Gómez, Léo Natel, Araruna, Paulinho Bóia e Everton Felipe são os nomes que terão de passar pelo crivo de Fernando Diniz e seus auxiliares.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

9 comentários em “Diniz aposta em Cotia para, enfim, construir equipe à sua maneira

  1. Só duas semanas de preparação? Não é possível recuperar forma física e treinar o conjunto em tão pouco tempo. Não dá nem para tirar a inevitável barriga que alguns atletas ganham nas festas de fim de ano.

    Deveriam ter planejado um time “B” para esse início de temporada do Paulistão (que não serve para nada), poderiam escalar o mesmo time da última partida do Brasileirão. Mesmo que perdessem alguns jogos, não seria muito prejuízo com essa regra de grupos do Paulistão.

  2. O Diniz não é o técnico dos meus sonhos, preferia um estrangeiro coisa que até o Bragantino foi buscar….mas enfim, é o técnico realidade do sp. Torcendo pra que ele esteja preparado e que o Raí, leco e jogadores estejam certos e que realmente o Diniz tenha sido a melhor escolha.

      • O que pra mim é fato é: dos últimos técnicos que passaram pelo SPFC os únicos com os quais não passamos vergonha foi com o Bauza e o Aguirre. Respeito sua opinião mas pra mim salvo raras excessões os técnicos daqui não apresentam nada de novo.

          • Você desfez do São Paulo comparando-o ao Bragantino. Qual Bragantino é a minha pergunta.
            E esses dois técnicos foram sofríveis, igual a todos os outros, brasileiros ou não.
            Precisa de continuidade e manter o elenco.
            Acho que este ano a coisa vai virar sim.
            Abraço,

            • Até o Red Bul Bragantino procura técnico português mesmo tendo dinheiro pra contratar algum técnico de nome daqui. Eu não desfiz do SPFC. Releia minha resposta.

              Sim, como sempre como todo torcedor começo o ano acreditando que é possível.

              • Desfez sim. Ponto.
                Não é porque o cara é estrangeiro que é bom. Português ainda? O quê o futebol português tem de bom? Não passa de uma aposta. Aposta cara, digasedepassagi.

  3. Alguém avisa o marketing do SPFC por favor que o ano vai começar e que já de cara teremos um jogo em casa, o primeiro do ano…. por que nao fazer um agrado ao torcedor para começar o ano com o estádio cheio? Como são fracos essa ADM do SPFC…. me contrata que num ano o SPFC terá uma das melhores médias de publico no Brasil….. que povo fraco…… inicio de ano estádio lotado é claro que os jogadores tende a jogar mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.