Buscando a liderança, Tricolor tem 5 dias de intervalo entre jogos

O São Paulo, enfim, tem um tempo para descansar e trabalhar após uma dura sequência em novembro. Passada a vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, o time comandado pelo técnico Fernando Diniz conta com cinco dias de intervalo até o seu próximo compromisso, contra o Goiás, quinta-feira, em Goiânia.

O elenco são-paulino não tinha um intervalo tão longo entre jogos desde o fim de outubro. Na ocasião, Fernando Diniz teve cinco dias para trabalhar entre a goleada sobre o Binacional (20/10), por 5 a 1, pela Libertadores, e o empate em 2 a 2 com o Fortaleza (25/10), com o Tricolor passando nos pênaltis às quartas de final da Copa do Brasil.

Daí em diante, o São Paulo teve de se conformar com uma sequência de partidas a cada três ou, no máximo, quatro dias. Mesmo assim, a equipe não sucumbiu, muito pelo contrário. Em novembro o Tricolor se manteve invicto, com sete vitórias e dois empates em nove partidas no mês, se consolidando como um candidato ao título do Campeonato Brasileiro.

Apesar desses cinco dias, Fernando Diniz poderá trabalhar com seus titulares em apenas duas atividades. Isso porque no último domingo o elenco folgou e nesta segunda-feira apenas os atletas não relacionados para a viagem ao Nordeste treinaram no gramado. Como o duelo com o Goiás acontece na quinta, o comandante tricolor terá somente terça e quarta para promover ajustes.

Com 41 pontos, o São Paulo é o atual segundo colocado do Campeonato Brasileiro e pode chegar a 44 pontos caso vença o Goiás na próxima quinta-feira, em Goiânia, assumindo a liderança da competição mesmo com um jogo a menos que a maioria de seus demais concorrentes. O Atlético-MG, que figura na ponta da tabela, tem 42 tentos, mas com duas partidas a mais que o Tricolor.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.