Aposta em Diniz provoca debate entre dirigentes do Morumbi e do CT

O departamento de futebol do São Paulo tem a convicção de que Fernando Djniz é o nome certo para dirigir o time no Campeonato Brasileiro. No entanto, nem todo mundo dentro do clube compartilha tal opinião. Segundo apurou o UOL Esporte, boa parte da diretoria tricolor que atua no Morumbi acredita que seja o momento ideal para a mudança de comando. Afinal, o time tem uma semana de trabalho até a estreia no nacional, dia 9, contra o Goiás, fora de casa.

Já os funcionários do departamento de futebol que atuam no CT da Barra Funda acreditam que evitar novamente a troca da comissão técnica, a boa convivência com o elenco, o respeito pelo trabalho do treinador e a sua metodologia são alguns dos motivos para a sequência, mesmo depois da derrota para o Mirassol por 3 a 2 e a consequente queda no Paulistão. O executivo de futebol, Raí, é um dos principais entusiastas de Diniz.

Além do revés nas quartas de final do Estadual, considerado um dos momentos mais vexatórios na história recente do clube, outros fatores explicam a visão contrária de quem atua no Morumbi. Fernando Diniz não conseguiu ainda conquistar um título ou ter êxito em um grande clube — deixou Athletico-PR e Fluminense. A insistência em um único estilo de jogo, sem variação de repertório, também é outro ponto questionado.

Quem defende essa tese ainda ressalta que o time teve um bom momento em duas partidas antes da paralisação das competições por causa da pandemia do novo coronavírus (contra a LDU e o Santos), sendo que no clássico o arquirrival teve um jogador a menos por causa da expulsão de Jobson. No restante do trabalho, que iniciou em setembro do ano passado, houve muita instabilidade e resultados não tão convincentes para uma equipe do padrão do São Paulo.

O treinador foi contratado para o lugar de Cuca durante o Brasileiro de 2019. Diniz comandou a equipe em 30 partidas até agora, obteve 14 vitórias, sete empates e nove derrotas (54,4% de aproveitamento dos pontos).

 

Fonte: Uol

7 comentários em “Aposta em Diniz provoca debate entre dirigentes do Morumbi e do CT

  1. E assim vamos… de derrota em derrota, de fracasso em fracasso, acreditando que dias melhores virão, e que um estagiário possa se tornar um treinador de sucesso. A aposta tem se mostrado vexatória, mas na gestão do São Paulo, existe pessoas que acreditam em Papai Noel e entendem que o “trabalho” é bom, e que vitórias são apenas detalhes…Detalhes tão pequenos que não fazem diferença alguma. Bem remunerados para o padrão brasileiro de salários, vão continuar “embromando” e o desfecho, ao final do brasileiro, será o mesmo de sempre. Virão novas desculpas, novas justificativas e tudo seguirá como dantes no Quartel do Abrantes, digo: do Raí, Pássaro, Lugano e Cia. Quem viver verá que tenho razão!

  2. O problema do SP é o Rai e o Leco, pela demissao dessas podemos pensar em um novo tecnico. Por essa diretoria, o sustituto do Diniz sera o Mano, entre diniz e Mano/ Felipao, prefiro o Diniz.
    Osorio,é enganaçao.
    Idealmente termiamos que ter um tecnico de fora, mas seriam caros e escaços.

    #forarai
    #ForaLevo

  3. E os INCOMPETENTES Lecú, Raí, Pássaro vão continuar apostando nesse ARREMEDO de técnico, depois ele larga o time na zona de rebaixamento e chamam algum técnico que presta pra salvar, como todo ano é assim.

    Por muito menos o PTista incompetente do Rái mandou o Aguirre embora, esse APRENDIZ DE PARDAL do Diniz não presta nem pra limpar o agasalho do Aguirre.

    #foraDiniz
    #foraRaí
    #foraLeco
    #fimdoResortdaBarraFunda

  4. Enquanto o Diniz não entender que ele não montou o time, e tem jogadores fora da características de jogo q ele tem, e dosar isso pra colocar em jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.