Antony volta à Libertadores em novo patamar no São Paulo

Antony viajou com o São Paulo para enfrentar o Binacional, nesta quinta-feira, às 21h, em Juliaca, no Peru.

Em um ano no São Paulo, Antony viu seu status mudar completamente. Ele foi de preterido na eliminação da Libertadores de 2019, quando foi reserva diante do Talleres, para indispensável no time que estreia na edição de 2020.

Relacionado pelo técnico Fernando Diniz, Antony desfalcou o São Paulo na vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, domingo, no Morumbi, por causa de uma entorse no tornozelo. Mas se recuperou e trabalhou nos últimos dias.

No ano passado, coincidentemente um jogo contra a Ponte Preta, no Paulistão, precedeu o jogo do São Paulo na Libertadores. Mas o cenário era diferente para Antony e o Tricolor.

O então técnico André Jardine aproveitou a partida como um teste final antes do jogo de mata-mata pela segunda fase da Libertadores para tirar uma dúvida entre Antony e Helinho. O técnico escolheu Helinho na derrota por 2 a 0 para o Talleres, na Argentina, e Antony ficou no banco o tempo inteiro.

No duelo de volta, empatado sem gols no Morumbi, Antony foi usado apenas aos 42 minutos do segundo tempo, no lugar de Willian Farias, e o São Paulo acabou eliminado.

Um ano depois, Antony se firmou no time titular e foi vendido ao Ajax depois de terminar o Brasileirão de 2019 como atleta que mais participou de gols no time. Ele marcou quatro vezes e deu seis assistências na competição.

O São Paulo viaja nesta quinta-feira em voo fretado de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para Juliaca. A logística foi feita para minimizar os efeitos da altitude.

Para esse jogo, estão fora:

  • Juanfran (dores na panturrilha)
  • Vitor Bueno (entorse no tornozelo esquerdo)
  • Everton e Brenner (suspensos)
  • Rojas, Léo e Gabriel Sara (departamento médico)
  • Fernando Diniz suspenso por um gancho que ele carregou do Fluminense, pela Sul-Americana

Desta forma, o provável São Paulo é o seguinte: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Antony, Pato e Pablo.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.