Perder clássico dói, mas foi jogo “perdível”

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, ninguém gosta de perder clássico,nem ter contra si um tabu de qualquer natureza. O jogo deste domingo talvez tenha sido o de maior condição de acabarmos com a história de nunca termos vencido em itaquera. Time líder do campeonato, sobrando, sem torcida e o adversário na parte de baixo da tabela. Mas perdemos.

É inacreditável o que acontece com o time quando joga lá. Aliás, foi o primeiro clássico que perdemos no ano. Mas houve uma recaída e o time apresentou um futebol patético, com erros primários, resultando num futebol medonho e resultado justo. Afinal, o Corinthians treinou 10 dias para marcar o São Paulo. E conseguiu.

Me causou estranheza a quantidade de erros de Daniel Alves. Errou todos os passes, deu chutes grotescos, desarticulou o time. Não quero pensar que isso possa ter alguma coisa a ver com a eleição de Júlio Casares para a presidência do São Paulo e a quase certa demissão de Raí. Aliás, espero que isso seja uma simples viagem na maionese de meu pensamento.

Mas o jogo foi “perdível”. Não se imagina ganhar um campeonato sem derrotas. E nosso jogo é o da quarta-feira. Esse sim, contra o Atlético-Mg, temos que ganhar. Preocupa a situação de Luciano. Parece ter sido uma lesão muscular e isso pode deixá-lo fora de ação por até um mês.

Vamos aguardar, mas sem entrar em desespero e jogar por terra tudo o que foi feito até agora. Seguimos líder do Brasileiro. E isso é o que interessa.

16 comentários em “Perder clássico dói, mas foi jogo “perdível”

  1. O Daniel Alves vem mal há tempos. Só que a vitória parece ter o poder de perdoar tudo.

    Ele entregou bolas como as de ontem nas últimas vitórias, chamei atenção para isso nos comentários de antes do jogo contra o Botafogo, na matéria que falavam sobre a falta que ele faria….

    Ontem, ele entregou mais bolas em condição de finalizar para os adversários do que para os colegas. E ainda teve bolas perdidas no ataque e lançamentos que foram direto para fora. Em resumo: ele mais atrapalhou que ajudou. O fato de mesmo assim ter ficado até o final fortalece minha impressão de que o Diniz tem medo dele.

    Mas a derrota não foi só culpa do Dani. A saída do Luciano, que ajuda no meio, bem como a recorrente falha de deixar atletas lentos correndo atrás dos atacantes adversários foram determinantes.

    No lance do gol, havia a chance de fazer a falta no meio, logo quando a bola foi perdida, mas cercaram e tentaram roubar.

    No jogo anterior, ao ver a insistência do Sara em agarrar o adversário, pensei que o time finalmente tinha adotado às faltas técnicas como meio de impedir esses contra-ataques velozes. Ou fazem essas faltas ou vão precisar segurar atrás um volante ou um lateral. Não dá para esperar que os zagueiros vençam os atacantes vençam os atacantes na corrida lance após lance.

    • E alguém manda o chefe embora ou toma posições contra ele? Obedece quem tem juízo.

      Você não esqueceu que o Dani Alves que trouxe o Diniz, não é?

  2. Precisamos entender que é difícil permanecer as 13 rodadas faltantes em primeiro lugar. Pode ser que, à frente, algum time nos ultrapasse na tabela, mas o importante e ir até a última rodada em condições de sermos os campeões. Aliás, quem sabe se o último jogo não seja uma final entre o SPaulo do Diniz, contra o Flamengo do Ceni?
    O Diniz tem todos os méritos e as culpas por estarmos 4 pontos à frente do segundo colocado.
    Poderíamos estar melhor, caso não tivéssemos perdido, por exemplo, 5 pontos para o Vasco, que não ganha de ninguém mas ganhou de nós.
    Poderíamos estar pior, caso não tivéssemos quebrado o tabu na arena palmeiras; e vencido dois dos 3 jogos que atrasados.
    Enfim, gostando ou não de sua “saidinha” estamos onde estamos por causa de seu excelente trabalho. Vai ser campeão? Só o tempo dirá. Se depender do trabalho do treinador creio que sim.
    Minhas restrições contra seu trabalho são apenas duas: a insistência na tal “saidinha”; e o uso restrito que faz do banco de reservas que parece ter apenas Pablo (péssimo); Vitor Bueno (cansado) e o Hernanes (aposentado). Parece que ninhém mais serve para ele.
    Falando em banco de reservas, me vem à cabeça a lembrança de que, com o Aguirre, começamos a cair na tabela após a contusão do Éverton, que na ocasião vinha fazendo um grande campeonato, e o treinador não foi capaz de fazer uma escolha simples do substituto, começando a inventar – inclusive o Reinaldo como ponta.
    Coincidência ou não, o “Éverton nesta ocasião”, o Luciano, ontem saiu machucado, com pinta de ser coisa grave.
    Espero que o Diniz não utilize o Pablo como seu substituto em nenhuma hipótese. Ontem deu pra ver bem como seria com ele.
    Espero, tb, que a história não se repita. . .

    • No meu entender, o momento que o time passou a jogar bem no ataque foi quando o Pablo saiu para a entrada do Brenner.

      Logo, não pode voltar com o Pablo, não pelo menos na mesma função ( Pablo deveria tentar outra posição, no ataque, até aqui tem sido horrível).

      Se for para fazer dupla com o Brenner, espero que o Diniz teste outro jovem ou o Rojas, se estiver pronto.

  3. O time erro tanto que poderia ter tomado 3 no primeiro tempo. Não deu pra arrumar o time porque quem dita o ritmo é o Luciano, repare que todo ataque ou começa ou passa por ele. Sem ele a gente volta a ser o time que enfrentou o Mirassol e 3 primeiras assombrosas rodadas do brasileirão.

    Não acho que tenha que ser o Pablo o substituto, tem que ser outro nessa função, pode ser o Igor Gomes ou sei lá. Mas se não tiver alternativa vamos despencar pelas tabelas. Agora vamos ver a solução do Diniz.

  4. Realmente desagradável esse tabu….mas a HR cai….contra o Palmeiras time rico, com ótimos jogadores, que achava até mais difícil já foi, contra o time de ontem sem dinheiro pra ter gdes jogadores uma hora esse tabu tbm vai embora. O mais importante é ver se o tabu de 8 anos sem titulos tbm acaba, esse é o mais importante.

    Tomara que o Luciano volte logo, mas acho que vms ter de ir com Vitor bueno.

    Sobre o Diniz precisa preparar melhor o time pra jogar em Itaquera. Não é o técnico dos sonhos mas é o que temos. Talvez seja melhor manter e reforçar o time pra próxima temporada, pelo menos é um técnico desconhecido e desacreditado que dificilmente vms perder pra outros gdes times ou seleções (bauza e Osório), então vai ficar e desenvolver o trabalho.

  5. A verdade é que até os torcedores ficaram eufóricos com a campanha do time!!!

    E todos compraram uma idéia de que somos um super Time e, justamente quem não deveria entrar nessa onda era os jogadores e eles entraram!!!

    Nos últimos dias eu vi várias discussões do tipo… Ah o Raí deveria ficar ou não, vamos renovar com o Diniz, vamos ganhar a copa do Brasil e o Brasileiro, quem é o principal jogador do time, enfim…

    E nós continuamos com 8 anos de fila… NÃO GANHAMOS NADA, NADA, NADA E NADA!!!!

    Ainda temos um elenco Fraquíssimo!!!

    Não somos favoritos a NADA, Deixe o Flamengo e o ATM serem os favoritos, devemos continuar quietos apenas Trabalhando e correndo por fora!!!

    Foi assim que chegamos a liderança e se quisermos chegar no título devemos continuar assim!!!

    E só pra não passar batido, o Raí deve sair SIM dia 31 de Dezembro, nada de fica não!!!! Ele teve 5 anos a frente da diretoria se não conquistou nesse período foi por incompetência!!!

    Acabou o contrato vai embora chega, jogador não tem que escolher quem fica e quem sai, se o treinador não gostar a porta da rua é serventia da casa!!!!!

  6. Lição aprendida, proximo jogo na no galinheiro da Caixa podemos escalr 100% reservas.
    Perder um jogo no brasileiro faz parte.
    Momento de descer do salto, e ir pra cima!

  7. vamos dividir o comentário em duas partes .

    primeiro vamos falar da eleição : SPFC estar de presidente novo eu desejo que tenha uma grande gestão cheia de títulos e grandes acertos

    agora o que vai acontecer ? pela seu discurso da vitoria o DINIZ ficar e o RAY e duvida para janeiro e certeza de sair em fevereiro . vamos aguardar o que vai acontecer

    segundo vamos falar o que o time precisa melhorar para jogar contra o grêmio e contra o atletico-mg : volpi tem que treinar mais defesa de bola no chão que é seu principal defeito hoje já que bolas a meia altura ele defende todas . Gabriel sara, igor gomes e danile alves tem que marcar mais no meio e o luan precisa fazer melhor a cobertura do reinaldo e do rual fran . pablo tem que jogar dentro da área

    terceiro VAMOS DAR UMA SEGUNDA CHANCE PARA O DINIZ PROVAR QUE ESTAR PRONTO PARA SER TREINADOR DO SPFC

    GANHOU DO ATLETICO-MG E CHEGOU A FINAL DA COPA DO BRASIL ( não tem mais discussão o DINIZ merece ser o treinador do SPFC em 2021 e ponto final )

    GANHOU DO ATLETICO-MG E FICOU FORA DA COPA DO BRASIL ( não tem discussão o DINIZ fica ate fevereiro e depois vai embora )

    PERDEU DO ATLETICO-MG E FICOU FORA DA COPA DO BRASIL (não tem discussão o DINIZ deve ser demitido de imediato do SPFC )

    SPFC VOCE É MUITO GRANDE

  8. Não concordo que era perdivel, era ganhavel até como as galinhas estão jogando time deles era pra estar no Z4, agora perdivel será próximo até pelo adversário ser melhor qualificado, e se perder aí sim vamos voltar a ser o velho são Paulo que não vai ganhar nada esse ano, de novo.

  9. Derrota “perdível”, mas extremamente preocupante. O problema não foi a derrota mas sim como perdemos. Se tivéssemos perdido jogando de igual para igual, com várias oportunidades perdidas e o time jogando bem, vá lá. Seria outra coisa, mas nada disso aconteceu. O time foi engolido, não mostrou reação e se perdeu em campo. Assim, um time que quer ser campeão não pode oscilar dessa maneira. Não pode jogar como ontem. Estou preocupado e acho que se perdemos para o Atlético na quarta, em casa, poderemos dar adeus a possibilidade de título. O time irá desandar, pois pela frente só pegaremos pedreira que dificilmente conseguiremos ultrapassar. De qualquer maneira, e acima de tudo, torço por uma boa vitória.

  10. Antes de mais nada, diretoria & conselheiros marditos,por tudo que tem
    acontecido nessa gestão, deveriam sair, já, imediatamente, para que transição.
    Agora, temos dito, primeiro, o maestro do time é uma piada, de mal gosto,
    no jogo anterior Che-Che o substituiu e foi muito, muito acima do maestro, não meu.
    Segundo, diniz, sim, responsável por tudo de bom que tem acontecido, mas o que aconteceu,
    mesmo, nada, sim, até agora, vexames.Trenero incompetente de uma nota só,
    compromete a defesa com sua|dizinofrenia, e consequentemente tudo, não tem uma saida
    rápida, aliás propicia isso ao adversário, eles chegaram n. vezes no contra ataque, que não temos.
    Ahhh se tá falando merda, vão dizer, podemos ser campeões, sim podemos, mas seria mais facil
    com outro qualquer.
    Bem, perdemos um jogo perdível, para mim por mais fanatismo, não existe jogo perdivel,
    ainda mais contra quem, nossos inimigos mortais. Não me venha com essa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.