Tropeços fazem parte de uma caminhada que pode ser vitoriosa

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o empate indigesto contra o Vasco neste domingo, no Morumbi, pode passar para alguns a impressão – espero que falsa – de que o time continua sendo inconstante, não merecendo confiança. Não é o meu caso.

Fiquei frustrado com o empate? Claro que fiquei. Esperava uma boa vitória para evoluirmos no Brasileiro? Claro que sim. Mas temos que ver o que acontece com os outros time se analisar nossa situação por outro prisma.

Dos líderes, aqueles ocupam o G6, quem venceu nessa rodada? Só o Flamengo. Diga-se de passagem, já vinha de muitos jogos sem vitória. O São Paulo continua sendo o time com melhor aproveitamento de pontos no Brasileiro. Pelas contas que devemos fazer para almejar o título, estamos dois pontos abaixo da média exata.

E temos que lembrar que, pela diferença que os líderes (Flamengo e Atlético-MG) tem do São Paulo, bastam três improváveis empates contra Ceará, Goiás e Botafogo para sermos líderes. Disse “improváveis” porque não posso admitir que o São Paulo não ganhe do Botafogo no Morumbi, ainda que admita empates contra Ceará e Goias, fora de casa.

Entendo nossa ansiedade pela conquista de um título, mas o excesso de pessimismo que vejo em alguns comentários acabam formando uma corrente negativa em torno do time e da própria torcida. E isso é tudo o que não precisamos.

Acredito, sim, em coisas boas para nós no Brasileiro e na Copa do Brasil. Vamos torcer e ter fé.

12 comentários em “Tropeços fazem parte de uma caminhada que pode ser vitoriosa

  1. Bom, acho que não é questão de ser pessimismo em excesso. A questão é torcer, vibrar e apoiar sem deixar de reconhecer pontos fracos. Ainda mais quando se trata de um time que já está muito manjado por todos os treinadores. A ressaca contra o Vasco é típica. Podemos considerar que o São Paulo “normal” se situa entre o time super aplicado que venceu o Flamengo e o jogo sem inspiração contra o cruzmaltino.
    Portanto, acho que o clima já deixou de ser de ódio mortal ao Diniz, mas de otimismo contido. Já escrevi em outro comentário que esse time me lembra a equipe do início de 2001 a 2003. Tinha Kaká, França, Luís Fabiano, Ricardinho e Simplício do meio para a frente mas a zaga era um lixo. Íamos bem nas competições mas falhávamos na hora h.
    Essa é a dúvida que tenho hoje. Só o Diniz pode saná-la.

  2. Apesar da boa campanha, não acredito que seja campeão por causa desses tropeços e das trapalhadas do Diniz.
    O pior eh que a torcida se empolgou e já está confiante em título, mas pode se decepcionar como no paulistão, na libertadores e na sul-americana.

  3. Para chegar bem ao fim de uma caminhada (vitoriosa?) não dá para ficar tropeçando em pedregulhos; e isto está acontecendo sempre com o S.Paulo (não só o do Diniz, diga-se de passagem: há muito tempo é a mesma ladainha).
    Se eu pudesse dar um palpite para o Fernando Diniz, que parece ser psicólogo, se desestressar e conter um pouco seu time quando joga contra times retrancados.
    Tem acontecido constantemente jogando contra esses times, principalmente no Morumbi, uma pressão imensa por sair logo á frente no marcador e acaba acontecendo exatamente o contrário: acabamos por tomá-los.
    Então, Sr. Diniz, nos próximos 3 jogos, fora de casa e contra times na zona de rebaixamento, lembre-se que vamos ter 90 minutos para fazer um gol e ganharmos a partida, caso nos defendamos de acôrdo. . .
    Use o regulamento: 1 a 0 vale os mesmos três pontos.
    Todos, repito: todos, treinadores já sabem como jogar contra o S.Paulo. Basta uma marcação baixa e encorpada que, certamente, vão ter muitas chances de marcar em contra-ataques por falhas em nossa marcação, exatamente por estarem todos ansiosos no ataque, querendo sufocar o adversário em seu campo.
    Temos possibilidade de fazer gordura nestes próximos jogos. Cabe ao treinador ter mais tranquilidade na hora de montar sua estratégia de jogo e buscar as vitórias pragmaticamente.

  4. Diretoria & conselheiros, marditos, mais o raí, que foi inoperante, tanto quanto o trenero.
    Não acredito que esse cara vá nos levar a conquistar alguma coisa, algum caneco, mais especificamente.
    Ney Franco, era fraco, mas deixou seu nome gravado num titulo, especial, alias, o ultimo, que teve o Ceni,
    como maestro, o mesmo Ceni, hoje criticado por muitos, memória curta, tinha Lucas, detonando, até Ganso, Luis
    pipoka e outros como Casemiro, Maicon, Cortez, Cicero, chega.
    Hoje, temos um uma dinizopatia, explicita, o time não se encontra.
    Já disse dos dois campeonatos, o brasileiro, estaria já dentro da nossa casa,não fosse fatos já analisados.
    Agora, agora, é esperar, o futebol ou a bola pune.
    Não dá mesmo, para ser otimista com tamanha oscilação, só para alguns,
    não para mim.

  5. Venho dizendo aqui há tempos: é só arrumar essa defesa que seremos campeões.

    De novo tomou gol de um catado de time que luta para não ser rebaixado. Jogar mal, tomar gol ridículo faz parte em um campeonato com 38 rodadas. O que não dá é acontecer em uma porcentagem muito grande de jogos e depois ter que correr atrás para virar.

    Em condições normais, já estava dando o título como certo. Time bom só é bom depois de ser campeão. No passado, abríamos 5 pontos e já dávamos como certo o título. Hoje fico preocupado com a presepada da saída de bola, com gols em falhas ridículas de zagueiro que não é zagueiro, mas foi escalado “porque constrói melhor na primeira parte”. Que desgraça é essa de zagueiro que “constrói melhor na primeira parte”?

    O ataque estava tendo um aproveitamento excelente e compensava as falhas defensivas. Ontem não aconteceu e já teve “torcedor” (só se for torcedor do Diniz) descendo a lenha no nosso artilheiro.

    Podemos ser campeões nas duas competições mesmo que o Diniz não saiba arrumar as falhas defensivas. Mas vai ser um sofrimento só.

    Para o ano que vem, um técnico que saiba fazer o básico e não atrapalhar. Pode até ser o Diniz, desde que tenha o Muricy fungando no cangote dele.

  6. Também acho mas ontem ficou evidente o cansaço batendo à porta.
    Será difícil, mas estamos sim emparelhados com os favoritos.
    Mais uma vez ficou claro que D Alves não consegue mais correr atrás dos atacantes adversários.
    Parabenizo a comissão técnica pelo trabalho de prevenção da COVID.

  7. Temos 3 jogos seguidos fora, Ceará, Bahia e Goiás.

    Agora é a hora de sabermos nossas reais pretensões no campeonato, tem que fazer 7 pontos no mínimo. Mas o certo seria 9.

  8. Empate com o Goiás Paulo???

    Quer repetir o roteiro de 2018 naquele empate fora contra o Paraná?? A partir dali foi ladeira abaixo!!!

    Quer ser campeão tem que fazer 9 pontos nesses jogos!!!

  9. Paulo respeito muito sua opiniao e de todos sao paulinos, mas infelizmente nao é ser negativista, pessimista demais, mas sinceramente essa é a verdadeira cara do sao paulo do diniz que vimos ao longo de muitas derrotas sofridas, eliminacoes sofridas, que nos fez ou pelo menos a maioria nao acreditar piamente nesse time, e digo isso pq seu Diniz continua fazendo mer…. nas escalacoes e depois que a vaca esta quase deitando ele tenta resolver, ontem se o vasco fosse um time um pouco melhor teriamos amargado mais uma derrota vexatoria em pleno morumbi e de novo, mas logico que reconheco que o sao paulo é o melhor entre todos os concorrentes ao titulo menos derrota, melhor aproveitamento dos pontos e etc, e todo time campeao tropeça tb, mas sinceramente nao vejo o sao paulo melhor contra times que sabem se fechar e fechar principalmente essa saida ridicula de bola de toques de lado e para tras, logico Vasco veio para arrancar pelo menos um empate e conseguiu se tivesse mais qualidade e coragem teria ganho, e olha que tiveram 9 desfalques.
    Alias é facil ganhar do sao paulo, e por isso que todo time fraco consegue tirar casquinha de nos, ontem perdemos 2 pontos, e logico que estamos no pareo, mas seu diniz e os jogadores que vacilos desses podem custar o campeonato e avanço de fases.
    Sao Paulo, diniz e cia abra o olho pq o Gremio nao é tao bobo e inocente como o flamengo.
    E logico vamos torcer para que tenha sido apenas um deslize pequeno e contra o Ceara voltemos a ganhar.

  10. Não acredito muito que “corrente negativa” vai influenciar no resultado, haja visto quê, os melhores resultados desse time aconteceu justamente quando ninguém acreditava caso de vencer 3 jogos contra o “Todo Poderoso Flamengo”, assim como os piores resultados vieram quando todo mundo esperava uma goleada ou alguém naquele jogo contra o Mirassol alguém achava que iríamos perder???

    Fato é que o maior problema desse time é o nível de concentração, nesse último jogo o Pagodeiro deu pelo menos 3 contra ataques para o Vasco fazendo graça mas isso ninguém fala porque é o pagodeiro fino do time se fosse o Igor Gomes, o Reinaldo a torcida estava massacrando!!!!

    Time que quer ser campeão tem que ter um nível de concentração maior que estamos apresentando, não dá pra jogar bem contra Palmeiras, Flamengo, Santos, Inter e depois perder pontos em casa para Bragantino, Bahia, Coritiba e Vasco….

    Esses resultado não acho que foi por uma “Corrente negativa”, ou as vitórias foram por uma “corrente positiva”

    O que vem ditando nossos resultado é o nível de Concentração dos jogadores, quando o Diniz estava pra cair contra um Palmeiras invicto, muitos torcedores já estavam escolhendo nome de treinadores para assumir o São Paulo e gente foi lá e quebrou tabu e jogamos bem… O que temos que cobrar desses jogadores é CONCENTRAÇÃO!!!!

    Eu ainda não confio nesse time, não quer dizer que torço contra, apenas não crio expectativas de títulos para esse time, e torço pra que eles me surpreendam!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.