O jogo da vergonha. Mas continuamos no G4.

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, se temos algo a comemorar neste domingo é que continuamos no G4, apesar do desastre de Itaquera. A situação ficou um pouco mais complicada porque o Internacional ganhou e agora, empatado em pontos com o São Paulo, tem apenas cinco gols a menos de saldo do que o Tricolor. Digo “apenas” porque um time que toma de seis dos reservas do Corinthians não pode considerar uma diferença destas alta, ainda que nossos próximos adversários sejam o Figueirense, no Morumbi, e o quase já rebaixado Goiás, em Goiânia.

Tudo o que elogiei Milton Cruz na quinta-feira ruiu neste domingo. Sei que ele não tem culpa do Ganso ter sentido uma contusão. Mas por que o Wesley? Não era a hora de vermos o Daniel? E por que, apesar de estar perdendo por 3 a 0 no primeiro tempo, voltou para o segundo com Luis Fabiano no lugar de Rogério, que era o atacante que fazia alguma coisa que preocupasse a defesa corinthiana?

Também escrevi, lá atrás, que Rodrigo Caio e Lucão formavam a melhor dupla de área do São Paulo – claro, pelos jogadores que tempos no elenco e considerando Breno machucado -. Mas hoje fiquei me indagando: o Lugano que é muito velho e não pode jogar nesta defesa ou o Lucão que é muito novo e não pode jogar no time titular?

E o Carlinhos, um dos jogadores mais criticados pela torcida – não por mim -, acaba sendo o melhor do time, marcando o gol e sofrendo o pênalti. Não sei se Luis Fabiano pipocou ou se Kardec foi muito incisivo para fazer a cobrança. Mas se foi a segunda opção, que fosse incisivo até o fim, não desse aquele chutinho nas mãos do goleiro.

Uma coisa é certa: Ganso faz falta ao time. Pode ser morto, lento, pouco participativo, mas com ele em campo o time cria alguma coisa. O que foi criado neste domingo? Ficamos na dependência de Michel Bastos e Wesley para isso. E foi o que vimos. Um horror. Por isso sou radicalmente contra a saída de Ganso. Ele pouco participativo é melhor e mais útil que todos estes que estão aí.

Depois desta goleada a situação do vice-presidente de Futebol, Ataíde Gil Guerreiro, também ficou delicada. Já há quem diga no clube que ele fica somente até o final do ano. Tem como meta entregar o time classificado para a Libertadores. Eu era defensor de sua presença no cargo, mas a esta altura já acho que seu prazo de validade está vencido. Então, se o fim está próximo, que não seja ele o responsável pela contratação do novo técnico. Deixe com Leco, pois não podemos nos dar ao luxo de ter um técnico com apoio do vice-presidente, que virará ex-vice, e não contar com a simpatia do presidente. Será outro Doriva da vida, só que em papéis trocados.

Sei que estou chato, cheio de perguntas e cobranças, mas também não posso deixar de fazer alguns agradecimentos pelo 2015 que tivemos: ao ex-presidente Carlos Miguel Aidar, responsável maior por este ano trágico, com corrupção, comissões, namorada, e outras coisas. Aqui incluo seus principais vice-presidentes. Também ao ex-presidente Juvenal Juvêncio, que rasgou o regimento interno, se perpetuou no poder, fez o São Paulo descer do degrau em que estava, acima dos nossos rivais e para completar a lambança fez de Carlos Miguel Aidar presidente, o pior, certamente, da história do São Paulo. E aos conselheiros que aceitaram passivamente tudo isso, dando, inclusive, seus votos para eleger Aidar. Os senhores, muitos que viraram oposição e hoje voltaram ao poder, também são responsáveis.

Mas não vou deixar de fora o elenco. Um time que num ano toma de 3 e de 4 do Palmeiras, duas vezes de 3 do Santos e de 6 do Corinthians  vai ficar marcado por ter feito parte das maiores vergonhas do nosso clube. Rogério Ceni não merecia isso. Melhor seria ter parado ano passado para não se misturar a certos jogadores que tem sangue de barata nas veias.

Para encerrar, como gigante é gigante, tudo isso aconteceu e nós continuamos no G4. Esse elenco não merece ir para a Libertadores.  Mas a instituição merece. E, por ser gingante, ainda acredito que iremos. Vou torcer muito para isso, pois não é hora de torcer contra para termos mudanças. Elas terão que acontecer, de uma forma ou de outra. E estaremos aqui, torcendo muito, mas cobrando mais ainda.

40 comentários em “O jogo da vergonha. Mas continuamos no G4.

  1. Na minha opinião o SPFC não merece libertadores ano que vem. Botar a casa em ordem, mandar muita gente embora, tirar os corruptos e começar do zero. O São Paulo precisa urgentemente deixar de ser dependence da verba de direitos de imagem, porque isso tem criado uma distorção na competitividade do campeonato, já que a RGT paga 40 milhões a mais para o Corinthians. Precisa ser independente financeiramente e um clube mais sério.

  2. paulo pontes ,porque o senhor nao faz um post cobrando o planejamento 2016 que já estar super atrasado . obs: e apenas uma sugestão nada mais que isso .

    abraços a todos os soberanos

  3. urgente :
    senhor paulo pontes , nao sei se é verdade mais vir agora a pouco na net que o cuca esta acertado com o soberano o senhor tem essa informação.

    se for verdade o soberano vai volta para o lugar que nunca deveria ter saido

    abraços a todos os soberanos.

  4. hoje a tarde terá uma coletiva do presidente do soberano ,eu espero que ele fale o nome do treinador 2016 ,porque caso ele nao fale infelizmente nao terá mudado nada no soberano ,ou seja 6×1 é muito grande para ficar de joguinhos de esconde esconde de treinador .

    abraços a todos os soberanos

  5. Sou apaixonada por este time! Me doeu na alma o que aconteceu ontem. Mas ontem, foi só mais um dos reflexos de tamanha incompetência na administração dos últimos anos. Parece que trocamos de lugar com o Corinthians…. Eram eles os corruptos, sem estratégia, sem planejamento…. E agora somos nós! A única diferença, é que mesmo com tudo isso, os jogadores deles nunca se entregaram, o que fizeram com que eles ficassem anos sem ganhar de nós, mas nunca passarem pela vergonha de ontem! Precisamos de mais Rogérios, que verdadeiramente amam o que fazem!
    Basta! Precisamos de dirigentes que Amem o nosso time e não coloquem os interesses pessoais acima de tudo! Precisamos resgatar o profissionalismo do nosso Clube!

  6. Vejo muitos falando pra mandar o Milton embora. Concordo que deve ser demitido, mas não pelo jogo de ontem. Convenhamos ele não é treinador, estava quebrando um galho. Eu o mandaria embora pelas indicações e observações técnicas dos últimos 6 anos simplesmente pelo fato de que não houve resultado dentro de campo. O ataide também pelas escolhas erradas na montagem do elenco, e o Gustavo só ficaria se recebesse muito abaixo doque foi divulgado pois ele não tem currículo para receber salário top.

  7. Até antes desse jogo contra o SCCP eu nutria, além de esperanças, o desejo intenso pelo Tricolor na Liberta/16.
    Agora mantenho apenas as esperanças, porque, se for pra pensar bem, essa porcaria de time, que não deve ser bem reforçado, vai fazer o que no torneio sulamericano? Jogar por jogar e ser eliminado (com otimismo) nas oitavas de final, sabe-se lá com quais placares?
    Sai fora…

  8. Pelo Amor de Deus Sr. Ataide se tem mesmo vergonha na cara e é só um pouco São Paulino, só um pouco, sai vai cuidar de outras coisas deixa o SPFC respirar. Infelizmente já deu, pois tudo que for tentado pelo Sr. não dará certo. Seja digno e pense no SPFC deixe algo novo entrar para mudar seu tempo acabou acorde para realidade vocês levaram o time ao fundo do poço.

  9. Não tenho vergonha do time, tenho vergonha dos conselheiros que elegem presidentes irresponsáveis e ladrões, tenho vergonha desses conselheiros que lavam as mãos a muitos anos e não fiscalizam as administrações, que só são conselheiros para poder encher a boca em reuniões de endinheirados… Esse é o câncer do são paulo, enquanto essa corja não for banida nosso time tem um futuro tenebroso.

  10. Prezado Paulo:

    Com este time sem compromisso não poderiamos terminar diferente;
    No Jogo contra o Santos na vila, só não tomamos de 6 ou 7, porque eles tiraram o pé;
    Temos que reformar geral o elenco e, a palavra chave tem que ser comprometimento;
    O Real levou uma sacola do Barcelona, mas veja o jogo, como eles correram em campo.
    Ontem não visto isto de nossos jogadores

  11. Os 7 a 1 do Mineirão, na Copa do Mundo do ano passado, foram simbólicos. Pois eles eram o retrato fiel da diferença entre Alemanha e Brasil no futebol da atualidade.

    O 1 do Brasil talvez seja o talento, ainda presente na matéria-prima mal trabalhada. Os 7 da Alemanha estão por todas as partes: futebol de base, seriedade, formação de profissionais, atualização tática, estrutura dos clubes, fomento ao esporte por parte da federação, enfim. Acho que é até mais do que 7 a 1.

    O jogo, portanto, foi mais que um jogo. Foi um tratado. Um livro.

    Impossível não fazer um paralelo com os 6 a 1 do Corinthians sobre o São Paulo nesta tarde de domingo. Que podem até ser vistos como um 7 a 1, pois o pênalti defendido por Cássio valeu um gol.

    O São Paulo, dono de um discurso soberbo que foi comprado meio mundo, posou durante anos e anos como o único clube moderno e organizado do Brasil.

    Sim, era mais organizado que a média. Mas nunca foi essa diferença toda. Os títulos, e foram muitos, podiam ser explicados de várias maneiras, não apenas pelo extra-campo. Poucos se preocuparam em dar uma olhadinha no que, por exemplo, Cruzeiro e os Atléticos Mineiro e Paranaense estavam fazendo com seus CTs, os gaúchos com o programa sócio-torcedor.

    O Morumbi, que sempre foi um estádio ruim, era tratado como melhor do Brasil, “o único capaz de receber a Copa”, diziam. Precisaram construir uma dezena de estádios decentes para colocar o Morumbi no devido lugar.

    O bonde passou. E o São Paulo não viu. Enquanto isso, foi dizimado por lutas políticas. A base, que deveria ser orgulho, revela muito pouco. “Tem hardware, mas não tem software”, me disse uma vez uma pessoa que tem conhecimento de sobra sobre Cotia. Parece que, aconteça o que acontecer, a palavra humildade não consegue pular para dentro do muro.

    O Corinthians fez estádio, CT, manteve praticamente dois técnicos durante um longo período. Foi buscar seu torcedor, trouxe Ronaldo, programas de scout, gente séria. Se organizou de verdade.

    Os 6 a 1 são, sim, a diferença de hoje entre Corinthians e São Paulo. Não só no campo, mas fora dele.

    Para o Brasil, não caiu a ficha após os 7 a 1. Cairá para o São Paulo? Ou ficaremos ouvindo o discurso do “foi um acidente” por muito tempo?

  12. Premiar o Sr. Ataíde Gil Guerreiro com a permanência na vice-presidência de futebol é uma afronta a toda torcida saopaulina.
    Sua incapacidade, incompetência, mediocridade, e bravatas são aviltantes.
    Isto está demonstrado pelos fatos.
    Alguém daria uma empresa de sua propriedade para ser administrada por esse senhor?
    Deixá-lo na gestão do futebol é sinal inequívoco de que os interesses do São Paulo estão em segundo plano.
    É um tapa na cara de toda comunidade tricolor.
    Por sinal, nosso altivo e independente Conselho não irá exigir a divulgação da famosa, e até agora secreta gravação?
    A imoralidade do contrato original do Gustavo3% não será apurada?
    O Sr. Aidar será punido?
    Os R$ 2.000.000,00 que o Grêmio nos deve pelo empréstimo do Maicon não estão sendo cobrados, porquê?
    O Sr. Ataíde já se informou sobre o valor da rescisão contratual do Ewerton, fixado no empréstimo pro Atlético-PR?
    Pelos excelentes serviços prestados, transfiram-no pra Vice-presidência de Biribol, já que todos parecem querer um cargo para bem servir o clube, e não se servir dele.
    Associados, torcedores e sócio-torcedores protejam sua paixão, São Paulo F. C.
    Um dia, a corda vai arrebentar.

  13. Enquanto o clube não se organizar ,se restruturar , todos trabalharem em prol do São Paulo , o clube se planejar nas contratações , pode vir o técnico que for que nada mudará.

    São Paulo hoje é bagunçado , muitas briguinhas de egos pelo poder , qualquer meia boca é contratado em troca de comissões , não a técnico que consiga trabalhar em um ambiente assim.

  14. Paulo Pontes, parabéns pelo texto que resume nosso sentimentos, mas tenho uma pergunta….

    Se o Sr. Ataíde Gil Guerreiro deixar a Vice-presidência, quem seria o mais cotado para assumir o cargo?????

  15. Antaíde = incompetente – FORA
    Michel Bastos = razoável talento, mas o REI DA PREGUIÇA – FORA
    Wesley = sem raça – fora
    Reinaldo = deficiência técnica – FORA
    Hudson = razoável reserva, só isso
    Lucão = meramente reserva, melhor vender $

  16. O Juvenal ainda é o pior presidente da história do clube pelo simples fato de quase ter rebaixado o SPFC DUAS VEZES.

    Mas, o Aidar, certamente, é o segundo pior presidente.

    Está na hora de reagir! Se não reagirem, a mamata vai acabar inclusive para aqueles que só querem tirar proveito. Dentro do clube precisam colocar alguém realmente competente no lugar do Ataíde (que estava dando risadinha hoje na ESPN). NÃO HÁ DIRIGENTE INDIGNADO E RAIVOSO! TODO MUNDO ACEITA ESSA SITUAÇÃO PASSIVAMENTE!

    • Todo mundo aceita passivamente simplesmente porque não estão nem aí pro clube.
      A administração do São Paulo virou sinônimo de ego, naftalina e banca de comissões. Só.

  17. Pouco importa se e’ o jogo da vergonha ou dos sem vergonha,
    o que importa e’ que o sampaulo como o brazil acabou,
    ja sabem porque aq na’o temos educaca’o, civismo, solidariedade e por
    ai vai, foram tiradas por esses personagens q esta’o no poder.
    Esses PoliTicos di mierda q sao mais importantes q a PaTria.

    Ze pipokkkka vai embora, voce e’ fabuloso, sim, mas um fabuloso pipokkkero,
    pior dos piores 9 que vestiram essa camisa, com Alberto Roberto e’ igual,
    mentira como os PoliTicos desse paiz e desse sampaulo que ja era
    Ou refunda ou vai ser dai pra pior, quem viu viu, quem na’o viu nao vera’ ,
    a dignidade, a honra, a postura dos grandes homens acabaram nesse paiz e
    nos clubes em geral principalmente no nosso, ne’ jj & vaidar.
    Cruz voce e’ um nada, apenas mais um sanguesuga,

    “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.” Rui Barbosa”

  18. Caro Paulo Pontes, sinto-me envergonhado. O meu SPFC não merece um Bruno, Hudson, Lucao, Reynaldo e, principalmente, um morto sem sangue e mascarado como Wesley ! Sou de Santos, conheço-o desde a base do Santos ! Entrar encampo com Hudson e Wesley no meio campo e’ querer perder. O Lucao não tem impulso e não pode ser beque central! Que tal, auxiliar do Ataide ? Ou cortador de grama do CT ?

  19. amanha é o dia do treinador do soberano para 2016 façam suas apostas .

    a minha aposta é muricy ramalho.

    so depende de nos a libertadores 2016 mesmo com esse vexame começamos a semana no G4,

    gente planejamento se faz com cabeça fria , deve-se analisar quem fica e quem vai embora com calma para não queima jogador que poder rende muito ainda no soberano.

    abraços a todos os soberanos

  20. não é hora de protesta esperem o fim do brasileirão ai sim devemos cobrar de forma pacifica e ordeira mudanças profundas no soberano.

    pensem, a imprensa nojenta vai fazer de tudo para o soberano não ir para libertadores não vamos cai nessa não vai leva o soberano a lugar algum ou melhor vai leva o soberano fora da libertadores 2016.

    so depende de nos a libertadores 2016 mesmo com esse vexame começamos a semana no G4,

    gente planejamento se faz com cabeça fria ,porque quem faz de cabeça quente dar bosta , agora e hora de analisar quem fica e quem vai embora com calma para não queima jogador que poder rende muito ainda no soberano.

    abraços a todos os soberanos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.