A queda de Doriva, esperada. A do CEO, nem tanto. Mas há fumaça!

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, que Doriva não continuaria no São Paulo em 2016 era ponto pacífico. Faltava apenas saber em que momento ele iria cair. Eu, particularmente, estou numa posição antagônica: acho que o sucesso de um time está na manutenção de seu técnico o maior tempo possível e esta falta de sequência (foram quatro este ano) explica a situação crítica em que nos encontramos; mas entendo que Doriva deveria ser demitido logo após a partida contra o Santos, na Vila Belmiro. Aliás, acho que ele nem deveria ter vindo.

Mas por que veio? Segundo apurei junto a pessoas bem ligadas ao futebol do Tricolor, Doriva seria a resposta de Carlos Miguel Aidar a Ataíde Gil Guerreiro e de todos que queriam, naquele momento, colocar em dúvida sua autoridade. Enquanto Osorio e Ataíde botaram para fora do CT empresários que lá entravam autorizados por Carlos Miguel Aidar, Mariana Aidar e Cinira Maturana, Doriva seria mais maleável. Não participante de esquemas, mas faria vistas grossas pela vontade alucinante que tinha em dirigir o São Paulo. O substituto de Osorio, por Ataíde, seria Diego Aguirre. Mas ele foi demitido do cargo e Doriva foi contratado. À época denunciamos isso aqui.

Se houve um erro no presidente Carlos Augusto Barros e Silva foi a demora para fazer essa troca. É evidente que nem Aguirre, nem Doriva, nem ninguém deveria ser contratado para este final de ano. Não morro de amores pelo Milton Cruz, mas tenho certeza que ele iria manter o esquema implantado por Juan Carlos Osorio e levaria o time até o final desta temporada.

Estranho, no entanto, o momento da demissão. Por mais que tenha sido após mais uma derrota, quando o time não jogou nada contra o Cruzeiro, se tornou nebulosa. Até porque minutos após sua saída, veio a notícia da também demissão do CEO Alexandre Bourgeois. O que se comenta nos bastidores é que foi ele quem vazou a informação do contrato de Gustavo Oliveira, que conteria comissão de 1% a 3% sobre a venda de jogadores, além do um alto salário. Isso gerou nova crise interna no São Paulo e desagradou toda a diretoria. principalmente o vice-presidente de Futebol, Ataíde Gil Guerreiro, e o presidente Leco. Doriva teria sido usado como a grande notícia do dia para empanar a demissão de Alex Bourgeois. Se confirmado, joga fumaça no ventilador neste início de administração de Leco.

Como afirmei em editorial no dia seguinte à eleição de Leco, nós apoiaremos essa diretoria por acharmos que é hora de pacificar o clube. Elogiamos a formação da atual diretoria por levar, entre outras pessoas de bem, dois membros da oposição, demonstrando vontade de unificar o São Paulo. Mas isso não significa dizer que vamos fechar os olhos para possíveis mal feitos ao São Paulo. E os acontecimentos desta segunda-feira me deixaram com a pulga atrás da orelha.

Antes que me perguntem, Cuca é o meu técnico. Não de hoje. Há muito tempo. Desde 2004, quando saiu do Tricolor, entendi que ele era o mesmo responsável pela perda da Libertadores naquela fatídica partida contra o Once Caldas, em Manizales. Não esqueçam que foi Cuca quem trouxe para o São Paulo, quase de graça, Danilo, Mineiro, Grafite, André Dias, Josué e Rodrigo, entre outros. Foi ele quem montou o time que acabou sendo campeão Paulista, da Libertadores e Mundial em 2005, e foi base do time tricampeão brasileiro em 2006, 2007 e 2008. Ele conseguiu dar o único título de Libertadores da história do Atlético Mineiro. E tenho certeza que será o nome ideal para levantar o São Paulo.

32 comentários em “A queda de Doriva, esperada. A do CEO, nem tanto. Mas há fumaça!

  1. Atenção .

    Segundo a brand finance o soberano e o clube mais valioso do Brasil vamos divulgar isso senhor Paulo pontes e não só apenas noticias ruins sobre o soberano ,porque se fosse o time das franguinhas estava estampado em todos os sites .

    Abraços a todos os soberanos

  2. Essa administração começou muito mal, mesmo com toda boa vontade da imprensa e até da oposição do clube, mas ao invés de aproveitar esse apoio e o pouco tempo de mandato para fazer algo diferente, deixar seu nome na história do clube, como o presidente que modernizou a administração, nomeou a turma do Juvenal para os principais cargos, Natel e Manssur, o primeiro vendeu mais de 1 milhão de reais em combustível ao clube, infringindo o estatuto que proíbe conselheiros de terem relação comercial com o clube, e o Manssur, mesmo não sendo conselheiro na época, ganhou muito dinheiro do clube com seu escritório de advocacia, enfim, o Leco poderia deveria ter nomeia gente nova, sem rabo preso com o Juvenal, mas não teve coragem.
    E para completar, demite o cara responsável pelo plano de modernização e contrato um executivo para o futebol, o Gustavo, com um contrato superfaturado, escandaloso, com salário maior que os equivalentes em outros clubes e com comissão ou bônus, o que torna ainda mais escandaloso, uma vergonha.

  3. Falta o Ataíde sumir do São Paulo.

    Paulo Pontes, lembro bem que no começo do ano, o Ataíde disse que tinha metas para se manter no cargo, caso não obtivesse sucesso, seria sumariamente desligado. Ao que consta, ele não atingiu nenhuma das metas mencionadas.

    Não há um jornalista para indagá-lo a respeito?

    O que esse cara tem de tão importante que não larga o osso, e não o tiram do cargo? Nunca fez nada de bom pelo São Paulo, e em duas gestões seguidas é mandatário do futebol do clube.

  4. Ataíde, quebrado duro , mal educado, cheio de inimigos no clube, distrata todo mundo, não tem condições nenhuma de ser diretor de futebol nem do social muito menos do profissional, acorda Leco ou vai ficar na mesma situação do Aidar, olha para frente como você disse, fora com Ataíde.

  5. Acho que todos gostariam que trouxessem o Cuca, que fizessem um esforço maior po.is vale a pena iria arrumar esse time e quem sabe teriamos esperança de ganhar titulos em 2016.
    Mas acho que nao vai vir essa diretoria nao demonstra muito confiança que fara coisas boas, e acho que ainda vai voltar nosso Muriçoca salvador da patria e depois fez merda no sao paulo

  6. PP assim como voce acho o Cuca um bom tecnico para o SP, mas vi uma materia do ESPN em que ele diz ter contrato até o final de 2016 e que a multa é pesadissima , e que mo SP não trria condições de paga -la, mas ele ta louco para sair da China

  7. Alguém tem dúvida aí que a nova diretoria é mais do mesmo?
    Antes da eleição, eu já comentava que o Leco, após a comemoração pelo sonho realizado, daria um tapa na mesa e faria com que as coisas voltassem ao mesmo estado anterior, quando o Aidar mamava com o seus. Não sei se ele já agradeceu, e dispensou, ao Abílio pela oferta da consultoria; entretanto pelo contrato assinado com o Gustavo e pela dispensa de um CEO contratado a menos de 15 dias, está na cara que a política vai continuar a do “Mateus, primeiro os meus”.
    Adeus moralização, transparência, verdade, capacidade, mérito. Se for mesmo verdade, fico muito grato pelo Bourgeois ter “vazado” o contrato com o Gustavo Oliveira, porque a repercussão dentro da diretoria foi a de quem fez coisa errada, sabia, e tinha que punir quem tornou público o malfeito.
    É duro admitir mas, com os homens que o administram, o SPaulo FC não tem mais solução; é uma pena…

  8. Um comentário aqui sobre a demissão do CEO.

    O Aidar foi quem demitiu e disse em uma entrevista que este cara vazava informações e que tinha proposto um contrato lesivo ao clube para um “empréstimo” para pagamento da dívida.
    Daí trouxeram o cara de volta, sabe-se lá o porque – jamais deveria ter voltado!

    Estão alegando que a informação do contrato do Gustavo vazou e que apenas 4 pessoas sabiam do contrato – Alex, Leco, Gustavo e quem mais? Quem Mais…? Ataíde. E que Ataíde exigiu a saída dele após o vazamento da informação.
    Vejam o poder que este Ataíde tem no SPFC. Derrubou o presidente, agora derrubou o CEO e se tornou praticamente um ser intocável. O que este cara tem de informação privilegiada sobre o SPFC ou sobre pessoas que o mantém no clube? O trabalho dele no futebol é péssimo. Um cara que não acerta uma, campeão de nada no SPFC e que vive destratando o torcedor em entrevistas.
    Agora, se são 4 envolvidos e 2 jamais deixariam a informação vazar para se preservarem sobram duas possibilidades – Alex ou Ataíde. Quem garante não ter sido o próprio Ataíde quem vazou exatamente para chutar o CEO? Porque a palavra deste Ataíde vale mais do que qualquer documento, qualquer assinatura ou qualquer prova dentro do SPFC? Porque tudo o que ele diz se transforma em pedra no SPFC?
    Ontem a torcida independente postou uma mensagem pedindo para que seja explicado quem foi que ganhou comissão com o empréstimo de Dória. Falaram em R$ 1m. Está no twitter para quem quiser ver e obviamente conectaram um nome a esta comissão.

    Tem algo muito estranho rondando a atual diretoria e a permanência de Ataíde e alguém tem que explicar a permanência dele, porque critério técnico não tem nenhum já que o cara é péssimo no que faz no SPFC.

    Vejam, de novo, sem defender o CEO que para mim nem deveria ter voltado, mas a atitude foi muito suspeita e pode até ter sido desleal…..pareceu sim ter FUMAÇA como disse o nobre Paulo Pontes e a torcida do SPFC está esperando uma resposta, já que 9 em 10 torcedores exigem a saída do diretor de futebol ( basta ver nas redes sociais) que se tornou incaível, sabe-se lá o porque.

    Este cara representa o retrocesso no SPFC e o clube precisa urgentemente de avanços!

  9. Algumas correções , o Josue foi o Cuca quem indicou , mas ele só veio quando acabou o contrato , o Mineiro foi indicação do Leão .

    O maior erro do Cuca em 2004 foi não ter personalidade , no decorrer da Libertadores nas quartas de final pegamos o Deportivo Tachira , que era um clube que vinha invicto na competição , ganhamos aqui por 2X0 ,e no jogo de volta aonde era muito difícil de jogar, ele colocou o time com 3 zagueiros com o Lugano no time , o time destruiu ganhamos por 4X2 , ganhando de um time que tinha destruído todos seus adversários em casa , foi o melhor jogo do São Paulo , mas aí a imprensa criticou muito o esquema , falando onde já se viu um time brasileiro jogar com 3 zagueiros , ele sem personalidade voltou ao esquema anterior com 2 zagueiros , foi aí que perdemos o título , tenho certeza que se ele tivesse mantido o esquema com 3 zagueiros tínhamos ganhado aquela libertadores .

  10. Jubero , pessoal fala dele se baseando apenas pelo fato de ter eliminado o Corinthians da Libertadores pelo Guaraní , mais não tem currículo , e tamanho pra dirigir o São Paulo.

    o que este Fernando Jubero já ganhou como técnico?

  11. Paulo Pontes e demais amigos Cuca é o nome ideal para o São Paulo , em pouco tempo ele consegue dar padrão tático a suas equipes , e consegue fazer elencos não muito badalados jogarem muita bola , até Jo jogou bola com ele no Atlético MG ,e mesmo o preguiçoso Ronaldinho Gaucho foi bem no comando do Cuca.

    Tenho certeza que nas mãos do Cuca , o futebol do Ganso e do Michel Bastos vai melhorar muito.

  12. Amigos, esqueci de citar também o Fabão. Mas busquem os fatos. Josué também chegou só no final de 2004, quando Cuca já não estava mais. Só que foi ele quem deixou os três garantidos para o São Paulo. Era só uma questão de final de contrato.

  13. Também sou favorável a vinda do Cuca, mas não foi ele quem montou o time campeão de 2005. O time base era Rogério, Cicinho, Fabão, Rodrigo e Fábio Santos; Alexandre, Fábio Simplício, Marquinhos e Danilo; Grafite e Luis Fabiano. Quem montou o time campeão foi o Leão, que colocou Lugano na zaga e o time passou a jogar com três zagueiros. Cuca tinha muita dificuldade prá dar padrão de jogo aquele time. Mas é inegável que ele melhorou muito de lá prá cá, por isso é o meu favorito.

  14. Mineiro e Josue vieram em 2005, naquela libertadores os volantes eram Alexandre e Simplicio, depois o Leao deixou como volantes o Renan e o Ale. Todo mundo se confunde…Lembro até hoje o time de 2004 que perdeu pro Once Caldas num drible ridiculo que o Fabio Santos tomou mas era num lance impedido, e quando o Marquinhos saiu ainda no primeiro tempo. Foi a libertadores que eu mais acompanhei, esse foi o jogo mais triste da minha vida, inclusive um dos jogos no estadio mais loucos que vi foi contra o Rosario Central naquele ano.

    Ceni, Cicinho, Fabao, Rodrigo, Gustavo Nery . Alexandre, Simplicio, Danilo, Marquinhos. Luis Fabiano e Grafite.

  15. Independente do vazamento ou não do contrato do Gustavo, o que importa é o conteúdo, que é um absurdo, é imoral, é de uma falta de vergonha sem tamanho, que o cidadão, volte 2 meses depois, ganhando 3 vezes mais, pra exercer a mesma função. Que é isso?!! Ainda mais com o clube numa situação financeira desastrosa.
    Isto é um escárnio. Além do que, no seu cargo, remuneração por produtividade deveria ser por títulos conquistados e não com venda de jogadores.
    Onde estão os conselheiros que zelam pela decência e transparência?
    E o Ataíde? Será mesmo o responsável pelo planejamento de 2016?
    Será que ainda não está claro que ele poderia ter qualquer cargo no clube, desde que bem longe do futebol? Pois seu conhecimento nessa área é ridículo?
    O ano de 2015 reponde a questão.

  16. Aliás, muito obrigado ein Aidar.
    Olha o tamanho do estrago que esse LIXO fez no clube. Tínhamos um jeito de jogar, o desgraçado contratou o LIXO do Doriva só por birra com o Ataíde, fez o elenco mudar totalmente o esquema, e agora em 4 jogos já vamos ter que mudar totalmente o esquema outra vez com o Milton.

    No resumo, é o que eu e outros colegas insistimos em dizer: se tem um culpado por tudo de ruim que vem acontecendo no clube, esse culpado é sem dúvida o Aidar.

    O que estão esperando pra soltar tudo que esse canalha fez às escondidas? Já passou da hora de botar na bunda dele! Como gostam de acobertar ladrão nesse país!

  17. O Doriva já foi tarde, na verdade nem deveria ter vindo. Agora, é demais 4 técnicos numa só temporada. A diretoria precisa escolher com cuidado o próximo e deixá-lo trabalhar, alguém diferente, estudioso, ambicioso, quem sabe argentino ou uruguaio.

    E se é verdade que foi esse Alexandre mesmo o responsável por vazar as informações sobre o salário do Gustavo Oliveira acho correta a demissão. Não dá pra ter no grupo pessoas querendo conturbar o ambiente. Mas é uma pena, ele tinha idéias interessantes e poderia ter agregado algo ao clube, assim como o Osório diga-se de passagem.

    • Eu vejo um outro lado nesse vazamento de informação.
      Num momento de tanto escândalo, acho no mínimo respeitoso com a torcida que nenhuma informação seja sigilosa. Estamos fartos de tanta sujeira por debaixo dos panos no São Paulo, o mínimo de cuidado e respeito que deveriam ter é abrir tudo pra demonstrar que a postura é íntegra nessa nova diretoria, a abertura da informação já deveria ter partido do Leco.

  18. Imprensa brasileira especulado CUCA (que é fera mas já estar acertado com o galo ) Paulo autuorir e Diego kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk para treinador só pode ser piada ,vão especula ruim assim em outro lugar nem isso sabem fazer direito kkkkkkkkkkkk .

    Tel de Muricy ramalho já tocou é ele atendeu e perguntou : alo quem é .

    Fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  19. Essa nova, velha diretoria começou é muito mal, demitiu o CEO Paulo Ricardo, que fazia um bom plano para equalizar nossas finanças, para contratar novamente o CEO indicado pelo Abilio, agora, menos de 1 mês o cara é demitido novamente, mas que raio de administração é essa, quem vai elaborar esse plano financeiro, negociar com bancos, será o novo diretor financeiro nomeado essa semana, acusado de fraude e cartel?

  20. Pelo que falaram na Fox, o CEO foi demitido por vazar detalhes do contrato do Gustavo.

    Também acho o Cuca muito bom, só corrigindo, Mineiro, e André Dias chegaram em 2005 e 2006, respectivamente.

    Cuca saiu no meio de 2004.

    • João, esqueci de citar também o Fabão. Mas vá buscar os fatos. Josué também chegou só no final de 2004, quando Cuca já não estava mais. Só que foi ele quem deixou os três garantidos para o São Paulo. Era só uma questão de final de contrato.

      • Concordo com você, Cuca e também coloco o Juvenal, ambos tem todos os méritos na formação do elenco campeão do Mundo. Só ressaltei que o Cuca não teve influência na contratação do Mineiro e do André Dias, no resto teve influência direta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.