Entre erros e acertos, 100 dias de Aidar deixam saldo positivo

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o presidente Carlos Miguel Aidar completa nesta quinta-feira 100 dias à frente do São Paulo. Eleito em 16 de abril tomou posse e logo mostrou que tinha vindo para melhorar o time. Afinal, com poucos dias no cargo, contratou Alan Kardec.

Mas se isso foi positivo, teve o lado negativo. O fato criou cizânias com o Palmeiras e foi nosso presidente quem acabou baixando o nível, chamando o Verde, com outras palavras, de time pequeno. Isso é coisa que o torcedor tem o direito de fazer, não o presidente de um clube. Deu a triste impressão que a fase de brigão criada por Juvenal Juvêncio, que rompeu com a CBF, com a FPF, com a Conmebol, antes havia rompido com a Globo, iria continuar  e o São Paulo, na nova gestão, continuaria isolado. Ponto negativo

Mas Carlos Miguel Aidar investiu firme  no propósito de realizar um desejo, que não seria só o seu, mas da maioria massacrante da torcida: a volta de Kaká. Ainda que seja por um período pequeno, já que seria financeiramente impossível fazer qualquer outro tipo de negócio, ele está no elenco e deverá estrear no próximo domingo.

Aidar trouxe, também, o zagueiro Rafael Toloi de volta e colocou no departamento de futebol Ataíde Gil Guerreiro que, por sua vez, chegou no clube dizendo que “quem manda aqui sou eu” e mostrando, com isso, que as interferências externas não serão permitidas. Seria uma espécie de blindagem do departamento de futebol e, consequentemente, do elenco.

 

Não fez nada pelo programa Sócio Torcedor. O último ano de Juvenal Juvêncio foi bastante agressivo neste setor e Aidar andou falando que iria continuar com essa agressividade na conquista de novos sócios e melhorias no programa. Mas até agora não fez absolutamente nada.

Mesmo assim concluo que nesses 100 dias Carlos Miguel Aidar teve desempenho muito bom no futebol e isso mostra que o futuro poderá ser muito bom para a torcida, com times competitivos e elenco de primeira.

Seu pecado, ainda falando em futebol, está em Cotia. Além de não ter mexido na estrutura questionável que lá existe, alvo de denúncias já feitas há anos pelo Tricolornaweb e que estão sendo discutidas no âmbito judicial, Aidar ainda nomeou para o CFA Juvenal Juvêncio. Ora, se a estrutura questionável de Cotia foi montada por ele, nomeá-lo para esta diretoria é como colocar a raposa para tomar conta do galinheiro. Ponto muito negativo.

No Social a situação muda. Carlos Miguel Aidar foi muito infeliz ao nomear Antonio Donizete Gonçalves para a vice-presidência Social e do DEA – Departamento de Esportes Amadores, dando força absoluta a uma pessoa que só pensa em fazer política e sabe muito pouco da estrutura dos esportes amadores.

Determinou aumento nas manutenções com um índice acima da inflação e majorou o preço do título associativo dos atuais R$ 10 mil para R$ 40 mil, em vigor a partir de 1º de  agosto. Em relação ao título, há muitos anos seu valor está congelado e não vejo, apesar dos valores, exorbitância no aumento. Mas a manutenção não deveria ser alvo de reajuste, ao menos agora.

Por mais que Juvenal Juvêncio tenha deixado um legado importante aos sócios – inegavelmente o clube está em perfeito estado – sempre há o que se fazer. Mas não me parece que Carlos Miguel Aidar tenha alguma preocupação com isso, afinal, para ele, o importante é o futebol.

Reconheço que o São Paulo é FUTEBOL Clube. Mas ambos necessitam de atenção. A torcida quer – e eu também quero – um time forte, competitivo, pronto para ganhar todos os campeonatos. Mas o sócio quer – e eu também quero – um clube digno e preparado para o lazer e para os encontros familiares.

Em resumo, daria uma nota 7 para Carlos Miguel Aidar, na junção Futebol/Social. O que, convenhamos, é uma nota muito boa, pois aí estou aplicando uma análise do que ele fez em 100 dias e projetando como sendo sem modo de agir durante o mandato. Então, parabéns, presidente, reveja alguns conceitos e siga em frente com os demais que fará sucesso com o São Paulo.

 

8 comentários em “Entre erros e acertos, 100 dias de Aidar deixam saldo positivo

  1. Segundo o pseudo jornalista e comentarista Neto (GAYVOTA) ,o São Paulo esta devendo 3 meses de direitos de imagem, bom são 90 dias tres meses, a mior parte de sua gestão eo Nosso Carlos Miguel Aidar, no meu entender não desmentiu o pseudo jornalistas mostrando a documentação dos pagamentos (claro que escondendo os valores pagos aos atletas), quanto ao futebol acho que melhor juizo faremos no decorrer do campeonato,por exemplo quando o campeonato estiver na metade , quanto o lado social do Clube , não sou associado prefiro não comentar, mas como o Aidar sou SP FUTEBOL.C, acho que deveria haver uma separação entre ambos, cada qual com seus orçamentos, ja que ouço ha anos que o balaço dos numeros do futebol é superavitario em qualquer clube e o que mata os clubes é a parte social que sempre o deficit são dessas areas ja que o numero de socios inadimplentes vem aumentando e muito

  2. Acho que Aidar botou JJ lá em Cotia para se livrar daquele velho caquético,e para esperar ele morrer e daí implantar mudanças.Pra mim é isso.

  3. Bem Paulo, você vive mais o dia a dia do clube em geral do que eu.

    Quanto ao futebol, a nota não passa de 5.

    Cotia, a nota é zero. Nada mudou.
    Sócio torcedor é zero. Uma bosta (com o perdão da palavra, mas este assunto me irrita demais) estou tentando voltar a dois anos, mas não dá. Nem um desconto descente na camisa do time o plano dá. Desconto no setor visa só se você for milionário então.
    O time de futebol tem melhorado um pouco. Trazer o Tolói que foi péssimo no ultimo semestre que jogou no SPFC é uma piada.
    Kardec bom reforço, mas nada demais. Kaká por 6 meses é pouco, mas melhor que nada, pelo menos mostrou esforço.
    O resto é só promessa, falar do passado do SPFC e ficar tentando tirar sarro dos outros.

    Promessas sobre Cotia, sócio torcedor e infra-estrutura foram feitas, até agora quase nada foi divulgado ou mudado.

    Nota 5 é muito ainda, honestamente.

  4. Eu so’ queria ver implantado no SAO PAULO,
    a mesma tatica que nossos vizinhos usam quando jogam em casa,
    na’o importa se sao nuestros hermanos argentinos, paraguaios ou mesmo
    chilenos ou bolivianos, nao importa com quem joguem,
    eles partem pra cima, muita correria, vontade e raca,
    e fazendo ou nao o resultado seus torcedores ficam felizes.
    Ontem vi o San Lorenzo meter cinco no Bolivar,
    coisa que seguramente nosso time faria no Chapecoense, Ponte,
    ou mesmo o Penapolense, mas infelizmente a tiricia e’ tanta
    que desaprendemos jogar em busca do gol adversario
    e estamos jogando como KARANGUEJOS, sem objetividade,
    haja vista que nossos atacantes e armadores so’ defendem,
    ou se revisa esse procedimento ou na’o chegaremos a lugar nenhum.
    Regredimos, apenas atraimos nosso adversario.
    E’ por essa e mais outras que nuestros hermanos estao invadindo
    nosso mercado e sulamericano.
    As licoes da kopa na’o foram suficientes.
    Nenhum torcedor que se preza admite perder dentro de casa
    na’o importa para quem e nosso jogador deveria assimilar isso,
    gostariamos de perder fora, mas dentro da nossa casa,
    com certeza nao importa como deveriamos sempre vencer,
    e’ claro que isso e’ humanamente impossivel,
    mas pelo menos buscar o resultado na’o importa como.
    Afinal, ate’ a Chapecoense busca isso,
    e no’s somos um sono so’.

    • Em tempo, alguns dias atras nosso presidente deu uma coletiva
      sobre uma ferrramenta que estaria disponivel no site sobre compras
      de mercadorias on line, que geraria lucros grandiosos, pois bem acessei nosso site coisa que faco
      diariamente e nada consegui. Fui parar no interativo, fale conosco,
      deixei meu email e nem resposta ate’ agora, e’ claro que nem vai ter,
      ????? enta’o vou acreditar no que mesmo ?????
      em nada, se alguem puder me ajudar, estou por aqui,
      obrigado, porque do meu clube, nao vem nada mesmo,
      as glorias vieram no passado, mas parece que agora,
      tudo mudou, como a amarelona e nosso paiz.

  5. Como não moro em São Paulo e não sou sócio do clube não darei opinião sobre a parte social.
    Com relação ao futebol concordo com você vejo uma melhora muito grande na qualidade dos jogadores, o time está forte, está blindado, não se ouve mais um monte de histórias e picuinhas como antes, deram tranquilidade e segurança para o treinador trabalhar. A avaliação do futebol é a melhor possível, caso não conseguirmos algum título esse ano com certeza a culpa não será a falta de bons jogadores.
    Com relação ao sócio torcedor acho que não foi tão ruim assim, recentemente o Daniel Perrone publicou em seu blog que o programa sócio torcedor teve um aumento de 50% de janeiro até o fim de julho de 2014, ou seja, saiu de 20 mil (pagantes em dia) e foi para 30 mil. Só o fato de ter mantido a promoção de R$ 5,00 para os sócio torcedor foi uma grande jogada para contribuir para o aumento, eu sei que isso vai chegar uma uma hora que vai saturar, mas aí teremos que esperar para ver se haverá uma nova ação para alavancar mais o número do sócios, como você bem observou a análise é só dos 100 primeiros dias, então acho que para o sócio torcedor foi boa também.
    Com relação a Cotia realmente é uma grande decepção, pois foi um dos carros chefe da sua campanha, que iria tornar coita em uma faculdade de jogador… em fim… nada foi feito, tudo continua igual.
    Uma coisa que me chamou a atenção foi uma notícia de que há salários (direito de imagem) atrasos, apesar da fonte não ser confiável e presidente ter vindo a publico desmentir a informação, me deixou com uma pulga atrás da orelha. Pois pensando racionalmente o São Paulo tem uma das, se não a maior folha salarial do país, não teve nenhum grande incremento em suas receitas fixa, este mês encerrara o patrocínio da Semp Toshiba, é no mínimo preocupante.
    Em relação as declarações dele realmente acabou dando umas pisadas feias na bola, aparentemente parece ter se policiado mais, vista que andou sumindo dos holofotes e não deu mais nenhuma declaração desnecessária.
    Mas concluído, para mim o Adiar está sendo um excelente presidente.

    • Rafael e o jogador que foi contar para o pseudo-apresentador da BAND sobre o atraso de salário? Não mudou nada cara, continua a mesma coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.