São Paulo vai encarar o Bahia olhando para Belo Horizonte

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, parece incrível mas é verdade. Nossa diretoria se superar a cada dia. Mandou Ney Franco embora – demorou – e até agora não trouxe ninguém para o seu lugar. Muricy está aí, desempregado e se oferecendo para o São Paulo. A torcida inteira pede sua volta. Mas a diretoria nada.

Então partiu para Paulo Autuori. Ele se desligou do Vasco, disse que gostaria de voltar ao São Paulo. Eu não acho que é o seu momento. Entendo que a situação exige Muricy de volta. Mas, enfim, que tragam o Autuori para “ontem”. Mas até agora nada.

Aí o que se diz é que Juvenal Juvêncio quer Cuca. Mas ele dirige o Atlético-MG hoje à noite pela semifinal da Libertadores. E Cuca estava desempregado, se oferecendo para o São Paulo quando Juvenal optou por contratar Ney Franco. E eu não acredito que, pelo momento que os dois clubes vivem, Cuca vai deixar o Atlético-MG, independente do resultado desta noite, para vir para o São Paulo.

E nós vamos a campo hoje com Milton Cruz no comando. Certamente jogaremos no final de semana em Salvador, contra o Vitória, com Milton Cruz no banco. Assim o campeonato vai fluindo, nossas incertezas aumentando e a chance de humilhações futuras (Recopa e Copa Audi), estão aí, para quem não é cego ver.

Otimista e possuidor de amor eterno por este clube, estarei no Morumbi nesta noite. Mas tenho certeza que é só por esse sentimento intenso que possuo que estarei lá, por repeito ao nosso manto sagrado. E em repúdio a esta diretoria nefasta às nossas cores.

6 comentários em “São Paulo vai encarar o Bahia olhando para Belo Horizonte

  1. Isso mesmo tragam Cuca, que em 2014 quero vê-los todos fora, o ditador Juvenal seu vice João Paulo e o coronel Adalberto, pois duvido que ele consiga dar jeito no elenco.

  2. Deveriam estar de olho no Scocco,

    ou melhor nem deveriam.

    o pipoka e o kara.

    Gorosito tambem esta livre,

    se quiserem alguem para dar pegada

    e kara e garra de tigre no time esse e o nome.

    Diretoria politiqueira, amadora e mediocre.

    • Tá aí a resposta que o Luis Fabiano dá aos torcedores do São Paulo pela recusa dos 14 milhões do Olympiacos.
      Mão na bola já tendo cartão amarelo, expulso. Mais uma vez.

      Vai lá Juvenal, passa a mão na cabeça dele de novo, seu OTÁRIO.

    • completando: está faltando um choque de gestão…a partir do topo da pirâmide. A direção não tem legitimidade – a matéria ainda está sub judice – e os atletas usando e abusando da chamada “zona de conforto”. Não será a chegada de um novo treinador que reverterá essa situação…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.