Vitor Bueno elege jogos e gols mais importantes no São Paulo

Peça importante do time de Fernando Diniz, Vitor Bueno atualmente é um dos principais jogadores do São Paulo. Em entrevista ao canal oficial do Tricolor, o meia-atacante, que está no clube desde abril do ano passado, elegeu os jogos mais importantes que fez com a camisa são-paulina.

O jogador de 25 anos escolheu a partida contra o Internacional, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019, como a melhor em termos coletivos. Ele e Antony marcaram os gols da vitória do São Paulo pelo placar de 2 a 1, que garantiu a vaga direta da equipe na Copa Libertadores.

“Foi a melhor partida da Era Diniz. O jogo foi 2 a 1, mas quem viu sabe que era para ser mais. Mantivemos a intensidade do primeiro ao último minuto. Foi importante também porque culminou na nossa classificação direta para a Libertadores, queríamos muito essa vaga. Quando chegamos no vestiário, vimos o sorriso das pessoas que trabalham com a gente no dia a dia, mas que não estão no campo, e não tem preço”, declarou.

Já individualmente, o camisa 12 apontou o duelo contra a LDU, no Estádio do Morumbi, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores deste ano. Dúvida para o confronto por causa de uma lesão no tornozelo esquerdo, ele conseguiu jogar e deu uma assistência para o gol de Igor Gomes, que fechou o triunfo por 3 a 0 dos donos da casa.

“Um jogo, que talvez não tenha sido o melhor, mas que me marcou foi o contra a LDU. Havia chances de eu não jogar, meu tornozelo estava muito inchado, tanto que nem viajei para a estreia. Eu não tinha treinado e o professor foi muito importante, pois ele me deu muita confiança, foi lá no DM e falou que queria que eu fizesse o teste. Fui no esforço e acabamos sendo premiados com um grande jogo coletivo, e eu fui premiado com uma assistência”, explicou.

Vitor Bueno ainda elegeu os três gols mais marcantes que fez pelo São Paulo. O meia-atacante escolheu o tento contra o Internacional e os dois contra a Chapecoense, todos pelo Brasileirão de 2019. O primeiro gol contra os catarinenses foi, também, o primeiro dele pelo Tricolor Paulista.

Emprestado pelo Santos no ano passado, o camisa 12 mostrou um bom desempenho e foi contratado em definitivo ao fim da temporada, após ser envolvido em troca com Raniel. Em 2020, ele é o líder de assistências do time, com quatro em dez jogos disputados.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.