Veja o raio-x dos adversários do São Paulo na Libertadores

Na última terça-feira, a Conmebol realizou o sorteio dos grupos da Copa Libertadores da América de 2020. O São Paulo, que garantiu vaga ao terminar o Campeonato Brasileiro na sexta colocação, ficou na chave D, ao lado do argentino River Plate, do equatoriano LDU e do peruano Binacional.

O Tricolor estreia dia 05/03 diante do jovem Binacional, fora de casa, recebe a LDU no dia 11/03 e finaliza a primeira metade da fase de grupos também no Morumbi, contra o River Plate. Depois, visita a LDU e o River Plate nos dias 07 e 22/04 e recebe o Binacional no dia 05/05.

Confira o raio-x dos adversários do São Paulo na fase de grupos da Libertadores

River Plate – Argentina

Técnico Marcelo Gallardo vai em busca de mais um título (Foto: AFP)

Velho conhecido do São Paulo, o River Plate conquistou a América pela última vez em 2018, e além de ser o atual vice-campeão do torneio, chegou em três das últimas cinco decisões. No currículo do time argentino, constam, ao todo, quatro títulos da Libertadores, um a mais que o Tricolor Paulista.

Os Millionarios, portanto, chegam em alta para mais uma edição da Libertadores, e com muita sede após perderem a decisão de 2019 nos minutos finais. A equipe tem como principal trunfo o treinador Marcelo Gallardo, que se tornou um símbolo desse período vitorioso da história recente do clube, além de peças como Enzo Pérez, Lucas Pratto e Scocco.

No retrospecto entre as equipes, no entanto, o São Paulo leva a melhor. Ao todo, foram nove partidas, com quatro vitórias brasileiras, três empates e duas vitórias argentinas.

LDU – Equador

Equipe foi campeã da América em 2008 (Foto: Divulgação)

Campeã da Libertadores em 2008, a Liga Deportiva Universitaria se tornou presença constante na Copa Libertadores nos últimos anos, e chega para disputar a edição 2020 do torneio após terminar o Campeonato Equatoriano na sexta colocação.

Na última edição do torneio continental, a equipe se classificou em segundo lugar do grupo D, atrás do líder Flamengo. A participação, contudo, acabou nas quartas de final, após derrota para Boca Juniors. Já no âmbito nacional, o time conquistou a Copa do Equador, tendo o atacante uruguaio Rodrigo Aguirre, ex-Botafogo, como grande destaque da temporada, com 18 gols marcados.

O retrospecto entre as equipes conta com apenas duas partidas, sem ninguém levando vantagem. Até aqui, houve uma vitória do São Paulo e uma vitória da LDU.

Binacional – Peru

Time foi campeão peruano em 2019 (Foto: Divulgação)

Não é à toa que o Binacional seja o mais desconhecido dos rivais são-paulinos. Isso se dá pelo fato do clube peruano ter sido fundado em 2010, e estar disputando a Libertadores pela primeira vez em sua recente história. A vaga para o torneio veio após o título inédito do Campeonato Peruano em 2019.

No entanto, é preciso tomar cuidado com o rótulo de “zebra”. O estádio do Binacional fica em Juliaca, cidade próxima à fronteira com a Bolívia, e o problema fica por conta da altitude. São nada menos que 3.800 metros acima do nível do mar, número superior aos 3.700 metros da temida La Paz, por exemplo.

Durante a temporada 2019, a equipe do Binacional sofreu um duro golpe. Isso porque Juan Pablo Vergara, de 34 anos, considerado um dos destaques do time, faleceu em um acidente de carro. Outras peças importantes da equipe, Donald Millán e Edson Aubert deixaram o clube, ao passo que Sebastián Gularte e Steven Rivandeneyra foram contratados.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.