São Paulo tem escassez de contratações em comparação a 2018

Com a virada de ano chegando, a torcida do São Paulo já pensa em como o time será montado para a próxima temporada, que terá a Copa Libertadores como principal objetivo da equipe. No entanto, os tricolores ainda não receberam reforços de presente, exceto pelas contratações definitivas de alguns jogadores. Em comparação ao ano passado, o clube do Morumbi já havia anunciado quatro novos nomes até o dia 25 de dezembro.

O último grande reforço confirmado pelo São Paulo antes do Natal de 2018 foi o goleiro Tiago Volpi, vindo de empréstimo do Querétaro, do México. Antes dele, haviam sido anunciados o lateral-esquerdo Léo, o lateral-direito Igor Vinícius e o atacante Pablo, até então a principal contratação do Tricolor para a temporada de 2019.

Neste final de ano, porém, a equipe paulista confirmou apenas as permanências de Vitor Bueno, Igor Vinícius e do arqueiro, que estavam emprestados. O meia-atacante foi envolvido em uma troca com o Santos pelo centroavante Raniel, enquanto o defensor e o goleiro tiveram as opções de compra exercidas.

Por outro lado, o nome de Volpi era o mais esperado pela torcida. Depois de ver nomes como Denis, Renan Ribeiro e Sidão não se firmarem na posição que era de Rogério Ceni, o torcedor são-paulino teve uma grata surpresa com o camisa 23, que foi decisivo para a classificação direta para a próxima edição da Copa Libertadores.

Até o momento, o volante Allan foi o jogador mais especulado no São Paulo para o ano que vem, por conta de elogios feitos pelo técnico Fernando Diniz. No entanto, não há previsão de anúncios de reforços para os próximos dias.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “São Paulo tem escassez de contratações em comparação a 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.