SP supera duas campanhas do tri e pode igualar marca histórica em clássico

O São Paulo finalmente fez todos os jogos que estavam atrasados no Brasileiro. Com 24 partidas disputadas e na liderança, com 50 pontos, a equipe comandada por Fernando Diniz tem números superam as campanhas do histórico tricampeonato de 2006, 2007 e 2008 com Muricy Ramalho.

O São Paulo de 2020 bate em pontos as equipes de 2006 e 2008 e tem só um ponto a menos do que a de 2007, considerando os mesmos 24 jogos.

Em 2006, quando venceu o primeiro título da série, o São Paulo tinha 47 pontos e já era o líder do torneio. A pontuação atual é bem parecida com a de 2007 (51 pontos), quando venceu de forma disparada – com 15 pontos de vantagem sobre o Santos, vice.

Um ano depois, em 2008, o time iniciou o Brasileiro com mais dificuldades. Até a 24ª rodada, o Tricolor tinha 39 pontos e era o quarto colocado. A equipe, porém, fez um segundo turno quase perfeito e atropelou no final, vencendo o título na última rodada.

É uma marca de 2008, também, que o São Paulo de Diniz pode igualar no próximo domingo, quando enfrenta o Corinthians, às 18h15 (de Brasília), na Neo Química Arena.

A equipe atual está há 17 jogos sem perder no Brasileiro – desde a derrota para o Atlético-MG por 3 a 0 no Mineirão, dia 3 de setembro. Se vencer ou empatar em Itaquera, chega a 18 jogos de invencibilidade, igualando a maior sequência sem derrotas da história do clube no torneio.

O São Paulo tem a melhor defesa do Brasileiro, com 20 gols sofridos em 24 jogos – o Grêmio sofreu o mesmo número de gols, mas com um jogo a menos. O goleiro Tiago Volpi não sofre gols há três jogos.

A equipe do Morumbi nunca venceu o Corinthians na casa alvinegra, inaugurada em 2014. Desta vez, porém, chega com certo favoritismo para derrubar esse tabu: tem 20 pontos de vantagem sobre o rival e é dono da melhor campanha como visitante no Brasileiro, com seis vitórias, quatro empates e duas derrotas.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “SP supera duas campanhas do tri e pode igualar marca histórica em clássico

  1. Vai ser o início de uma sequencia difícil. Precisa empatar para se manter bem na liderança. As galinhas não vêm jogando bem, mas com certeza vão dobrar o esforço contra o SPFC e sempre recebem um olhar carinhoso da arbitragem.

    Em um cenário ideal, de vitória sobre as galinhas de Itaquera e sobre as galinhas de MG, vai bater desânimo na concorrência, pois seriam 10 pontos de vantagem para os mineiros e pelo menos uns 8 pontos para os cariocas, que devem ter dificuldade no jogo pendente contra o Grêmio, bem como no jogo da rodada, contra o Santos.

    Esse tabu do cadeião de Itaquera é bobagem, como era o do chiqueirão. O SPFC não venceu lá porque vinha jogando mal nos últimos anos em todos os estádios, não só no cadeião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.