São Paulo vive maior período sem vitórias sob o comando de Diniz

O São Paulo passa pelo maior período sem vitórias sob o comando do técnico Fernando Diniz. O time já não vence há seis jogos, algo que ainda não havia acontecido neste um ano do treinador no clube.

Para espantar a fase ruim, o Tricolor terá pela frente o Coritiba, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Neste domingo, as equipes se enfrentam no Couto Pereira, às 16h (de Brasília), pela 13ª rodada do Brasileirão.

A última vez que o São Paulo saiu vencedor de uma partida foi no dia 6 de setembro, quando bateu o Fluminense por 3 a 1, no Morumbi, pela oitava rodada do Brasileirão. De lá para cá, são quatro empates e duas derrotas.

O pior período de Diniz até então era de quatro jogos sem vitória. No final de 2019, o Tricolor acumulou dois empates e duas derrotas. A sequência complicou a equipe na briga por uma vaga na Libertadores naquela ocasião. Ela foi conquistada posteriormente.

Os seis jogos sem vencer só não são piores do que a série negativa sob o comando de Cuca. No início do Brasileirão do ano passado, o São Paulo ficou oito partidas sem vencer (duas delas pela Copa do Brasil). Foram três derrotas e cinco empates.

Contra o Coritiba, Fernando Diniz terá os reforços de Gabriel Sara e Luciano. O atacante, inclusive, é a esperança de gols do time. Em nove jogos com a camisa do São Paulo, ele já tem cinco gols marcados.

A baixa fica por conta de Hernanes. O meia sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa direita contra o River e poderá ficar fora por um mês. O prazo de recuperação é entre três e quatro semanas.

Com isso, o provável São Paulo tem: Tiago Volpi, Igor Vinicius (Juanfran), Diego Costa, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Pablo e Luciano.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.