São Paulo vende Antony ao Ajax em negócio que pode render até R$ 134 mi

O São Paulo vendeu o atacante Antony ao Ajax, da Holanda. Os holandeses aumentaram a proposta inicial e contarão com o jogador no meio deste ano. O negócio só aconteceu após a exigência do Tricolor em casar a venda de Antony com os 20% do valor de revenda de David Neres.

O novo “pacote” por Antony pode chegar a 29 milhões de euros (cerca de R$ 134 milhões), sendo dividido da seguinte forma:

  • 16 milhões de euros (cerca de R$ 74 milhões) por Antony;
  • 6 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões) em caso de metas cumpridas pelo jogador no novo clube;
  • 7 milhões de euros (cerca de R$ 32 milhões) por 20% de revenda futura que tinha de David Neres.
  • O São Paulo ainda tem 20% de mais valia, ou seja, uma porcentagem do que exceder 16 milhões de euros de uma possível venda futura de Antony pelo Ajax

Destes valores, o São Paulo irá receber R$ 33 milhões à vista e R$ 75 millhões até o final do ano. Antony abriu mão de parte 10% dos direitos econômicos. Caso fosse vendido no meio do ano, ele teria direito a 20%.

Como a janela de transferência para a Europa já está fechada, Antony só será transferido para o Ajax no meio do ano, quando a janela holandesa reabre. Enquanto isso ele segue atuando pelo Tricolor.

A proposta inicial do Ajax, feita no fim de janeiro, era de 25 milhões de euros (cerca de R$ 117 milhões) pelo “pacote” de 15 milhões de euros por Antony, 5 milhões de euros de bônus e mais 5 milhões de euros pelos 20% de David Neres.

Os clubes não entraram em um acordo naquele momento e seguiram as conversas nesta semana. O gerente executivo de futebol, Alexandre Pássaro, estava na Holanda para um curso na European Clubs Association e aproveitou para selar o negócio. O agente Júlio Taran foi o intermediário entre os clubes.

Antony terminou o ano passado como um dos principais jogadores do elenco e passou a ser o mais cobiçado pelos clubes europeus. Durante a janela de transferências, o São Paulo recusou uma proposta de 15 milhões de euros (cerca de R$ 67,6 milhões) do Borussia Dortmund.

Destes valores, o São Paulo irá receber R$ 33 milhões à vista e R$ 75 millhões até o final do ano. Antony abriu mão de parte 10% dos direitos econômicos. Caso fosse vendido no meio do ano, ele teria direito a 20%.

Como a janela de transferência para a Europa já está fechada, Antony só será transferido para o Ajax no meio do ano, quando a janela holandesa reabre. Enquanto isso ele segue atuando pelo Tricolor.

A proposta inicial do Ajax, feita no fim de janeiro, era de 25 milhões de euros (cerca de R$ 117 milhões) pelo “pacote” de 15 milhões de euros por Antony, 5 milhões de euros de bônus e mais 5 milhões de euros pelos 20% de David Neres.

Os clubes não entraram em um acordo naquele momento e seguiram as conversas nesta semana. O gerente executivo de futebol, Alexandre Pássaro, estava na Holanda para um curso na European Clubs Association e aproveitou para selar o negócio. O agente Júlio Taran foi o intermediário entre os clubes.

Antony terminou o ano passado como um dos principais jogadores do elenco e passou a ser o mais cobiçado pelos clubes europeus. Durante a janela de transferências, o São Paulo recusou uma proposta de 15 milhões de euros (cerca de R$ 67,6 milhões) do Borussia Dortmund.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “São Paulo vende Antony ao Ajax em negócio que pode render até R$ 134 mi

  1. Não cobre nem o rombo do último ano. Logo, não vão poder investir nada desse valor e ainda vão precisar vender mais.
    Se o time não conseguir se manter na Libertadores, as contas vão apertar ainda mais.

  2. Resumindo tudo:

    Vendeu por 16 milhões de euros.
    E vendeu 20% do Neres por 7 milhões de euros.

    Lembrando que o São Paulo não ficou com 20% do passe do jogador, ficará com 20% apenas do que exceder os 16 milhões de euros em uma futura venda.

    Valores ridículos. Dignos da gestão do Leco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.