São Paulo não deve ter Valdívia para decisão em Itaquera

Tudo indica que não será na quarta-feira que Valdívia voltará ao São Paulo. O meia-atacante vinha se destacando e conquistando a torcida a cada partida, mas acabou sofrendo um pequeno estiramento na região posterior da coxa esquerda durante o segundo jogo frente ao São Caetano, na última terça, pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

“Acho que não estará. Quase certeza. Taticamente, o que vou fazer prefiro guardar e tentar mostrar no dia do jogo”, avisou Diego Aguirre, logo após o Tricolor vencer o Corinthians por 1 a 0 no Morumbi, no duelo de ida pelas semifinais do Estadual.

Além de Valdívia, o treinador uruguaio provavelmente não poderá contar também com Anderson Martins (dores na região dorsal), Edimar (entorse no joelho direito) e Júnior Tavares (contratura no adutor direito), além de Rodrigo Caio (Seleção Brasileira) e Cueva (Seleção Peruana). Hudson (dores no adutor direito) tem chance de ficar à disposição.

Em contrapartida, Aguirre se mostrou contente com a apresentação dos atletas que entraram na equipe para suprir a ausência de alguns titulares. É o caso do jovem Liziero, que subiu para o profissional no início do mês e deve emendar seu terceiro jogo como titular.

“Ajudou muito. Tenho que ter cuidado de falar de titular absoluto. Isso não. É um menino que jogou bem, tem que continuar demonstrando, aproveitando as oportunidades para ser titular. Mas, titular absoluto não tem ninguém. Valorizo muito o que ele contribuiu com o time, equilíbrio defensivo, personalidade, jogou também ofensivamente muito bem”, explicou Aguirre, antes de aproveitar para elogiar duas de suas escolhas no segundo tempo: Morato e Lucas Fernandes.

“São opções que temos. O Morato, hoje, para mim, foi um dia especial para ele. Fazia um ano que vinha machucado, e é uma volta que acho boa para todo o grupo. Recuperamos um jogador. Daqui a pouco, vai começar a pegar seu nível. Confio que pode ajudar muito”, disse.

Morato havia feito apenas um jogo com a camisa tricolor desde sua contratação, na derrota para o Cruzeiro no Mineirão, em abril de 2017, pela Copa do Brasil. O atacante sofreu uma grave lesão no joelho direito durante um jogo-treino contra o Oeste, no mês seguinte, e desde então vinha tratando e readquirindo condição para voltar a ser útil.

“Lucas entrou bem no jogo passado (contra o São Caetano). É uma opção. Também estou conhecendo os jogadores”, concluiu Aguirre, há apenas três jogos no comando do São Paulo.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “São Paulo não deve ter Valdívia para decisão em Itaquera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.