São Paulo não deve ter Valdívia contra o Atlético-PR na Arena da Baixada

O São Paulo se reapresentou no Centro de Treinamentos da Barra Funda e uma ausência em especial deu o primeiro indício da equipe que deve ser escalada por Diego Aguirre na partida da próxima quarta-feira, pela quarta fase da Copa do Brasil, contra o Atlético Paranaense na Arena da Baixada. Enquanto os titulares apareceram apenas para um trabalho físico, os reservas treinaram com bola e Valdívia sequer se apresentou no gramado. Ao que tudo indica, meia-atacante deve ser desfalque, lesionado.

Na partida decisiva diante do São Caetano, ainda pelas quartas de final do Estadual, o camisa 21 não voltou do intervalo com uma lesão que, curiosamente, causou o primeiro desconforto da torcida tricolor com o recém-contratado treinador uruguaio. Sem saber do ocorrido, os presentes no Morumbi não pouparam Aguirre, que explicou o pedido de Valdívia para sair em sua entrevista coletiva.

Assim que confirmado o estiramento na coxa esquerda, ficou determinado que o jogador vindo por empréstimo do Internacional não estaria à disposição para o confronto contra o Corinthians. Porém, os indícios são de nova ausência na Arena da Baixada, já que Valdívia segue no departamento médico sem retorno previsto ao campo.

A expectativa da comissão técnica é contar com o “cabeludo” para outro mata-mata que o São Paulo terá já nestes primeiros meses de temporada. No dia 12 de abril, a missão será na Argentina, contra o Rosário Central, na estreia pela Copa Sul-Americana, um dos caminhos do tricolor para voltar a Libertadores em 2019.

Reforço da atual temporada, Valdívia reencontrou as boas atuações com a camisa do São Paulo. Em 11 jogos, são dois gols, duas assistências e uma rápida identificação com a torcida.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.